Google+ Followers

LEIA O TEXTO EM OUTRAS LÍNGUAS / READ TEXT IN OTHER LANGUAGES

terça-feira, 19 de julho de 2016

Atalaia do Norte no Amazonas ganha primeira obra literária escrita por um atalaiense: "O Polir da Pérola"




ATALAIA DO NORTE - Um marco para ficar na história e na galeria dos escritores amazonenses que dedicam seu amor pelas maravilhas e encantos naturais da terra natal e principalmente exaltam o nome dos desbravadores, construtores e valorosos homens que deram origem aos seus municípios com muito suor e trabalho. Carlos Lucena, neto do ex-Prefeito Ademir Lucena, um dos mais importantes nomes registrados no rol de bons administradores do município de Atalaia do Norte, deleitou-se na tranquilidade das madrugadas, na vibração da caneta e no tilintar dos teclados do computador, para de forma criativa e rica rebuscar e emaranhar sua primeira obra literária, quebrando o vazio atalaiense e reconstruindo a história do homem e da formação do município de Atalaia do Norte.
"Dediquei parte da minha vida para idealizar essa obra que muito me orgulha. Atalaia do Norte tem um significado extremamente importante para mim, pois além de ser a terra que meu querido avô Ademir Lucena escolheu para viver e onde deu sua contribuição para o desenvolvimento do nosso município, que até hoje é lembrada pela população atalaiense, será também berço para construir uma nova história, resgatando o bom nome que já possuiu: ´Pérola do Javari`, expressão que me inspirou para intitular minha primeira obra literária: ´O Polir da Pérola`", disse o autor.

LANÇAMENTO DA OBRA

Carlos Lucena afirma que o evento de lançamento oficial de seu primeiro livro está marcado para o dia 23 de julho de 2016, às 18:30h, no Templo Central da Igreja Assembleia de Deus Tradicional, localizado na rua Pedro Teixeira, Centro - Atalaia do Norte. Segundo ele, será realizado um cerimonial de completa simplicidade, porém regado de riquezas culturais e de valores imensuráveis, os quais ficarão marcados na memória de todos os convidados e principalmente na história da população atalaiense.
Dentre os vários convidados, estarão presentes filhos, netos, bisnetos e amigos dos personagens que fazem parte e dão todo o suporte para a elaboração dessa obra, verdadeira história de construção do município, os quais serão homenageados pelos feitos que deixaram marcados como herança para o futuro de Atalaia do Norte.
O Polir da Pérola inicia de fato e de direito a história literária de Atalaia do Norte, abrindo caminho para que o futuro não seja ponte para o passado, mas parte de uma história imortal.

Elaborado por Rubem Tadeu de Castro Alves*

*Major da Polícia Militar do Amazonas
Bacharel em Direito
Bacharel em Segurança Pública
Licenciado em Letras com Habilitação em Língua Portuguesa
Pós-Graduado em Segurança Pública e do Cidadão
Pós-Graduado em Gestão e Estudos de Criminalidade e Segurança Pública
Pós-Graduado em Língua Portuguesa

