Google+ Followers

LEIA O TEXTO EM OUTRAS LÍNGUAS / READ TEXT IN OTHER LANGUAGES

sábado, 14 de fevereiro de 2015

Amigos da Fronteira, time representante do Alto Solimões na Copa Rede Amazônica de Futsal, vence em sua estreia




MANAUS - A primeira participação em competição esportiva de grande porte foi um sucesso para a Associação dos Atalaienses. O "Amigos da Fronteira", time representante do Alto Solimões na Copa Rede Amazônica de Futsal 2015, venceu seu primeiro jogo na competição pelo placar de 3 X 0. O adversário foi o Fúria Jovem, que não causou medo aos guerreiros do Amigos da Fronteira.
Esse jogo era esperado com ansiedade por todos: comissão técnica, jogadores e torcida, que marcou presença no Ginásio Poliesportivo do Sesi e transmitiu a energia que o time precisava. Mas depois que a bola começou a rolar, o nervosismo foi desaparecendo e a equipe tomando conta do jogo. Aos 3´40´´ do primeiro tempo, saiu o primeiro gol numa bela jogada pela ala direita e feito pelo jogador Jorginho.


O jogo ficou mais equilibrado e aos poucos o Fúria Jovem passou a arriscar mais na tentativa de empatar o jogo, mas aos 2´48´´ do segundo tempo, Alvinho ampliou o placar: 2 X 0. Já no desespero, o Fúria Jovem foi em busca do primeiro gol, entretanto, o contra-ataque do Amigos da Fronteira era perigoso e depois de vários gols perdidos, aos 8´50´´ da etapa final, Caio fechou o placar para o Amigos da Fronteira em 3 X 0 em uma jogada de toques rápidos.
Com esse resultado, o "Amigos da Fronteira" assumiu a liderança provisória da Chave 11 com 3 pontos.
Para o Técnico do representante do Alto Solimões, o time sentiu um pouco a estreia, mas no decorrer do jogo demonstrou segurança e confiança, o que possibilitou uma vitória relativamente tranquila. Acrescentou ainda que houve erros, os quais serão corrigidos em tempo, já que o próximo jogo está previsto para o dia 6 de março, às 19:40h, no Sesi - Clube do Trabalhador - bairro Colina do Aleixo.
Houve ainda um detalhe inusitado, que chamou a atenção e por pouco não gerou prejuízo para o time da fronteira: os coletes dos reservas e a faixa de capitão não chegaram em tempo, havendo a necessidade de improvisar. Enquanto os coletes não apareceram, todos os atletas ficaram na arquibancada sem poder substituir qualquer atleta. A faixa de capitão foi improvisada com um pedaço de meia, que pertencia ao auxiliar-técnico Arizinho.
Depois de passado esse transtorno, o alívio veio com a vitória que colocou o "Amigos da Fronteira" no topo da tabela.


Elaborado por Daniele Castro Alves

Por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA
rtcastroalves@bol.com.br
rtcastroalves@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Sua opinião é importante para nós. Obrigado por acessar nosso blog. Parabéns.