Google+ Followers

LEIA O TEXTO EM OUTRAS LÍNGUAS / READ TEXT IN OTHER LANGUAGES

segunda-feira, 21 de abril de 2014

ASSOCIAÇÃO DOS ATALAIENSES SOLICITA REUNIÃO COM PREFEITO DE ATALAIA DO NORTE PARA GARANTIR BOLSA AOS ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS ATALAIENSES RESIDENTES EM MANAUS


 
 
 

MANAUS - A Associação dos Filhos e Amigos Atalaienses Residentes em Manaus-AFAMA, por meio de sua Diretoria Executiva, parte interessada pelos interesses dos estudantes universitários oriundos do município de Atalaia do Norte-AM, manifesta-se acerca da situação das bolsas universitárias oriundas da Prefeitura Municipal de Atalaia do Norte a eles destinadas. Assim, a Diretoria da AFAMA decidiu tornar público o seguinte relatório:
 
Ano 2013:
1. A AFAMA efetuou cadastro dos estudantes atalaienses aprovados no vestibular 2012/2013, aproximando-se de 130 matriculados em universidades públicas e privadas (fonte: AFAMA 2013);
2. Esperançosos de iniciarem um curso de nível superior, os estudantes aprovados em universidade privada vieram a Manaus para garantir seu ingresso no curso desejado;
3. Por questões administrativas, a Prefeitura Municipal de Atalaia do Norte não conseguiu regulamentar a lei municipal que legalizaria a inclusão dos estudantes no programa;
4. Com isso, o sonho de muitos estudantes se perdeu temporariamente, uma vez que a condição financeira da família não permite arcar com os custos do aluguel de moradia, alimentação, transporte e, especialmente, mensalidade acadêmica, cujo valor pode chegar a mais de R$ 1.000,00 (hum mil reais);
5. A proposta, portanto, era regularizar a lei antes do início do segundo semestre de 2013, e o sonho tornasse realidade; todavia, 2013 se foi e a sonhada lei não se firmou;
 
Ano 2014:
1. Atalaia do Norte preparou mais estudantes (concluintes do Ensino Médio em 2014), ficando com um corpo discente de cerca de 200 estudantes desejosos, ansiosos, e esperançosos de que dessa vez tudo daria certo;
2. O ano de 2014 chegou, com ele a aprovação da lei. Tudo se encaminhava e parecia que era hora de comemorar o ingresso definitivo no mundo do conhecimento acadêmico;
3. Contudo, o primeiro semestre de 2014 também se foi para aquele que pretendia ingressar no curso superior, vendo mais uma vez seu sonho se frustrar. V
ale ressaltar que a matrícula de curso em universidade pública ocorre no mês de janeiro (primeiro semestre) e junho (segundo semestre); há que se firmar o compromisso de pagar a bolsa e a ajuda de custo no máximo no mês de maio para que o estudante possa efetuar a matrícula ou a rematrícula.
4. Em fevereiro de 2014, finalmente a seleção dos estudantes, baseada nos critérios previstos em lei, foi concluída e publicada em locais públicos e nas redes sociais para conhecimento de todos;
Por todos esses e outros motivos, a Diretoria Executiva da AFAMA vem a público externar sua preocupação com a possibilidade de mais uma vez o pagamento das bolsas aos estudantes ser protelado e com essa medida novamente deixar seus projetos de crescimento profissional se perderem. Sabemos que cada semestre acadêmico perdido significa prolongamento do tempo de estudo perdido e, consequentemente, a chegada de um novo profissional que estava previsto para 2016 ou no máximo para 2017 e 2018, retardará para 2018, 2019 e até 2020, se tivessem começado em 2013 e 2014, causando prejuízos de todas as ordens, tanto para o estudante quanto para o próprio município de Atalaia do Norte, que deixa de receber profissionais do próprio berço.
Diante desse desafio, a Diretoria da AFAMA solicita ao Prefeito Municipal de Atalaia do Norte e à Secretária Municipal de Educação para que realizem uma reunião em Manaus, antes que inicie o período que se aproxima, ocasião em que todos os estudantes serão convocados a comparecer a fim de que tomem conhecimento de todas as orientações que devem seguir, de todas as coordenadas, inclusive para que a prefeitura certifique-se de quem da relação já está matriculado e efetivamente estudando, bem como quem está na relação e não está matriculado, nem estudando.
Essa reunião possibilitará aos estudantes também mostrarem relatório - verbal ou escrito - da real situação pela qual estão passando enquanto residem e estudam em Manaus, suas maiores dificuldades e necessidades.
Não há dúvida de que as barreiras são grandes para o estudante atalaiense, pois custear aluguel de imóvel, tarifas de ônibus, alimentação diária (três refeições básicas necessárias) e ainda ter que adquirir material de estudo, realmente fica pesado para seus pais, que se sacrificam para mantê-los em Manaus.
Não é todo município que se propõe a assistir seus estudantes com bolsa de estudo, porém, no caso de Atalaia do Norte-AM, há previsão legal (lei sancionada) e recursos (verba própria) para essa medida. Se o que impede o pagamento é a burocracia administrativa, a Diretoria da AFAMA solicita que os esclarecimentos sejam feitos aos estudantes e ao povo de Atalaia, de modo que se evite a perda do prazo para matrícula ou rematrícula (junho/2014).
Para os estudantes, foi gerada uma expectativa muito grande, uma vez que a lei foi sancionada, a relação de contemplados foi divulgada, o valor da bolsa ou ajuda de custo ao universitário fora definida. Nada obsta, portanto, que a bolsa ou a ajuda de custo seja paga ao estudante.
A AFAMA destaca que na medida do possível tem buscado meios para minimizar as dificuldades dos estudantes em Manaus, realizando confraternizações, fornecendo alimentos e até colchões, mas acredita que a bolsa ou ajuda de custo é um instrumento capaz de dar um norte para os filhos de Atalaia do Norte. Além disso, acredita que o retorno para Atalaia está garantido com mão de obra qualificada.
Nesse sentido, a Diretoria da AFAMA se propõe a organizar esse evento para que o Poder Público municipal, possa apresentar seus esclarecimentos acerca das dúvidas que ainda pairam sobre os estudantes. A ideia é assegurar que a bolsa universitária ou ajuda de custo de fato sejam repassadas aos estudantes selecionados ou àqueles que poderão ser também contemplados, uma vez que existe a possibilidade de muitos da relação já divulgada não pretendam mais estudar ou haja outro motivo que o impeça. Nesse caso, seria possível a substituição dos nomes em tempo.
Esperamos que a Prefeitura Municipal de Atalaia do Norte ou seu representante legal em Manaus mantenha contato conosco para que possamos organizar a reunião, definindo  sua realização, data, local e pautas para conhecimento de todos com antecedência.
 
Elaborado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Sua opinião é importante para nós. Obrigado por acessar nosso blog. Parabéns.