segunda-feira, 9 de maio de 2016

Lei que proíbe professor de opinar em sala de aula é promulgada em Alagoas


Marlene Bergamo/Folhapress

MACEIÓ - Professores da rede estadual de ensino de Alagoas estão proibidos, desde segunda-feira, 9, de expressarem opiniões em sala de aula para que haja "neutralidade" nas escolas públicas. Hoje, o Diário Oficial do Estado traz a promulgação da Lei n. 7.800/16, que trata do projeto Escola Livre. A lei determina que professores da rede estadual de ensino não podem mais opinar durante aulas e traz ainda punição para quem descumpri-la.
A promulgação da lei foi assinada pelo presidente interino da Assembleia Legislativa de Alagoas - ALE, Deputado Ronaldo Medeiros - PMDB. Em meio à polêmica, Medeiros informou que é contrário ao Escola Livre, mas como presidente da ALE tinha que assinar a promulgação da lei porque o projeto foi aprovado pelos deputados.
Desde que o projeto de lei foi aprovado, a ALE vem registrando protestos. O último deles ocorreu na quinta-feira, 12, quando estudantes invadiram o plenário da assembleia com faixas pretas na região da boca, fazendo alusão à mordaça, e com cartazes pedindo que o presidente da Casa Legislativa não promulgasse a lei. O grupo permaneceu no local por cerca de três horas e, depois, saiu pacificamente. Policiais Militares monitoraram toda a manifestação.
Segundo o texto, estão proibidas, em sala de aula, a prática de doutrinação política e ideológica, bem como a veiculação, em disciplina obrigatória, de conteúdos que possam induzir aos alunos a um único pensamento religioso, político ou ideológico. A lei destaca ainda que o professor não poderá abusar da inexperiência, da falta de conhecimento ou da maturidade dos alunos para cooptá-los para qualquer tipo de corrente específica de religião, ideologia ou político-partidária, entre outros pontos, que incitem os alunos a participar de manifestações, atos públicos ou passeatas.
O Escola Livre define ainda que a Secretaria Estadual de Educação e o Conselho Estadual de Educação são os responsável por fiscalizar os professores em sala de aula.
O professor que descumprir a lei estará sujeito a sanções e às penalidades previstas no Código de Ética Funcional dos Servidores Públicos e no Regime Jurídico Único dos Servidores Públicos Civil do Estado de Alagoas. Ou seja, quem descumprir a lei poderá ser advertido, suspenso ou demitido.

PROTESTOS

Durante a votação do projeto, ocorrida no dia 26 de abril, estudantes e integrantes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Alagoas - Sinteal protestaram na frente da ALE e derrubaram parte dos portões, que dão acesso à entrada do prédio. Apesar do protesto, a lei foi aprovada por 18 votos a 8 pelos deputados estaduais. A aprovação derrubou o veto do governador Renan Filho - PMDB.
O projeto Escola Livre já havia sido aprovado em primeira e segunda votações, por unanimidade, em novembro, porém, em janeiro deste ano, o governador vetou integralmente a lei, alegando inconstitucionalidade. Renan Filho declarou que a lei era "retrógrada".
O Secretário de Educação de Alagoas, Luciano Barbosa, que é vice-governador, também criticou o projeto Escola Livre. Barbosa classificou o projeto como "impraticável". Ao ler os artigos atentamente, basta refletir um pouco para saber que a lei é impraticável. A lei pressupõe uma sociedade onde as pessoas são insípidas", declarou.

Fonte: www.bol.com.br

Por Maria Creuza - Secretária da AFAMA

segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Associação dos Atalaienses realiza solenidade de premiação dos universitários destaque no I concurso de incentivo à educação no Amazonas


MANAUS - Um registro especial na história do município de Atalaia do Norte ficou marcado em Manaus com a realização do projeto de incentivo ao estudante universitário atalaiense. Esta marca, criada pela Associação dos Filhos e Amigos Atalaienses Residentes em Manaus - AFAMA, foi concretizada com a realização da Solenidade de Premiação dos melhores estudantes atalaienses, conferindo ao grande vencedor o título de Estudante de Ouro AFAMA 2015.
Na ocasião, o Presidente da AFAMA, Major Castro Alves, destacou todo o processo pelo qual os procedimentos foram adotados para se chegar aos vencedores do concurso de valorização do desempenho dos estudantes. Da abertura do prazo de inscrição e lançamento oficial - 5 de setembro de 2015 - até a entrega dos históricos acadêmicos por parte dos universitários inscritos - 31 de janeiro de 2016 - houve enorme preocupação por parte da diretoria para se firmar continuamente na retidão, pautando pela transparência e respeito para com todos os estudantes atalaienses e a população em geral.
Para que seguisse a lisura desejada, foi constituída a comissão julgadora para avaliação do desempenho dos inscritos, formada por profissionais da educação, renomados e reconhecidos por suas trajetórias e resultados alcançados em suas carreiras profissionais. Diante de um quadro ideal para garantir a perfeita definição dos vencedores, a comissão julgadora reuniu-se dia 15 de fevereiro, analisou os históricos e avaliou o desempenho individual dos participantes, chegando ao final a um resultado extraordinário. O dez melhores estudantes atalaienses ficaram com média de desempenho superior a 8.00 pontos, demonstrando que os envolvidos assumiram o compromisso de evoluir a cada dia.

