Google+ Followers

LEIA O TEXTO EM OUTRAS LÍNGUAS / READ TEXT IN OTHER LANGUAGES

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Governo lança em Brasília documento de identidade civil que substitui o RG



Em cerimônia no Ministério da Justiça, o governo federal lança nesta quinta-feira (30) o RIC (Registro de Identidade Civil) – o novo documento de identidade dos brasileiros que irá substituir o RG (Registro Geral).
O RIC irá reunir em um só cartão os números de documentos como CPF (Cadastro de Pessoa Física), carteira de trabalho, CNH (carteira nacional de habilitação), passaporte e o título de eleitor. Ele terá ainda a impressão digital do titular, foto e assinatura e contará com um sistema de tecnologia composto por microchip e os dados serão gravados a laser no documento.
No chip do RIC também estarão armazenadas informações como sexo, nacionalidade, data de nascimento, filiação, naturalidade, assinatura, órgão emissor, local de expedição, data de expedição e data de validade do cartão, que será de 20 anos.
A cerimônia conta com a presença do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, o ministro da Justiça, Luiz Paulo Barreto, o presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), ministro Ricardo Lewandowski – cujo tribunal é parceiro do Ministério da Justiça no projeto, contribuindo com as informações presentes no cadastro eleitoral.
O Instituto Nacional de Identificação da Polícia Federal foi designado pelo Ministério da Justiça para coordenar, armazenar e controlar o cadastro único de registros para evitar a duplicidade de documentos.
O RG continua valendo até que todos os cidadãos brasileiros tenham sido recadastrados. A previsão é que a substituição seja feita ao longo de nove anos.
Na primeira etapa da implantação, dois milhões de brasileiros serão selecionados para receber o RIC. O investimento previsto para este primeiro ano é de R$90 milhões e as primeiras cidades a participarem do projeto piloto serão Brasília (DF), Hidrolândia (GO), Ilha de Itamaracá (PE), Nísia Floresta (RN), Rio de Janeiro (RJ), Rio Sono (TO) e Salvador (BA).
 
Fonte: www.bol.com.br
Camila Campanerut
Do UOL Notícias
Em Brasília
 
 
Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA
 
 
 

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Prazo para justificar ausência nas eleições acaba na quinta-feira (30)



O prazo para justificar a ausência no segundo turno das eleições 2010 termina na quinta-feira, dia 30. Até ontem (27), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já havia registrado 10,1 milhões de justificativas de eleitores que não compareceram para votar.
Para justificar a ausência, o eleitor deve apresentar o Requerimento de Justificativa Eleitoral ao juiz da zona eleitoral em que estiver inscrito. O TSE informou que quem estava no exterior no dia da eleição e não votou deve justificar sua ausência em, no máximo, 30 dias após o retorno ao Brasil.
O formulário de Requerimento de Justificativa Eleitoral está disponível no site do TSE e nos cartórios eleitorais. Na justificativa, o eleitor precisa informar o motivo da ausência à votação.
O eleitor que não votou no primeiro turno e nem justificou a ausência até o último dia 2 deverá pagar multa de R$ 3,50 para regularizar sua situação com a Justiça Eleitoral.
O eleitor que tem pendências com a Justiça Eleitoral fica impedido de obter passaporte ou carteira de identidade, participar de concursos públicos ou ser nomeado a cargo público. E caso fique sem votar ou justificar a ausência em três votações consecutivas, o eleitor terá sua inscrição cancelada e, após seis anos, será excluído do cadastro de eleitores.



São Paulo , 28 de Dezembro de 2010 - Agência Estado




Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA


segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

CONHEÇA A HISTÓRIA DA ASSOCIAÇÃO DOS FILHOS E AMIGOS ATALAIENSES RESIDENTES EM MANAUS - AFAMA



UMA HISTÓRIA DE LUTAS E CONQUISTAS


MANAUS - No dia 16 de novembro de 2008, no Clube dos Oficiais da Polícia Militar do Amazonas, em Manaus, várias famílias atalaienses, principalmente inúmeros jovens universitários, reuniram-se pela primeira vez, com a finalidade de confraternizarem-se. Tal iniciativa se deve especialmente porque já fazia algum tempo que era de conhecimento de todos que muitas famílias atalaienses, que haviam deixado a terra natal por diversos fatores, moravam em Manaus, porém não se viam ou não tinham a oportunidade de, em grupo, relembrar e reviver os momentos mais marcantes entre amigos e familiares. A ideia, portanto, era de mais uma vez reunir e unir os laços entre todos os atalaienses e amigos que também já viveram em Atalaia do Norte, que carregam consigo uma parte do convívio daquela bela cidade.
Outro fator importante nesse processo era a relativa solidão e distância pela qual os jovens universitários de Atalaia do Norte, estudantes das faculdades particulares e públicas, passavam. Uma das formas de eliminar tal solidão era reunindo-os na casa de amigos nos finais de semana. Daí que em função disso, resolveram então escolher um local que pudesse suportar tanta gente, pois a casa dos amigos tornara-se pequena.
Dia 16 de novembro de 2008 então tornou-se o marco de um trabalho árduo e persistente em prol dos interesses dos estudantes de Atalaia do Norte, especialmente dos universitários. Dessa data até hoje, já se foram sete confraternizações, cujo objetivo é reunir, estreitar os laços, confraternizar, celebrar e fortalecer o convívio entre os amigos e atalaienses.
Durante esse período, verificou-se que havia a necessidade de constituir uma Associação. Daí que foi criada a Diretoria Executiva da Associação dos Atalaienses. Era diretoria provisória, que tinha o dever de organizar e constituir de fato essa organização sem fins lucrativos, mas de finalidade precípua de apoiar o estudante atalaiense. O processo não foi fácil. Mas, graças as grandes amizades que o Tadeu tinha com profissionais não liberais, amigos da faculdade de direito, que foi possível contar com uma advogada, Dra. Monize, e uma contadora, Senhora Arinete, cuja colaboração fora imprescindível para a regularização juntos aos órgãos públicos. Afinal, havia a necessidade da assinatura de um advogado e o labor de uma contadora.
Em resumo, depois de elaborada a Ata de Constituição, em que foi definida a Diretoria Executiva provisória e definida a razão social em "Associação dos Filhos e Amigos Ataleaienses Residentes em Manaus - AFMA, elaborado o Estatuto da Associação e feito o registro junto ao Cartório de Notas, finalmente (o mais difícil) saiu a inscrição do CNPJ junto à Receita Federal do Brasil-RFB. Um belo presente de Natal a todos os atalaienses, já que no dia 24 de dezembro de 2010, o Auditor Edson da RFB confirmou o deferimento do nosso pedido. Assim, hoje a AFAMA é de fato uma organização, cuja finalidade é, dentro das possibilidades, apoiar o estudante universitário sem distinção de qualquer natureza. O importante é ajudar o atalaiense a vencer na vida, a superar os obstáculos e conquistar espaço, valoração e reconhecimento.
Esperamos em 2011, reunir os jovens atalaienses em Manaus, numa comissão, começar a planejar, elaborar projetos e em médio prazo, realizar o maior sonho dos atalaienses em manaus: instituir o Centro de Apoio ao Estudante Universitário de Atalaia do Norte - CAEUA. Sabemos que é um sonho gigantesco, de difícil realização. Mas para quem tem esperança, para quem persevera, para quem é persisntente, e para quem confia em Deus, nada é impossível.
É claro que esse é o maior projeto a realizar e paralelo a ele temos outros que em curto prazo serão realizados. Podemos citar alguns, pois vc, leitor, poderá contribuir para o feito desses sonhos: adquirur um aparelho de som para eventos; adquirir pelo menos 50 jojgos de mesa e cadeira para eventos; adquirir um computador completo com impressoa para a administração; adquirir cestas básicas para todos os estudantes universitários em Manaus e Itacoatiara, ou onde hover estudante atalaiense;
O mais importante nesse processo é que todos os envolvidos estão compromissados e sabedores da responsabilidade que assumiram. Diante deste feito, portanto, rogamos a Deus para que tenhamos sabedoria e todas as forças para bem administrar a AFAMA e gerar realmente benefícios para os estudantes atalaienses e, consequentemente, a família atalaienses. AFAMA, AÇÃO ENTRE AMIGOS.



Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA










CONCERTO DE NATAL DE MANAUS LEVA 80 MIL PESSOAS AO CENTRO DA CAPITAL



MANAUS - O tradicional Concerto de Natal deste ano  em Manaus, realizado pela Secretaria de Cultura do Estado,  neste 25 de dezembro, trouxe a temática "Natal na Terra da Mãe dos Deuses". Com um público aproximado de 80 mil pessoas  no entorno do Teatro Amazonas, O espetáculo começou às 19hs, reunindo 2.850 participações entre atores, bailarinos e coral. O Arcebispo de Manaus, Dom Luiz Soares Vieira falou ao público antes do inicio do concerto. O líder religioso falou sobre o sentido do Natal e elogiou a festa.  Ao final do discurso abençoou os presentes com o sinal da cruz.
O concerto deste ano, assinado por Alessandro Toller e Newton Moreno, contou com a participação da Amazonas Filarmônica, Orquestra Experimental da Amazonas Filarmônica, Coral do Amazonas, Grupo Imbaúba, Orquestra de Violões, Coral Infantil, Dj Kleber Romão, Banda Regional e Amazonas Band.
Nas duas horas e meia de show as encenações eram feitas ao vivo em  8 palcos, ocupando uma área de 400 metros quadrados de espaço, propiciando visibilidade maior às pessoas que compareceram ao Largo de São Sebastião. A cantora Amazonense Fátima Silva juntamente com Noemi Melo e Márcia Siqueira fizeram o solo da música "Ave Maria", momento emocionante da festa. Personagens da fauna amazonense como a cobra grande foram representadas através de bonecos em movimento.
 ápice do espetáculo deu-se com surgimento da reunião de 12 anjos pendurados acima da cúpula do Teatro Amazonas totalizando mais de 100 metros de altura. A estudante Karen Souza , 20,definiu para o Portal Amazônia a apresentação. "O concerto foi espetacular e surpreendente. Tenho certeza que qualquer expectativa foi alcançada. A melhor parte sem dúvida foi os anjinhos no céu, foi arrepiante" frisou a estudante.
Durante o evento, dois professores de Libras fizeram a tradução das mais de duas horas de concerto aos deficientes auditivos. As músicas cantadas pelos corais em sua maioria eram regionais. Ao final entoados pela música de John Lennon "Imagine People" o pedido de Paz foi reforçado. Brindando toda a apresentação uma sessão de fogos.

Infraestrutura
O concerto de Natal de Manaus  surpreende a cada ano, quando se cria novos cenários, tema e infraestrutura, deixando a capital do Amazonas como referência entre as comemorações natalinas realizadas no País. A festa encanta os turistas e a população local.
Para que a festa seja visível a todos, telões foram instaldos em pontos estratégicos como a Avenida Eduardo Ribeiro, rua José Clemente, rua Dez de Julho, rua Tapajós, rua Costa Azevedo além da Praça do Congresso. Todos os 50 mil assentos disponibilizados foram preenchidos além das duas arquibancadas. Estacionamento gratutito na Rua Dez Julho (Uninorte), Rua Joaquim Nacubo (Uninorte) e Beneficiente Portuguesa (Hospital) totalizando 1.300 lugares. Entre os números grandiosos do concerto destacam-se o número de equipamentos: 380 refletores , 200 microfones, 400 mil metros de cabo e 20 passagens cênicas.
O concerto de Natal com o tema "Natal na Terra da Mãe dos Deuses" é uma realização anual do Governo do Estado do Amazonas por meio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC).




 Fonte: www.portalamazonia.com






Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA





quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Inscrições para Vestibular 2011 da UEA encerram hoje



22 de dezembro de 2010
Com informações da UEA

MANAUS - O processo de inscrição para o Vestibular 2010 da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) termina na próxima quinta-feita (23). Este ano, são oferecidas 3.610 vagas, sendo 1.430 para a capital e 2.180 para o interior do Estado. A instituição disponibiliza 170 vagas para indígenas.
As inscrições só podem ser feitas pela internet, no site www.vunesp.com.br. No interior do estado, as pessoas que não tem acesso a internet, podem se dirigir a um dos centros da UEA, onde a inscrição poderá ser realizada.
Taxa de inscrição

A taxa de inscrição do vestibular é de R$ 30,00. Para os candidatos que solicitaram isenção o resultado será publicado no dia 08 de dezembro. A inscrição é efetivada mediante o preenchimento do Questionário Socioeconômico, da Ficha de Inscrição, impressão de boleto bancário e pagamento de taxa de inscrição.
O cartão de identificação do candidato será obtido pela Internet. Os cartões estarão disponíveis a partir de 17 de janeiro de 2011.As provas serão realizadas em todos os municípios nos dias 20 (conhecimentos gerais)  e 21 (conhecimentos específicos) de fevereiro de 2011. (JK)



Fonte: www.portalamazonia.com




Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA






sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

CÂMARA DOS DEPUTADOS: O PODER DE FAZER E DESFAZER SEM MEDIDA E SEM RESSENTIMENTO





EDITORIAL AFAMA

 




