Google+ Followers

LEIA O TEXTO EM OUTRAS LÍNGUAS / READ TEXT IN OTHER LANGUAGES

sábado, 5 de abril de 2014

BRASIL AVANÇA, MAS AINDA OCUPA O 46. LUGAR EM NOVO RANKING DE BEM ESTAR SOCIAL

Renato Araújo/ABr
 
 
 
 
BRASÍLIA - O Brasil ocupa o 46o lugar entre os 132 países avaliados por um novo indicador de bem-estar social, elaborado pelo Instituto Americano Social Progress Imperative. O ranking mostra que o Brasil está avançando em progresso social, mas ainda deixa muito a desejar em necessidades básicas.
Chamado de Índice de Progresso Social -IPS, o novo indicador global avalia mais de 50 parâmetros que compõem a qualidade de vida dos cidadãos, como saúde, moradia, segurança pessoal, acesso à informação e à educação, saneamento básico, sustentabilidade e tolerância a diferenças. O Brasil alcançou 69,97 pontos, em uma escala de 0 a 100.
A Nova Zelândia aparece no topo da lista, com 88,24 pontos, seguida por Suíça, Islândia, Holanda, Noruega e Suécia. O último colocado foi o Chade, país da África, com 32,60 pontos.
O Brasil se saiu melhor nos itens "liberdade e escolha pessoal" - foi o 27o no mundo -, "tolerância e respeito" - 33% - e "acesso ao conhecimento bá6sico - 38% -, na 76a - desempenho baixo em comparação a países com PIB per capita - por pessoa  - parecido.
Na média geral, o Brasil foi o país mais bem classificado entre os BRICS - grupo de países em desenvolvimento que inclui Brasil, Rússia, Índia e China -, pois, segundo o documento, China e Índia vivem acelerado progresso econômico, porém ainda sem retorno na qualidade de vida dos cidadãos. O Indicador de Progresso Social é mais abrangente do que o Índice de Desenvolvimento Humano - IDH, da ONU, que mede a qualidade de vida com base na renda, educação e esperança de vida de uma população. No IDH, o Brasil ocupa a 85a posição entre 170 países.
 
 
Por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Sua opinião é importante para nós. Obrigado por acessar nosso blog. Parabéns.