Google+ Followers

LEIA O TEXTO EM OUTRAS LÍNGUAS / READ TEXT IN OTHER LANGUAGES

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

22 MUNICÍPIOS DO AMAZONAS, INCLUINDO ATALAIA DO NORTE, REVELAM SUMIÇO DE ELEITORES




Resultado da pesquisa foi obtida através do cruzamento das estimativas populacionais publicadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) com informações do site do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM)


MANAUS - Em 22 dos 62 municípios do Amazonas, os eleitores representam menos da metade da população. O esvaziamento de eleitores atinge 35% do total de municípios do Estado. Esses números foram obtidos do cruzamento das estimativas populacionais publicadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) com informações do site do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM), no último dia 23.
Barcelos, Santa Isabel do Rio Negro, Atalaia do Norte e Ipixuna são os municípios que apresentam a maior ausência de pessoas aptas a votar. Localizado a 396 quilômetros de Manaus, segundo estimativa do IBGE para este ano, Barcelos tem uma população de 25.835 habitantes. Desse total, apenas 31%, ou 8.131, são eleitores. Em Santa Isabel do Rio Negro, a 631 quilômetros da capital, somente 32% da população têm título de eleitor. A cidade tem 18.728 habitantes, dos quais apenas 5.959 estão aptos a exercer o direito do voto. O mesmo acontece em Atalaia do Norte (a 530 quilômetros) e em Ipixuna (distante da capital 1.363 quilômetros de Manaus). Se a eleição fosse hoje, apenas 34% e 38%, respectivamente, da população de Atalaia do Norte e Ipixuna, poderiam participar do processo eleitoral. Atalaia do Norte tem 15.545 habitantes e 5.333 eleitores (34% do total). Em Ipixuna são 22.867 moradores, para um eleitorado de 8.748 pessoas (38%).

 Em busca de resposta
 O deputado estadual Adjuto Afonso (PP) disse estar preocupado com o baixo número de eleitores do interior registrados no TRE-AM. Para o parlamentar, o quadro reflete a ausência da Justiça Eleitoral no Estado. No dia 21, ele apresentou um requerimento à Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Estado (ALE-AM) cobrando providências do TRE-AM. “Quero que a Justiça Eleitoral faça ações itinerantes e dê oportunidade para esses jovens que estão no interior do Estado, e principalmente na zona rural, se alistar e tirar seu título. Quem faz isso é a Justiça Eleitoral, não é a prefeitura, a Câmara Municipal, não é a Assembleia”, cobrou Adjuto Afonso.
Adjuto é um dos 13 deputados estaduais eleitos em 2010 graças aos votos do interior. Dos 28.313 votos que recebeu na eleição passada, 17.668 (62,4%) saíram das urnas do interior. Dos 62 municípios, ele foi campeão de votos em quatro: Boca do Acre, Pauni, Lábrea e Beruri. Na outra ponta, Itapiranga (a 225,7 quilômetros de Manaus) é a cidade com maior número de eleitores proporcionalmente.
 Dos 8.280 moradores, 72% estão aptos a votar. Entre os 62 municípios, 40 apresentam número de eleitores superior à metade da população. Silves (69%), Manacapuru (68%), Itamarati (68%) e Itacoatiara (65%) estão entre os que, proporcionalmente, apresentam os maiores eleitorados. Os 61 municípios do interior somam 912.770 eleitores. Enquanto em Manaus o número de pessoas aptas a vota chega a 1.138.514.

Fonte: www.acritica.com.br
Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Sua opinião é importante para nós. Obrigado por acessar nosso blog. Parabéns.