MANAUS - No dia 15 de dezembro de 2010 (quinta-feira), o Congresso Nacional aprovou o aumento salarial dos próprios deputados federais e senadores em 61,7%. Medida essa que atinge também o presidente, vice e ministros de Estado. Portanto, a partir de 1º de fevereiro de 2011, todos eles receberão nada mais nada menos que R$ 26.700,00 (vinte e seis mil e setecentos reais) por mês, salário igual ao dos ministros do Supremo Tribunal Federal - STF.
Dos votos apurados, 279 foram votos favoráveis, 35 contra e 3 abstenções. Vale ressaltar que a aprovação foi feita em regime de urgência. No Senado, a coisa não foi diferente: aprovação do texto em tempo recorde.
Fato como este não é novidade no Congresso, quando o beneficiado direto são os próprios deputados. Levantamento feito pelo Congresso em Foco, entre vencimentos pessoais, verba para manutenção do gabinete, auxílio-moradia, passagens aéreas, despesas com combustíveis, correios, telefone e publicações, um deputado custa, em média, R$ 99.467 por mês, o equivalente a 195,03 salários mínimos de R$ 510,00. A despesa mensal com os 513 deputados chega a R$ 51,02 milhões. Considerando-se que eles recebem 15 salários por ano (além do 13º, outros dois como ajuda de custo), essa cifra alcança a expressiva marca anual de R$ 632,17 milhões. Com o atual e expressivo aumento, minha calculadora não tem condições de saber quanto eles vão gastar por ano.
Em meio a tudo que eu destaquei acima, se de fato esse suporte financeiro é para que as autoridades públicas federais possam desempenhar bem o trabalho em prol da sociedade, pode até ser justo, mas não deixa de ser imoral, já que o trabalhador assalariado, aquele que ganha até R$ 1.245,00 é cerca de 84 milhões de brasileiros, segundo o IBGE.
O maior problema, a meu ver, é a vergonhosa posição política que tomam as autoridades quando se trata de aumento salarial, pois quando envolve o trabalhador tudo é difícil e, quando os envolve, tudo é resolvido no apagar da luzes.
A exemplo da dificuldade de aprovar algo relacionado ao trabalhador ocorre com a PEC 300. Antes das eleições, inúmeras vozes a favor da pec levantaram-se, gerando esperança aos membros dos órgãos de segurança pública. Talvez  um apelo ao voto do eleitor. Após as eleições, vemos que não há meio de ser aprovada, uma vez que vozes poderosas soam contra, tendo como justificativa o alto custo para os cofres públicos. Imaginemos todos nós: mais de 1 bilhão de reais por ano será o custo do aumento salarial dos deputados, senadores, ministros e até para a Presidente eleita. Há algum problema beneficiar o trabalhador também?
Decerto é que as ações dos deputados, que poderiam ser justas, legais e morais, caso ouvissem a voz dos trabalhadores, como a voz dos policiais militares dentre outras classes de trabalhadores, são antipolíticas, desonestas e inconcebíveis.  Atender a população dentre da mesma proporcionalidade seria o mínimo que poderiam fazer nas deliberações ordinárias ou extraordinárias, de modo que dariam também condições dignas de vida para eles, por meio de um salário que fosse suficiente para o sustento de sua família.
Se ao trabalhador brasileiro, de modo geral, fosse lhe dado um salário mínimo que proporcionasse condições  ideiais de manter a família com o sustento básico, o aumento para as autoridades políticas não seria questionado. Mas a ações dos deputados se tornam sobremaneira imorais e injustas, uma vez que para eles tudo é possível, mas para o trabalhador quase nada é viável, diante da justificativa de que os cofres públicos suportariam a demanda, elevando apenas os tributos.
Lamentamos que ainda existam atitudes desiguais como estas. Lamentamos que o povo brasileiro passe por situações desagradáveis e humilhantes. Lamentamos ainda que os legítimos representantes da sociedade brasileira tenham pesos e medidas distintas, dependendo de quem é o interesse.
Diante das situações que prevalecem atualmente, pedimos a essas autoridades que analisem suas ações, que tenham consciência da nessecidade de cada um e que, ao final, sejam justos, façam justiça, e não deixem o povo marginalizado como ora acontece.



Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA










quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Concurso da Seduc abrirá 6 mil vagas


Elas estarão disponíveis em concurso público que a Seduc realizará em 2010,

segundo o titular do cargo, Gedeão Amorim


MANAUS - Já confirmado no cargo de secretário estadual de Educação pelo governador Omar Aziz para a gestão que se inicia dia 1º de janeiro de 2011, o titular da pasta da Seduc, Gedeão Amorim, garantiu, ontem, a realização de concurso público para professor e outros cargos em todo o Estado, com aproximadamente seis mil vagas. Para professor serão cinco mil vagas e as demais vão ser distribuídas entre pedagogos, bibliotecários, nutricionistas, contadores e também assistentes administrativos e merendeiros.
 No momento a Seduc analisa o edital com a expectativa de lançá-lo ainda este ano, sob a coordenação da Fundação Cesp. A novidade do concurso será o regime de 40 horas para professor, por conta das 28 escolas de tempo integral que funcionam na capital e as que serão inauguradas no decorrer de 2011, mas o regime de 20 horas será mantido. O secretário diz que esse será um concurso exigente para garantir que aqueles que entrarem tenham capacidade para desenvolver o trabalho. O concurso para professor indígena será feito em separado no decorrer de 2011.
O último concurso público para professor realizado pela Seduc foi em 2003, que abriu em torno de quatro mil vagas. De lá para cá a secretaria tem promovido processos seletivos, para professor e outros cargos. À medida que os aprovados forem sendo convocados os temporários serão substituídos, mas a forma de contratação temporária não vai desaparecer, porque está prevista na legislação para casos de “excepcionalidade”.




 Fonte: www.acritica.com.br




Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA



segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Amazonas tem 17 mil vagas para bolsas de estudo no Nível Superior



MANAUS – Mais de 17 mil vagas nas 12 instituições de ensino superior são destinadas para bolsistas do Amazonas. Os dados são dos programas Bolsa Univerisidade da Prefeitura de Manaus, Programa Universidade Para Todos (Pro Uni) do Governo Federal e do Programa de Financiamento Estudantil (Fies) da Caixa Econômica Federal (CEF). A maioria das bolsas é parcial e visa atender alunos sem condições financeiras para estudar em universidades particulares do Estado.
Manaus tem 19 instituições de ensino superior, sendo três públicas e quatro de caráter comunitário ou filantrópico. Com a aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), os universitários passaram a ter apenas quatro alternativas de acesso às instituições de ensino superior com o Processo Seletivo Contínuo (PSC) da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Sistema de Avaliação de Acesso ao Ensino Superior (Saes) da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), e vestibulares de instituições privadas.
Um dos programas regionais mais procurados por jovens de baixa e média renda é o Bolsa Universidade da Prefeitura de Manaus. Somente para o ano de 2011, o edital prevê a abertura de nove mil vagas para os alunos. Atualmente, 11 instituições integram o programa. As faculdades poderão escolher a quantidade de vagas destinadas aos alunos. Atualmente integram o programa Bolsa Universidade, o Unicel, Ciesa, Esbam, Fametro, Martha Falcão, Fucapi, Faculdade do Amazonas, Faculdade La Salle, Materdei, Uninilton Lins e Uninorte.
Isabel Cristina, 25 anos, é bolsista do programa desde 2009 e diz que a ajuda financeira é essencial para manter os estudos. “O programa ajudou muito, antes não sobrava dinheiro para custear xérox, compras de livros que a faculdade exigia, e agora com minha bolsa de 75% minhas despesas financeiras melhoraram”, disse a finalista do curso de Jornalismo do Centro Universitário do Norte (Uninorte). O programa já beneficiou mais de 11 mil bolsas de estudos a nível técnico e superior.
No segundo semestre de 2010, o Programa Universidade Para Todos (Pro Uni) ofereceu 1.466 vagas para o Amazonas. Os alunos podem ter acesso ao programa por meio do Enem. Com a reaplicação das provas no próximo dia 15 de dezembro, a nova portaria do Pro Uni será aberta no dia 15 de janeiro de 2011 para contemplar as vagas oferecidas pelo programa para o 1º semestre do ano que vem. O Amazonas está no 15º lugar no ranking do Pro Uni com 577 bolsas integrais e 889 parciais fornecidas aos alunos.
Nerilso Ibernon, 22 anos, é contemplado com 50% de desconto na mensalidade da universidade onde estuda através da bolsa do Pro Uni. Ele afirma que o programa é um incentivo para continuar estudando. “Como estou desempregado a bolsa é um incentivo para continuar cursando uma faculdade. O bolsista tem que ter aproveitamento de 70% dentro das disciplinas e meu desempenho continua melhor”, lembrou o estudante do 4º período do curso de publicidade e propaganda do Uninorte.
Já o Programa de Financiamento Estudantil (Fies) concede oportunidades de financiamento para estudantes sem condições de garantir os estudos. Manaus já recebeu mais de oito mil financiamentos e para este semestre de 2010, foram assinados 7.464 contratos com universitários do Estado.

