Google+ Followers

LEIA O TEXTO EM OUTRAS LÍNGUAS / READ TEXT IN OTHER LANGUAGES

quinta-feira, 23 de abril de 2015

Ministério do Planejamento prevê concurso público com 220 vagas em 2015 para a FUNAI


Autorização do concurso da Funai é publicada


MANAUS - Novo concurso previsto para um órgão federal em 2015. A Fundação Nacional do Índio - FUNAI recebeu autorização do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, para abertura de concurso público no quadro de pessoal do órgão, em 3 carreiras de nível superior. Segundo a Portaria n. 85 publicada pelo Diário da União de 22 de abril, serão 220 vagas para ingresso na FUNAI.
As oportunidades serão apenas para cargos de nível superior nas seguintes carreiras: indigenista Especializado - 208 vagas -, Engenheiro - 7 vagas - e Engenheiro Agrônomo - 5 vagas. Veja autorização
O salário inicial da carreira de Indigenista Especializado está fixado em R$ 8.484,53, já contando as gratificações. As carreiras na FUNAI contam com promoções por progressão funcional, progressão por nível de capacitação, progressão por titulação profissional e progressão por Mérito Profissional. Os indigenistas atuam na proteção das terras e territórios indígenas, do acerva cultural, do patrimônio intelectual e dos direitos dos povos indígenas.
O provimento dos cargos depende do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão e está condicionado à existência de vagas na data da nomeação; e à declaração do respectivo ordenador de despesa, quando do provimento dos referidos cargos, sobre a adequação orçamentária e financeira da nova despesa.
O prazo para lançamento do edital é de até 6 meses, contando a partir da publicação da portaria, feita no dia 17 de abril.

COMO O ÚLTIMO CONCURSO

O último concurso da FUNAI ocorreu em 2010 e foi coordenado pela empresa Cetro Concursos. Foram 425 vagas abertas no edital, para todos os níveis de escolaridade, sendo 75 para Nível Fundamental de Auxiliar em Indigenismo com salário inicial de R$ 3.080.38; 150 vagas para Nível Médio na função de Agente em Indigenismo com remuneração de R$ 3.321,90; e 200 vagas para nível superior de Indigenista Especializado, que tinha, na época, salário inicial de R$ 4.085,28, mais gratificações.
Os aprovados foram lotados nos Estados de Roraima, Amazonas, Acre, Rondônia, Mato Grosso do Sul, Amapá, Pará, Goiás, Maranhão, Tocantins, Minas Gerais, Bahia, Espírito Santo e Brasília. Veja mais do último concurso.

Fonte: www.acheconcursos.com.br

Por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA
rtcastroalves@bol.com.br
rtcastroalves@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Sua opinião é importante para nós. Obrigado por acessar nosso blog. Parabéns.