DESTAQUES AFAMA 2015

Em uma disputa de desempenho de encher os olhos de todos os presentes, a Comissão Julgadora apresentou o resultado em ordem decrescente, enaltecendo que todos os estudantes inseridos no "Top Teen" têm média superior a 8 pontos, elevando o nível do concurso:

1º lugar: Vandrícia Gomes Barroso, com nota final de 9.21 pontos. Acadêmica do curso de Engenharia Ambiental Sanitária da FUCAPI Manaus;
2º lugar: Higino Ordones Alves, com nota final de 8.88 pontos. Acadêmico do curso de Medicina da Universidade Privada Frans Tamayo, Santa Cruz em Bolívia;
3º lugar: Rosenaldo Castro de Paiva, com nota 8.80 pontos. Acadêmico do curso de Engenharia Florestal da Universidade do Estado do Amazonas-UEA;
4º lugar: Raimundo Fábio Soares Marreira, com nota 8.56 pontos. Acadêmico do curso de Matemática da Universidade do Estado do Amazonas-UEA;
5º lugar: Grace Ane Merlos de Souza, com nota 8.40 pontos. Acadêmica de curso de Nutrição da Faculdade Estácio do Amazonas;
6º lugar: Verônica Merlos de Souza, com nota 8.27 pontos. Acadêmica do curso de Odontologia do Instituto Amazônia do Ensino Superior-IAES;
7º lugar: Cristina Comapa Rabelo, com nota 8.16 pontos. Acadêmica do curso de Farmácia da Faculdade Estácio do Amazonas;
8º lugar: Micael Alves da Silva, com nota 8.12 pontos. Acadêmico do curso de Enfermagem da Universidade Paulista Amazonas-UNIP;
9º lugar: Elisson de Souza Tenazor, com nota 8.11 pontos. Acadêmico do curso de Enfermagem da Faculdade Estácio do Amazonas;
10º lugar: Xênia Margarita Ferreira Uriona, com nota 8.06 pontos. Acadêmica do curso Odontologia da Universidade Paulista Amazonas-UNIP.

ESTUDANTE DE OURO AFAMA 2015


Hoje os louros vão para a estudante mais dedicada, mais empenhada, usou toda sua força de vontade, motivação, inspiração e entrega, e o título benemérito do concurso por esse motivo foi conquistada pela acadêmica de Engenharia Ambiental Sanitária da FUCAPI, Vandrícia Gomes Barroso, por sua excepcional classificação. Por essa conquista, Vandrícia garantiu o título de "Estudante de Ouro AFAMA 2015".
"Eu tenho uma vida regrada e pautada pela consciência de que a educação é o caminho para o sucesso. Grandes exemplos de pessoa e de luta para alcançar degraus máximos de sucesso fizeram com que eu me engajasse em 2015 nos estudos, objetivando dia a dia superar o cansaço, o sono, pensando em um futuro breve e promissor, obter êxito em minha caminhada para uma estabilidade pessoal e financeira", disse Vandrícia.

AGRADECIMENTOS

O Presidente da Associação dos Atalaienses não hesitou durante a solenidade e destacou a colaboração especial de amigos que se sensibilizaram com o projeto e perceberam a necessidade de apoiar em todos os aspectos para que efetivamente o concurso se concretizasse. A colaboração aconteceu de diversas formas, incluindo a abertura de espaço em horário de televisão, de rádios, utilização do auditório, constituição da comissão julgadora, organização do evento dentre outros. Com base nisso, O presidente Major Castro Alves agradece com ênfase a(o) (s):