Faculdades
As universidades que aderem aos programas como a Escola Superior Batista do Amazonas (Esbam) oferecem 50% de desconto no valor da mensalidade para os bolsistas. Segundo o mantenedor da instituição, Elizeu Rodrigues, a oportunidade de fornecer bolsas de estudo visa a responsabilidade social.
“Uma vez que oferecemos a bolsa, damos à uma pessoa a chance de migrar para uma classe social mais elevada” acrescentou. A cada semestre, os alunos contemplados com bolsas são chamados para renovar os contratos. O Pro Uni possui departamento nas instituições participantes do programa e o Bolsa Universidade convoca os alunos para receberem o benefício.

Requisitos
O Pro Uni concede bolsas integrais e parciais a estudantes em cursos de graduação e sequenciais de formação específica. O aluno torna-se candidato a bolsa a partir de seu desempenho individual no Enem. Outro pré-requisito para concorrer à bolsa é o estudante ter uma renda básica de até três salários mínimos. O programa já contemplou mais de 700 mil estudantes sendo 70% com bolsas integrais.
O Bolsa Universidade oferece bolsas integrais e parciais de 70% de desconto nas mensalidades das instituições privadas. O bolsista contemplado deve comprovar renda familiar abaixo de quatro salários mínimos, estar matriculado nas faculdades conveniadas ao programa, não possuir diploma e nem estar matriculado em instituições públicas.
O Fies surgiu em 1999 para substituir o Programa de Crédito Educativo (PCE) e já beneficiou mais de 500 mil estudantes. A seleção para participar do financiamento é feita somente pela internet, com divulgação de resultados. O participante do Fies deve comprovar baixa renda e estar matriculado regularmente em instituições privadas cadastradas e com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo MInistério da Educação (MEC). 






Fonte: www.portalamazonia.com






Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA









Banco Central lança hoje novas notas de R$ 50 e R$ 100



O Banco Central lançou nesta segunda-feira (13) as novas cédulas de R$ 50 e de R$ 100 da família do real.
As novas notas entram em circulação no mercado por meio dos bancos. As cédulas atuais, por sua vez, continuarão valendo e somente serão retiradas de circulação quando estiverem desgastadas e sem condições de uso.
Desde 20 de maio último, o real de cara renovada está sendo produzido. Em agosto, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, participou da inauguração da linha de produção da Casa da Moeda de Santa Cruz - zona oeste do RJ.
A previsão à época era de que as primeiras cédulas deveriam entrar em circulação em novembro.
A modificação das notas de real será a primeira desde o lançamento do Plano Real, em 1994. O dinheiro continua o mesmo, sendo apenas uma troca “de moeda”, e não “da moeda”.
Segundo o governo, as novas notas de real vão ser mais seguras, porque terão tamanhos, cores e figuras diferentes. A ideia é dificultar a falsificação.
A expectativa é completar a substituição no prazo de dois a três anos.
O lançamento oficial, que marca o início da circulação das cédulas novas, será feito durante cerimônia na sede do Banco Central, em Brasília, que acontece nesta segunda-feira, às 15h.




Fonte: www.r7.com



Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA

















quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

FOTOS DA 7a CONFRATERNIZAÇÃO DOS ATALAIENSES - 05/12/2010

Caros amigos atalaienses,



É com muita satisfação que a Diretoria Executiva da Associação dos Filhos e Amigos Atalaienses Residentes em Manas - AFAMA torna pública as imagens da belíssima e glamourosa Festa dos Atalaienses, ou seja, a 7a Confraternização dos Atalaienses, realizada no dia 5 de dezembro de 2010, no Clube de Oficiais da PM.
É um evento espeicial no calendário anual da Associação e tem a finalidade de congrassar e congratular todos os atalaienses, amigos de atalaienses, incluindo aí os conterrâneos de Benjamin Constant e Tabatinga. Vale ressaltar que novos amigos passaram a fazer parte desse convívio: os amigos da Associação de Silves. Eles estreitoaram os laços com os amigos da Associação de Atalaia do Norte e abrilhantaram a confraternização com sua participação direta. Também tiveram participação importante.
O dia do evento foi especial para todos, pois foi o momento de rever os amigos, familiares que há muita tempo não se viam ou que estavam longe, ou por força do trabalho ou por força dos estudos. Foi nesse momento, como outrora sempre aconteceu, que a alegria ficou evidente no rosto de cada um. A exemplo disso foi o reencontro de Dona Florentina, Dona Dalzina Castro, Dona Nazaré Barroso, Dona Lúcia irmã da Tia Luzia Carneiro, Dona Maria Saraiva, Dona Tereza Chagas, Dona Izabel Luzeiro, Dona Tereza Luzeiro, dentre outras personalidades importantes da nossa querida Atalaia do Norte. Com certeza muitos assuntos foram colocados em dia, muitas recordações e lembranças foram feitas, muita saúdade ficou para trás. De fato, um momento inesquecível esse reencontro.
Os jovens estudantes de Atalaia também estavam presente na festa, ora brincando, ora ajudando a organizar, ora contribuindo para a plena realização da festa. Nem mesmo a chuva e a queda de energia foram suficientes para encerrar mais cedo a festa. Ocorreu apenas uma pausa para refrescar a temperatura, já que a festa não parou: som ao vivo, parabenização aos aniversariantes, premiação ao campeão do torneio de futebol, distribuição de brindes às famílias e aos patrocinadores e muito mais foram alguns dos momentos que abrilhantaram a 7a Confraternização dos Atalaienses e dos amigos dos atalaienses.
A Diretoria da AFAMA já tem planos para a nova festa , porém não tem data confirmada para sua realização. Espera, contudo, contar com um maior número de atalaienses prestigiando a festa que tem um único objeito: reunir e confraternizar.

