Google+ Followers

LEIA O TEXTO EM OUTRAS LÍNGUAS / READ TEXT IN OTHER LANGUAGES

domingo, 26 de agosto de 2012

MAIS DE 700 MIL ELEITORES NO AMAZONAS NÃO TEM ENSINO FUNDAMENTAL COMPLETO, DIZ PESQUISA DO TSE






35% dos eleitores no Estado não concluiu o ensino básico, diz pesquisa. Mulheres são maioria e número de jovens votantes deu um salto.



MANAUS - A maioria dos eleitores no Amazonas não tem ensino fundamental completo, segundo pesquisa divulgada pelo Tribunal Superior Eleitoral-TSE. De acordo com o órgão, dos 2.164.620 eleitores do Estado, 762.821, ou seja, mais de 35% do eleitorado não concluiu o ensino básico.
Ainda segundo a pesquisa, cerca de 7% dos eleitores no Amazonas são analfabetos e 14% apenas leem e escrevem, o que somado representa 464.452 eleitores. Volantes com ensino superior completo representam pouco mais de 2% na pesquisa.
Além disso, o estudo apontou também que a quantidade de eleitores jovens vem aumentando nos últimos anos. Em 2012, mais de 60 mil eleitores com idade entre 16 e 18 anos vão às urnas escolher o prefeito e os vereadores de Manaus.
Outro número que surpreende é o de idosos que irão votar nestas eleições. Em Manaus, eles são cerca de 100 mil. No Amazonas, 44.577 das pessoas que vão às urnas em outubro têm mais de 79 anos. O estudo mostrou também que 54,4% dos eleitores se encontram na capital, Manaus, e que desde 2008, quando aconteceram as últimas eleições municipais, o número de eleitores vem crescendo gradativamente. Em 2012, o aumento registrado em relação a 2008 foi de 13,46%.
Um dado que chama a atenção é o crescimento do eleitorado do município de Iranduba, distante 9km de Manaus, que teve um aumento no número de eleitores de 22,93%, bem acima da média do Estado, o que segundo o Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas-TRE-AM, pode ser devido à construção da Ponte Rio Negro. Em 2008, o número era de 21.897. Neste ano, o número chegou a 26.917. Entre outros aspectos observados, a pesquisa apontou que o crescimento maior do eleitorado se dá em anos pares. De acordo com o TRE-AM, isso ocorre porque a população procura a justiça eleitoral para tirar o titulo de eleitor ou realizar transferência de domicílio eleitoral, na maioria das vezes, em ano de eleição.


Fonte: www.g1.com.br

By Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA
rtcastoalves@bol.com.br


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Sua opinião é importante para nós. Obrigado por acessar nosso blog. Parabéns.