1. Membros da Diretoria da AFAMA (Daniele Sampaio, Maria Creuza, Marcelo Capistana, Leylane, Jane Honório, Greyciane Mesquita, Maria Ivete, Rubinho, Daniel, Verônica Ribeiro, Márcia Gerusa, Etaddaus, Micael, Ana Darck, Meiquiane, Jorginho)


2. Professor Flávio Azevedo - Diretor da Faculdade La Salle;
3. Professora Eliana Mavignier - Assessora Faculdade La Salle;
4. Marilene Baima de Almeida - Empresária;
5. Dr. Raul - Empresário do ramo odontológico;
6. Neurany Rodrigues - Pres. Câmara de Vereadores de Atalaia do Norte
7. Denis Paiva - Empresário;
8. Tereza Paiva - Empresária;
9. João Paulo Marreira - Enfermeiro Sesai;
10. Maria Terezinha Chagas - Pastora 
11. Álvaro Campelo - Vereador e apresentador;
12. Ivan Nascimento - Produtor do Prog. @gora - TV Em Tempo;
13. Tio Adão - Jornalista da Amazon Sat;
14. Baby Rizzato - Prog. Nosso Encontro TV Acrítica, Record;
15. Kid Mahall - Produtor do Prog. Nosso Encontro TV Acrítica;
14. Aramis Siqueira - Radialista;
15. José Airton Siqueira - Vereador em Carauari;
16. Dr. Mario Pierre - Palestrante;
18. Eduardo Braga Lira - Proprietário da EBL Soluções Gráficas.

Elaborado por Daniele S. de Castro Alves
rtcastroalves@bol.com.br

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Prefeitura de Amaturá abre seleção com 101 vagas e salários de até R$ 11 mil




MANAUS -  Com salário de até R$ 11 mil, a Prefeitura de Amaturá a 990 km a oeste de Manaus lançou um processo seletivo com 101 vagas. O edital foi publicado no Diário Oficial dos municípios do Amazonas desta quinta-feira.
A função de professor, distribuída entre Educação Infantil, Ensino Fundamental e Matemática, Língua Portuguesa, Geografia, Ciências Naturais e História e Ensino Infantil e Fundamental para indígenas, oferece 71 oportunidades. Os salários vão de R$ 901,73 a R$ 2.080,00.
Para o cargo de médico clínico, há duas vagas disponíveis. O salário é de R$ 11.115,93. Há também uma vaga para Bioquímico, onde é preciso ter diploma do curso de Bioquímica ou Biomedicina e o salário é de R$ 4.742,80. É necessário ter registro nos conselhos de classe respectivos nos dois cargos.
Na área de enfermagem, há duas oportunidades para enfermeiro, onde o salário é de R$ 4.742,80 e duas para Técnico de Enfermagem com remuneração de R$ 1.287,00. Enquanto o primeiro caso pede Ensino Superior o outro pede curso técnico. Em ambos os cargos, é preciso ter registro no conselho de classe de enfermagem.
Também há 12 vagas para auxiliar de serviços gerais. O requisito exigido é Ensino Fundamental e o salário é de R$ 880,00. Há ainda oportunidades para merendeiro e motorista categoria D.
O período de inscrição será de 29 de fevereiro a 4 de março. Os candidatos devem entregar os documentos no Prédio da Prefeitura, na Avenida 21 de junho, 1746, em Amaturá, das 8h às 14h. O telefone de contato é 97 3463-1150. A seleção será feita por análise dos currículos e títulos.

Fonte: www.diariodoamazonas.com.br

Por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA
rtcastroalves@bol.com.br

sábado, 13 de fevereiro de 2016

Estudantes do Alto Solimões tem processo seletivo para estagiários de nível Médio no MPF