Veja algumas fotos da 7a Confraternização dos Atalaienses:


ATALAIA DO NORTE - CAMPEÃ DO TORNEIO AFAMA 2010
BENJAMIN CONSTANT - VICE CAMPEÃ TORNEIO AFAMA 2010
TABATINGA - 3a COLOCADA TORNEIO AFAMA 2010


















segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

NOVO PORTAL DO CONHECIMENTO: MAIS UMA LIVRARIA DIGITAL. AGORA SÃO MAIS DE 3 MILHÕES DE LIVROS À DISPOSIÇÃO DO ESTUDANTE ATALAIENSE.

EDITORAL





A Associação dos Filhos e Amigos Atalaienses Residentes em Manaus - AFAMA em mais uma de suas incansáveis pesquisas, com o fito de dar suporte técnico e científico ao estudante atalaiense, em especial o universitário atalaiense, encontrou mais um site que possibilita pesquisar, na íntegra, mais de três milhões de livros dos mais diversos conhecimentos.
Essa prática já é realizada nos Estados Unidos e na Europa e mais recentemente no Brasil. Esse tipo de pesquisa que ora será possibilitado pela Google Books há anos era realizado pela Amazon Digital Kindle, empresa virtual que domina o mercado de livros eletrônicos. Diante de tal situação e condições claras de que os estudantes atalaienses têm também essa enorme chance de visitar o site e pesquisar livros de seus interesses, a AFAMA não hesitou e acrescentou no seu blog www.associacaodosatalaienses.blogspot.com uma página virtual para que os associados, dependentes dos associados, amigos dos atalaienses e principalmente os estudantes universitários atalaienses tenham uma biblioteca à sua inteira disposição e que seja capaz de auxiliar na pesquisa e, consequentemente, na ampiação do conhecimento técnico e científico.
A AFAMA tem se esforçado para auxiliar os estudantes atalaienses para a pesquisa e extensão dos conhecimento. Aconpanhando as novidades, traz esse lançamento da Google realizado nesta segunda-feira (6) com o nome de “Google Books”, a maior livraria digital da internet, segundo a empresa, com mais de três milhões de títulos disponíveis.
A Google acredita que essa será a maior biblioteca de livros eletrônicos do mundo, segundo o porta-voz da empresa Jeannie Hornung.
A AFAMA, nesse sentido, pede a todos que divulguem no meio acadêmico esse canal de conhecimento, que certamente será um apoio significativo, que poderá ser acessado pelo blog da Associação dos Atalaienses (www.associacaodosatalaienses.blogspot.com). Veja e click no link Google Books e tenha acessos ao conhecimento puro.




Fonte: http://www.google.com.br/






Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Dez dicas para usar um pendrive sem infectar e ser infectado




Não há como negar. Os pendrives realmente facilitam a vida de quem usa vários computadores e precisa ter seus arquivos sempre à mão. Mas por serem tão práticos, fáceis de usar e levar, acabam sendo uma fonte de contaminação e disseminação de vírus em computadores. Saiba quais cuidados tomar para não infectar o seu PC e dos demais.
1- Toda vez que você plugar um pendrive em sua máquina, faça seu antivírus buscar ameaças. A verificação não demora e é essencial para a segurança do PC.
2- Evite usar seu pendrive em máquinas públicas, como feiras e eventos.
3- Evite usar seu pendrive em lan houses.
4- Quando for inevitável usar o pendrive em uma máquina pública, passe o antivírus no disco removível assim que possível.
5- Já existem soluções de antivírus especialmente para pendrives. Se você é um usuário voraz de internet e pluga seu dispositivo em diversos computadores, esse tipo de programa é fortemente recomendado.
6- Crie uma pasta na raiz de seu pendrive chamada autorun.inf. Isso evitará que programas de mesmo nome sejam salvos em seu dispositivo, anulando o potencial risco de vários vírus autoexecutáveis.
7- Alguns vírus são inteligentes e tiram do caminho aquilo que os atrapalha. Se sua pasta autorun.inf sumir, é hora de verificar a existência de vírus.
8- Não salve em seu pendrive arquivos cujo autor você desconhece.
9- Cuidado ao fazer downloads direto para o pendrive. Avalie se o site é confiável.
10- Tenha um bom antivírus em seu computador e o mantenha atualizado. Assim, se seu pendrive for infectado, o computador barrará a ameaça.





Fonte: http://www.terra.com.br/




Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA

Eleitor que não votou no primeiro turno só pode justificar ausência até hoje



Para regularizar a situação, o eleitor deve levar um Requerimento de
Justificativa Eleitoral ao juiz da zona eleitoral em que está inscrito




Os eleitores que não votaram no último dia 3 de outubro têm até hoje (2) para justificar a ausência na Justiça Eleitoral. Para regularizar a situação, o eleitor deve levar um Requerimento de Justificativa Eleitoral ao juiz da zona eleitoral em que está inscrito. Os endereços dos cartórios podem ser obtidos nas páginas dos tribunais regionais eleitorais na internet.
O documento com a justificativa deve ter o nome, a data de nascimento, a filiação, o número do título, endereço atual e o motivo da ausência à votação. Além disso, o eleitor também deve apresentar cópia de documento que comprove sua identidade. O requerimento será invalidado se tiver dados incorretos ou que não permitam a identificação do eleitor. O acolhimento da justificativa fica a critério do juiz.
Os eleitores que estavam no exterior no dia da eleição têm 30 dias após o retorno ao Brasil para justificar a ausência às urnas. As justificativas para quem não votou no segundo turno serão aceitas até 30 de dezembro.
O eleitor que não justificar paga multa de R$ 3,50 e enquanto não regularizar sua situação fica impedido de obter passaporte ou carteira de identidade, receber vencimentos como servidor público, inscrever-se em concurso para cargo ou função pública e tomar posse e renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo.Caso o eleitor deixe de votar em três eleições seguidas, sem justificar ou pagar multa, ele terá sua inscrição cancelada.





Fonte: http://www.acritica.com.br/




Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Relatório mostra panorama do HIV/Aids no Alto Solimões


Ao longo de 17 anos, município de Tabatinga registrou 83 casos,
contra 15 em Benjamim Constant e apenas 3 em Atalaia do Norte 



Um total de 101 casos de Aids foram identificados nos municípios de Atalaia do Norte, Benjamim Constant e Tabatinga – região do Alto Solimões -, durante o período de 1993 a 2010*, de acordo com o boletim epidemiológico divulgado nesta quarta-feira (01), pelo Grupo Gestor do Plano Integrado das Nações Unidas para o Controle das DST/Aids no Estado (Amazonaids), ligado ao Programa Conjunto das Nações Unidas para HIV/Aids (Unaids).
Boa parte dos casos foram registrados no município de Tabatinga - localizado a 1.105 quilômetros de Manaus.
Por tratar-se de uma região de tríplice fronteira entre Brasil, Colômbia e Peru, o lugar torna-se vulnerável em virtude da constante migração, tráfico de drogas e guerrilhas organizadas, prostituição, accessibilidade aos serviços de saúde, além de concentrar um grande contingente indígena - população que se torna suscetível ao contágio da doença.
Juntos os três municípios apresentam uma população de aproximadamente 80 mi habitantes.
“A elaboração desse estudo é importante, pois há uma grande desinformação sobre a doença naquela região, bem como a questão da infra-estrutura, no que diz respeito a realização de exames,acompanhamento médico e tratamento especializado, devido as questões logísticas”, salienta a diretora-presidente da Fundação Alfredo da Matta (FUAM), Adele Benzaken, integrante do Grupo Gestor do Amazonaids.
De acordo com ela, nos três municípios as unidades de saúde e os distritos sanitários indígenas - mantidos pela Fundação de Saúde Indígena (Funasa) -, já oferecem atendimento adequado às pessoas que vivem com o vírus HIV.
A mão de obra foi treinada por profissionais da FUAM, por meio de parcerias dos governos municipal, estadual e federal, além de contar com apoio da ONU entre outros parceiros.