MANAUS - O Ministério Público Federal no Amazonas - MPF abriu edital de seleção de estagiários em nível médio. São seis vagas para a capital, Manaus, quatro para o município de Tefé e duas vagas para Tabatinga. As inscrições serão gratuitas e vão de 15 a 24 de fevereiro, das 9h às 16h. O candidato com deficiência deverá entregar, no ato de inscrição, o relatório médico detalhado.
Podem participar alunos regularmente matriculados em instituições públicas de ensino médio dos três município devidamente credenciadas pelo órgão competente e conveniadas com o MPF-AM. A jornada das atividades é de 20 horas semanais, sendo quatro horas por dia. A bolsa-estágio é de R$ 540,00 mais R$ 7,00 de auxílio-transporte por dia efetivamente estagiado.
Os interessados deverão entregar a ficha de inscrição disponível no site do MPF-AM - www.mpf.mp.bt/am, devidamente preenchida, nas unidades da instituição nos municípios. Em Manaus, no prédio do anexo do MPF, situado na avenida Efigênio Sales, n. 1570, bairro Aleixo. Em Tefé, a sede do MPF fica na rua Monteiro de Souza, n. 629, bairro Centro. Em Tabatinga, a unidade funciona na rua Aires da Cunha, 48, bairro Ibirapuera, Sede da Subseção Judiciária.

PSC - Somente será permitida a inscrição de estudantes que tenham participado da 1a Etapa do Processo Seletivo Contínuo da Universidade Federal do Amazonas - PSC/UFAM, realizada em 2014, e que esteja regularmente matriculado no terceiro ano do ensino médio.
O resultado final será divulgado no dia 29 de fevereiro de 2016, no site do MPF/AM.

Fonte: www.acritica.com.br

Por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA
rtcastroalves@bol.com.br

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Confira segunda lista de aprovados no ProUni 2016 e chamados pelo MEC


Lucas Pontes/UOL

MANAUS - O Ministério da Educação e Cultura-MEC divulgou nesta sexta-feira, 12, a segunda chamada de aprovados do ProUni - Programa Universidade para Todos - do primeiro semestre de 2016. Esta é a última chamada regular deste processo, pois os candidatos que não foram convocados devem se inscrever na lista de espera entre 26 e 29 de fevereiro.

CONFIRA 2a CHAMADA DE APROVADOS PROUNI 2016

Os selecionados em 2a chamada têm até o dia 18 de fevereiro para apresentar à instituição de ensino para a qual foram aprovados os documentos que comprovem as informações prestadas na ficha de inscrição. A lista completa da documentação necessária está disponível na página do ProUni (http://siteprouni.mec.gov.br/ documentacao.php)
O ProUni oferece bolsas no ensino superior privado com base nas notas do Exame Nacional do Ensino Médio - Enem. Podem concorrer às bolsas os estudantes que cursaram o ensino médio na rede pública ou que foram bolsistas integrais na rede particular.
Neste ano, são oferecidas 203.602 bolsas de estudo em instituições de ensino superior. Cada candidato pode manifestar interesse em duas opções de curso.
São 9.511 vagas a menos que no ano passado. Segundo o MEC, 97 instituições de ensino superior que participavam do ProUni em 2015 saíram do programa porque estão sob supervisão da pasta - elas tiveram nota de avaliação institucional inferior a 3 no Índice Geral de Cursos - IGC.
Em nota, o MEC afirma que a exigência de qualidade do sistema para participar do ProUni e do Fies - Fundo de Financiamento Estudantil, já atinge o total de 347 instituições, que estão impedidas de participar desses programas e sob supervisão do MEC.
Em relação aos cursos, o número aumentou de 30.549 para 30.931.

CALENDÁRIO DO PROUNI 2016

12 de fevereiro - segunda chamada de aprovados;
12 a 18 de fevereiro - período de comprovação de informações dos selecionados em 2a chamada;
26 a 29 de fevereiro - lista de espera.

Fonte: www.bol.com.br

Por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA
rtcastroalves@bol.com.br

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Convocados na primeira lista de espera da Ufam devem efetuar matrícula até o dia 17


Resultado de imagem para ufam

MANAUS - A Universidade Federal do Amazonas - UFAM divulga a primeira chamada da lista de espera do Sistema de Seleção Unificada - SISU. Os aprovados deverão se apresentar para a matrícula nos dias 15, 16, e 17 de fevereiro nos locais e horários indicados no Edital n. 006 de 2016. Na capital, os convocados efetuarão matrícula no auditório Eulálio Chaves, UFAM.
Os selecionados terão de 8 a 12 de fevereiro para efetuar o cadastro no portal do calouro. O cadastro não garante a vaga, é apenas uma das etapas para a matrícula na UFAM. No ato de matrícula, os convocados inscritos na modalidade de ampla concorrência deverão comparecer nos dias e locais indicados portando os documentos a seguir:

1. Histórico Escolar e certificado de conclusão ou diploma de curso médio - original e fotocópia ou cópia autenticada;
2. Cédula de Identidade - original ou fotocópia ou cópia autenticada;
3. Cadastro de Pessoa Física - CPF - original e fotocópia ou cópia autenticada;
4. Uma (01) foto 3 X 4 recente e de frente.

Para os optantes pela modalidade de reserva de vagas é necessário apresentar além dos documentos listados acima os indicados para comprovação de renda familiar conforme dispõe o edital.
os aprovados iniciarão as atividades acadêmicas no dia 25 de maio de 2016. Para mais informações, os interessados podem entrar em contato com a Coordenação de Orientação Acadêmica da Pró-Reitoria de Ensino de Graduação - Proeg por meio do telefone 92 3305-1481 ou pelo e-mail: soa_proeg@ufam.edu.br

Fonte: www.acritica.com.br

Por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA
rtcastroalves@bol.com.br

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Prazo de entrega do Histórico Acadêmico no concurso de incentivo ao estudante atalaienses é prorrogado




MANAUS - A Associação dos Filhos e Amigos Atalaienses Residentes em Manaus - AFAMA, após ser notificada verbalmente por alguns estudantes inscritos no concurso I Prêmio Estudante de Ouro AFAMA, decidiu prorrogar o prazo de entrega do histórico acadêmico até o dia 14 de fevereiro. Um dos motivos se deve ao fato de que parte do inscritos que estudam em Manaus viajou para Atalaia do Norte, a fim de usufruir o período de férias. Essa viagem ocorreu antes de o histórico acadêmico ter ficado pronto e disponível aos alunos. Para outros, o acesso só é possível diretamente na Instituição de Ensino onde frequenta o curso de graduação.
Sensibilizado com essa situação, o Presidente da AFAMA, após consulta à Diretoria Executiva da AFAMA, e com seu aval, decidiu prorrogar o prazo para que nenhum estudante fosse prejudicado. "Todos sabemos que em dezembro, após o encerramento do período letivo, a maioria dos estudantes viaja para Atalaia do Norte para rever familiares e amigos", afirmou o presidente.
Houve caso em que o estudante, mesmo tendo acesso à internet, não pode imprimir o histórico acadêmico tendo em vista que a IES não permite acesso a esse documento, sendo necessário o estudante se dirigir à secretaria a fim de requerer e efetuar o pagamento pelo serviço prestado.
Confira o dispositivo de prorrogação do prazo de entrega do histórico acadêmico:

"O Presidente da Associação dos Atalaienses - AFAMA, no uso de suas atribuições legais e do que mais consta no Regulamento do Concurso I Prêmio Estudante de Ouro AFAMA, 

Considerando que parte dos estudantes universitários inscritos no concurso epigrafado encontram-se em cidades do interior do Amazonas em usufruto de período de férias acadêmicas;
Considerando a necessidade de adquirir o histórico acadêmico devidamente carimbado e assinado pela instituição na qual o estudante encontra-se matriculado;
Considerando que a aquisição do histórico só é possível, em alguns casos, adquirir em Manaus para aqueles matriculados nessa cidade, ou outros estados e até no exterior, RESOLVE:

1. Prorrogar o prazo de entrega do histórico acadêmico dos estudantes inscritos no Concurso I Prêmio Estudante de Ouro AFAMA 2015 até o dia 14 de fevereiro de 2016;
2. O histórico acadêmico deverá estar carimbado e assinado pela Instituição de Ensino Superior - IES a qual o inscrito frequentou o período letivo de 2015 (2o semestre);
3. Ficam revogadas as disposições em contrário.