Estatísticas

O primeiro caso de Aids identificado na região ocorreu em 1993, no município de Benjamim Constant, tendo como vítima uma pessoa de 20 anos, do sexo masculino.
De 1993 a 2010, os números dão conta de que Atalaia do Norte registrou apenas 3 casos. Entretanto, no mesmo período o município de Benjamim Constant registrou 15 casos, enquanto Tabatinga teve a maior incidência com 83 ocorrências, durante o período de 17 anos.
A forma de transmissão predominante do vírus HIV na região do Alto Solimões se deu por meio de relações sexuais.
Apenas em dois casos foram verificados a transmissão vertical – de mãe para filho, no momento do parto -, sendo um em Benjamim Constant e outro em Tabatinga.
Em relação a contaminação por meio da transmissão sanguínea, houve apenas um registro, cuja vítima era usuária de drogas.

*Dados preliminares de prontuários ainda não notificados no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN)



Fonte: http://www.acritica.com.br/
 
 
 
Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA
 
 
 

Correios lançam edital para cerca de 10 mil vagas de nível médio



As inscrições estarão abertas de 10 de janeiro a 21 de janeiro.
Novo concurso deverá substituir o que está sendo questionado pelo MPF.

Os Correios publicaram no "Diário Oficial da União" desta quinta-feira (2), na página 137 da Seção 3, um edital de concurso público para cerca de 10 mil vagas em cargos de nível médio de escolaridade. As inscrições estarão abertas no período de 10 de janeiro a 21 de janeiro para os cargos de atendente comercial, carteiro e operador de triagem e transbordo. A taxa de inscrição será de R$ 30. O salário não é informado no edital.
A validade do concurso será de um ano, podendo ser prorrogada por igual período, de acordo com as necessidades e conveniência da administração.
O destino e a quantidade de vagas, os procedimentos de inscrição e os programas de provas estarão à disposição dos interessados no edital de abertura que será divulgado no site www.correios.com.br.
De acordo com os Correios, esse novo concurso deverá substituir o lançado em dezembro de 2009 para 6.565 vagas em todo o país e que foi questionado pelo Ministério Público Federal e está parado por conta de brigas na Justiça. Ao todo, 1.064.209 pessoas se inscreveram para a seleção. É o concurso que teve mais candidatos neste ano, superando inclusive o do IBGE, para 192 mil vagas de recenseador, que teve 1.051.582 inscrições.
A prova, que estava marcada para 28 de novembro, foi adiada pelos Correios devido à decisão judicial concedida em caráter liminar pela 5ª Vara da Justiça Federal de Brasília, em outubro, que determinou a suspensão do processo de contratação da Fundação Cesgranrio, organizadora escolhida para aplicar as provas. No dia 24 de novembro, no entanto, a Justiça Federal em Brasília acatou o recurso dos Correios e manteve o contrato com a instituição.
Ao adiar a prova, a ECT informou que os candidatos que não quisessem mais fazer o exame poderiam pedir a devolução da taxa de inscrição, sem definir datas nem como seria feita.

Audiência pública

O Correios também publicaram nesta quinta-feira um edital de chamamento para uma audiência pública a ser realizada no dia 16 de dezembro para discutir o que será feito em relação aos candidatos inscritos no concurso anterior.
De acordo com o edital da audiência, o objetivo é “submeter minuta de edital de concurso público para análise e coleta de sugestões”.
A audiência está marcada para as 14h30 do dia 16, no edifício sede dos Correios. O endereço é SBN, Quadra 1, Bloco “A”, no salão nobre, sobre loja.
Quem não puder comparecer à audiência pode enviar pedidos de esclarecimentos e sugestões por e-mail ou fax, até 10 de dezembro, sempre por escrito, com identificação (nome, telefone, fax, e-mail, endereço). Os pedidos devem ser endereçados ao Presidente da Mesa Diretora, e devem fazer referência ao número da audiência pública (que é 1/2010). Os pedidos devem ser enviados ao e-mail moacirmartins@correios.com.br ou pelo fax 61-3426-2859.



Fonte: http://www.g1.com.br/
 
 
 
Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA
 
 
 

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Manaus lidera crescimento populacional no País, diz IBGE




MANAUS- A capital amazonense liderou os índices de crescimento populacional em comparação com outras cidades do Brasil. A população saltou de 1.405.835, em 2000, para 1.802.525, em 2010, representando um crescimento de 22%. Oportunidades de emprego e novos negócios estão entre as explicações para o município estar no sétimo lugar do ranking de cidades mais populosas do País, segundo contagem do Censo 2010, realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
No início desta década, a Zona Franca de Manaus tinha cerca de 400 indústrias na capital. Atualmente, mais de 500 empresas geraram uma média de 20 mil empregos no setor, nos últimos dez anos.
De acordo com o presidente da Federação das Câmaras dos Dirigentes Lojistas do Amazonas, Ralph Assayag, o comércio ainda totaliza 4,5 mil vagas abertas. "No comércio, nosso problema é a ausência de qualificação de pessoal local, o que acaba atraindo muita gente de fora", disse.
Para o geógrafo da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Marcos Castro, embora o crescimento populacional de Manaus tenha sido menor na última década do que entre 1991-2000, foi nos últimos dez anos que a capital mudou. "A capital está ganhando feições de metrópole, com muita gente de fora chegando e investindo em negócios e franquias antes inéditas", afirmou.

População

De acordo com o IBGE, 19 municípios mais que dobraram a população, desde 2000. O município que apresentou maior crescimento foi Balbinos, em São Paulo (199,47%). Há dez anos, eram 1.313 habitantes. Em 2010, o número passou para 3.932.
Na relação dos municípios que tiveram maior crescimento no número de habitantes, aparecem ainda Rio das Ostras, no Rio de Janeiro (190,39%) e Pedra Branca do Amapari, no Amapá (168,72%).
Outros 1.520 municípios apresentaram queda no número de habitantes. Os cinco que tiveram maior redução foram: Maetinga (BA), Itaúba (MT), Severiano Melo (RN), Ribeirão do Largo (BA) e Esmeralda (RS). Por outro lado, Roraima é o estado menos populoso, com 451.227 pessoas.

Urbanização

O índice de moradores que vivem na cidade aumentou neste ano, em relação aos dados anotados em 2000. De acordo com o IBGE, em 2010, em todo o país. 15,65% dos habitantes moram na zona rural e 84,35% vivem em situação urbana. Há dez anos, os percentuais eram de 18,75% e 81,25%, respectivamente.
O Censo 2010 mostra que 67 municípios têm 100% da população em situação urbana. Outros 775 têm mais de 90% dos habitantes nesse mesmo quadro.



Fonte: http://www.portalamazonia.com/
 
 
 
Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA
 

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Tribunal Militar abre concurso com salários de R$4 a R$6 mil




MANAUS - O Superior Tribunal Militar (STM) abriu nesta segunda-feira (29) concurso público para 161 vagas e formação de cadastro de reserva. As vagas são para analista judiciário (nível superior) e técnico judiciário (nível médio). Os salários vão de R$ 4.052,96 a R$ 6.611,39.
De acordo com edital publicado no Diário Oficial da União" de hoje, as vagas são para a Secretaria do Superior Tribunal Militar em Brasília, e no quadro permanente das auditorias da Justiça Militar da União, nas seguintes Circunscrições Judiciárias Militares: 1ª CJM (Rio de Janeiro - RJ), 2ª CJM (São Paulo - SP), 3ª CJM (Porto Alegre, Santa Maria e Bagé - RS), 4ª CJM (Juiz de Fora - MG), 5ª CJM (Curitiba - PR), 6ª CJM (Salvador - BA), 8ª CJM (Belém - PA), 9ª CJM (Campo Grande - MS), 10ª CJM (Fortaleza - CE), 11ª CJM e Auditoria de Correição (Brasília - DF) e 12ª CJM (Manaus - AM).
As inscrições devem ser feitas de 2 a 19 de dezembro pelo site www.cespe.unb.br/concursos/stm2010. A taxa varia de R$ 55 a R$ 72.

Cargos

Os candidatos com nível superior podem concorrer a analista judiciário nas áreas administrativa, judiciária (geral e execução de mandados) e de apoio especializado - engenharia civil, engenharia elétrica, engenharia mecânica, psicologia, administração, arquitetura, economia, medicina (geriatria e clínica médica), enfermagem, análise de sistemas, biblioteconomia, arquivologia, restauração, revisão de texto, comunicação social, contabilidade e estatística.
Os candidatos com nível médio podem concorrer a técnico judiciário, nas especialidades administrativa (geral, segurança, telecomunicações e eletricidade e mecânica) e de apoio especializado, na área de contabilidade.
O concurso terá provas objetivas para todos os cargos; prova discursiva para o cargo de analista judiciário; teste de aptidão física somente para o cargo de técnico judiciário - área: administrativa - especialidade: segurança.

Provas

As provas objetivas, a prova discursiva e a perícia médica dos candidatos que se declararem portadores de deficiência serão realizadas nas cidades de Bagé/RS, Belém/PA, Brasília/DF, Campo Grande/MS, Curitiba/PR, Fortaleza/CE, Juiz de Fora/MG, Manaus/AM, Porto Alegre/RS, Rio de Janeiro/RJ, Salvador/BA, Santa Maria/RS e São Paulo/SP.
Segundo o edital, o teste de aptidão física será realizado nas cidades de Brasília/DF e Campo Grande/MS.A (AL)




Fonte: http://www.portalamazonia.com/


Postado por: Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Petrobras anuncia mais riqueza com descoberta de petróleo na Amazônia




MANAUS - A Petrobras informou nesta sexta-feira (26) que o teste de longa duração (TLD) na Amazônia confirmou a existência de acumulação de óleo leve (46º API) e gás natural no poço 1-ICB-1-AM (denominado "Igarapé Chibata nº 1"), em Tefé (AM), município distante 630 km de Manaus e 32 km da Província Petrolífera de Urucu.
De acordo com a empresa, os dados do teste até o momento indicam que a capacidade de produção do poço é de 2,5 mil barris de petróleo por dia, "o que é considerado um excelente resultado, em se tratando deste tipo de bacia no Brasil", diz a nota. O poço de 3.485 metros foi perfurado na Bacia do Solimões, Bloco SOL-T-171, no qual a Petrobras detém 100% dos direitos de exploração e produção.
O teste foi iniciado em setembro e tem duração prevista de um ano. A Petrobras explica que o Plano de Avaliação da Descoberta (PAD), aprovado pela Agência Nacional do Petróleo (ANP), "prevê a aquisição de novos dados sísmicos e perfurações de poços delimitatórios" para "definir a extensão da acumulação, quantificar as reservas e a comprovar a economicidade da acumulação."
A Petrobras já possui três campos produzindo petróleo e gás natural no município de Coari.


 
 
Fonte: http://www.portalamazonia.com/
 
 
 
Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA
 
 

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Alcoolismo nas mulheres é herança materna, diz estudo




O alcoolismo pode ser passado de mãe para filha, de acordo com a psicóloga Ana Beatriz Pedriali, autora do livro recém-lançado "Um Passado que Vive -Transmissão Familiar do Alcoolismo Feminino" (Rosea Nigra, 152 págs., R$ 35).
A pesquisadora acompanhou 62 mulheres alcoólatras e não alcoólatras na sua tese de doutorado e concluiu que, além do fator genético, o comportamento e as relações familiares são determinantes para o vício.
Entre as alcoólatras, pelo menos uma em cada cinco era filha de uma mulher também viciada em álcool.
"Há uma transmissão do comportamento, da violência e dos conflitos. Não há registros desse fenômeno em homens", diz Pedriali.
A maioria das mulheres dependentes tinha uma relação conflituosa com mães e avós. "Elas reproduzem o mesmo comportamento com as filhas. São mulheres que aprendem a resolver problemas bebendo."
O trabalho foi desenvolvido no IPq (Instituto de Psiquiatria) do Hospital das Clínicas de São Paulo.

DIFERENÇAS

A genética é responsável por 50% a 60% da tendência ao alcoolismo tanto em mulheres quanto em homens, segundo Patricia Hochgraf, coordenadora do Programa Mulher Dependente Química do IPq.
Mas as semelhanças entre os sexos param por aí. "A mulher é mais vulnerável e pode ficar viciada mais rapidamente", afirma a psicóloga Ilana Pinsky, vice-presidente da Abead (associação para estudos do álcool e outras drogas).
Os hábitos que acompanham a dependência também diferem. Ao contrário dos homens, que bebem em grupo e em público, elas bebem mais sozinhas.
"É um vício escondido. Por isso, o alcoolismo feminino tem menor visibilidade", diz o psiquiatra Marcelo Santos Cruz, da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro).
De acordo com a enfermeira Márcia Fonsi Elbreder, doutoranda em psiquiatria da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), elas têm mais dificuldade em assumir o problema, procurar ajuda e, quando procuram, desistem do tratamento mais fácil.
Para chegar à conclusão, ela acompanhou, em sua tese, 1.051 homens e mulheres. "Há obstáculos morais e estruturais. Ainda há muito preconceito. Essas mulheres são mal vistas. Há poucos ambulatórios e muitos não estão preparados para receber mulheres dependentes."