Manaus, 1 de fevereiro de 2016

Presidente da AFAMA

Elaborado por Daniele Castro Alves
rtcastroalves@bol.com.br

sábado, 30 de janeiro de 2016

Estudantes selecionados no ProUni têm até segunda-feira para fazer matrícula



ATALAIA DO NORTE - Os candidatos selecionados para uma bolsa do Programa Universidade para Todos - ProUni têm até a próxima segunda-feira, 1o, efetuar a matrícula na instituição de ensino. É responsabilidade do estudante verificar nas unidades de educação superior os horários e o local onde deve comparecer para a comprovação das informações prestadas no momento da inscrição.
O resultado da primeira chamada pode ser acessado na página do programa, na Central de Atendimento pelo telefone 0800-616161 e nas instituições de ensino participantes.
A segunda chamada será divulgada no dia 12 de fevereiro e a comprovação das informações dos pré-selecionados nesta etapa deverá ser feita até 18 de fevereiro. Quem não for pré-selecionado em nenhuma das duas chamadas poderá entrar na lista de espera, exclusivamente para o curso correspondente à primeira opção. O interesse em participar da lista de espera deve ser manifestado pelo candidato entre 26 a 29 de fevereiro de 2016, na página do ProUni.
Nesta edição, o programa ofertou 203.602 bolsas de estudos em 30.931 cursos de instituições particulares de educação superior. O número de inscritos foi recorde: foram registrados 1.599.808 candidatos e 3.108.422 inscrições - cada estudante pode fazer, em ordem de preferência, até duas opções de instituição, curso e turno dentre as bolsas disponíveis.
Por meio do programa, estudantes concorrem a bolsas de estudos parciais e integrais em instituições particulares de educação superior, com base na nota do Exame Nacional do Ensino Médio - Enem.

Fonte: www.diariodoamazonas.com.br
rtcasstroalves@bol.com
AFAMA: Mão amiga do atalaiense!!

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Estão abertas as inscrições para o Fundo de Financiamento, o Fies


Resultado de imagem para fies 2016

MANAUS - Começaram ontem, 26, as inscrições para o processo seletivo do Fundo de Financiamento Estudantil - FIES do primeiro semestre deste ano e serão feitas exclusivamente pela internet no site do FIES até o dia 29.
Pode se inscrever no processo seletivo o estudante que tenha participado do Exame Nacional do Ensino Médio - ENEM, a partir de 2010, obtido pelo menos 450 pontos na média das provas. O candidato não pode ter tirado na redação do Enem. Além disso, precisa ter renda familiar mensal bruta per capita de até 2,5 salários mínimos - R$ 2.200.
O interessado em obter o financiamento poderá se inscrever em um único curso e turno entre aqueles com vagas ofertadas. Durante o período de inscrição, ele poderá alterar sua opção de vaga, bem como fazer o cancelamento. Os estudantes serão classificados de acordo com as notas do Enem na edição em que tiver obtido a maior média.
O Fies financia cursos superiores não gratuitos com avaliação positiva. O Ministério da Educação ainda não divulgou o número de financiamentos disponíveis para esta edição.

LISTA DE ESPERA

O processo seletivo do Fies referente ao primeiro semestre de 2016 terá chamada única e lista de espera. Os estudantes que não pré-selecionados na chamada única serão incluídos na lista de espera para o preenchimento das vagas eventualmente não ocupadas. O resultado da pré-seleção na chamada única e a lista de espera serão divulgados no dia 1o de fevereiro.
O Fies oferece financiamento de cursos em instituições privadas de ensino a uma taxa efetiva de juros de 6,5% ao ano. O percentual de financiamento é definido de acordo com o comprometimento da renda familiar mensal bruta per capita do estudantes. Atualmente, mais de 2,1 milhões de estudantes participal do programa.

Fonte: www.bol.com.br
Por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA
rtcastroalves@bol.com.br