Fonte: http://www.folha.com.br/
 
 
 
 
Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA
 
 

Vila de Lindoia em Itacoatiara vai ter energia elétrica a partir de etanol de mandioca


Durante 12 meses serão testados motogeradores a etanol na vila que fica no
município de Itacoatiara (a 177 quilômetros de Manaus)



Nesta quinta-feira (25), o presidente da Eletrobras Amazonas Energia, Pedro Hosken, e representantes da empresa Vale Soluções em Energia (VSE), do Instituto Energia e Desenvolvimento Sustentável (Inedes) e do Centro de Desenvolvimento Energético Amazônico (CDEAM) ligado a Universidade Federal do Amazonas (Ufam), participam da cerimônia de assinatura do contrato do projeto que vai permitir a geração de energia por meio de etanol da mandioca.
O contrato faz parte do projeto de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) da empresa, que, de acordo com os critérios estabelecidos pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), em atendimento à lei federal 9.991/2001, precisa investir em pesquisas que reflitam em melhorias à sociedade.
O projeto será desenvolvido pelo Inedes, em parceria com o CDEAM e com a VSE, que será a fornecedora dos motogeradores a etanol para o processo inicial do projeto.

Projeto



O presidente das empresas Distribuidoras de Energia da Eletrobras, Pedro Carlos Hosken Vieira, disse que inicialmente serão avaliadas as possibilidades técnicas, econômicas, ambientais e legais do projeto. Hosken explicou que durante 12 meses serão testados motogeradores a etanol. Esses equipamentos, cuja tecnologia é genuinamente nacional, serão instalados na Vila de Lindóia, localizada no município de Itacoatiara (a 177 quilômetros de Manaus).
Os motogeradores, cada um de 250 kV, serão dotados de um sistema de supervisão on line, com transmissão de dados via Internet. Na Fazenda Experimental da Ufam, localizada na BR174, que liga Manaus a Boa Vista (RR), será montado um pequeno laboratório para produção e caracterização físico-química do etanol produzido a partir de cultivares de mandiocas recomendadas pela Embrapa para a região Amazônica, em terra firme e em várzea.
Durante este processo será realizado estudo de compatibilização das demandas de energia elétrica existentes no sistema da Eletrobras Amazonas Energia com os potenciais locais, para produção de etanol da mandioca.
Para a Eletrobras Amazonas Energia, o benefício desse projeto inclui a validação de tecnologia nacional de motogeradores a etanol, com grande potencial de aplicação no País e no exterior, além de gerar oportunidade de trabalho, emprego e renda; domínio tecnológico de produção de etanol da mandioca em pequena escala; e, reconhecimento da competência técnico-científica regional (Inedes, CDEAM, Ufam) de soluções energéticas adequadas para a região Amazônica.



Fonte: http://www.acritica.com.br/
 
 
 
 
Postado por Rubem Tadeu - Presidente da  AFAMA
 
 

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

CIDADES VIZINHAS A ATALAIA DO NORTE PEDEM RECONTAGEM POPULACIONAL

Até esta terça-feira (23), apenas cinco municípios do Amazonas – Amaturá, Tonantis, Beruri, Maués e São Gabriel da Cachoeira - haviam solicitado a revisão da contagem do Censo 2010. O prazo para que as Prefeituras solicitem o recenseamento termina nesta quarta-feira (24). Dos cinco municípios que pediram ‘socorro’ do IBGE, nenhum está entre as onze cidades que tiveram redução de habitantes nos últimos dez anos.
Os municípios amazonenses que sofreram diminuição de população entre os Censos de 2000 e 2010 foram: Barcelos, Envira, Fonte Boa, Guajará, Itamarati, Japurá, Jutaí, Santo Antônio do Içá, Urucará, Tapauá e Tefé.
O chefe do IBGE no Estado, Carlos Simonaio, avaliou como superficiais os dados repassados pelas prefeituras dos municípios amazonenses que já encaminharam o pedido de recontagem populacional. O técnico evitou dar mais detalhes sobre os pedidos. “Nos pedidos, os prefeitos deveriam informar quais as localidades, comunidades, que segundo eles não foram recenseadas”, resumiu ele.

Simonaio ressaltou que os pedidos devem ser protocolados na sede do órgão até as 17h, horário Manaus.

O pedido de revisão da contagem populacional se faz necessário principalmente para os casos em que os gestores municipais identificaram que tiveram redução em sua população, o que poderá ocasionar mudança de faixa populacional, vindo a comprometer as finanças municipais, a partir da redução dos repasses. Os dados do Censo 2010 servirão de base para os cálculos do Fundo de Participação dos Municípios em todo o País.
Com a divulgação dos resultados do Censo 2010, ocorrida no dia 5 de novembro, constatou-se que o Amazonas foi o Estado com maior número de municípios (23%) com redução nas suas populações.
A base da contestação a ser encaminhada pelos prefeitos deverá ter dados que demonstrem o aumento populacional, como o censo escolar, população votante ou número de ligações elétricas e de água.

A seguir, os números mais atuais da população amazonense, segundo o Censo 2010:

Alvarães                                              13.897
Amaturá                                                9.611
Anamã                                                  9.833
Anori                                                  15.974
Apuí                                                   17.627
Atalaia do Norte                                15.113
Autazes                                              30.324
Barcelos                                            17.342
Barreirinha                                         27.356
Benjamin Constant                             33.361
Beruri                                                15.422
Boa Vista do Ramos                          14.618
Boca do Acre                                    29.332
Borba                                                33.923
Caapiranga                                        10.560
Canutama                                          13.877
Carauari                                            25.047
Careiro                                             32.111
Careiro da Várzea                             22.509
Coari                                                73.475
Codajás                                            22.307
Eirunepé                                           29.938
Envira                                              16.089
Fonte Boa                                        22.325
Guajará                                            12.670
Humaitá                                           42.641
Ipixuna                                             21.788
Iranduba                                          41.628
Itacoatiara                                        85.775
Itamarati                                            8.007
Itapiranga                                          7.925
Japurá                                               8.573
Juruá                                               10.443
Jutaí                                                17.865
Lábrea                                            36.826
Manacapuru                                    83.479
Manaquiri                                        22.807
Manaus                                       1.718.584
Manicoré                                         46.996
Maraã                                             17.227
Maués                                             49.889
Nhamundá                                       18.278
Nova Olinda do Norte
Novo Airão                                     13.707
Novo Aripuanã                                21.013
Parintins                                          96.223
Pauini                                              18.153
Presidente Figueiredo                      26.961
Rio Preto da Eva                             24.235
Santa Isabel do Rio Negro              17.702
Santo Antônio do Içá                      24.421
São Gabriel da Cachoeira               36.639
São Paulo de Olivença                   31.426
São Sebastião do Uatumã              10.650
Silves                                               8.435
Tabatinga                                       52.120
Tapauá                                          19.077
Tefé                                               60.782
Tonantins                                       17.670
Uarini                                             12.719
Urucará                                          13.318
Urucurituba                                    15.124

Total:                                         3.350.773



Fonte: IBGE


Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA