Google+ Followers

LEIA O TEXTO EM OUTRAS LÍNGUAS / READ TEXT IN OTHER LANGUAGES

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

CONSELHO DENUNCIA ABANDONO DA SAÚDE DE INDÍGENAS NA AMAZÔNIA






Há falta de formação específica dos médicos e dificuldades
para se chegar até as tribos isoladas



BRASÍLIA -  O Conselho de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana-CDDPH realizou na última segunda-feira, dia 20, sessão especial sobre o direito humano à saúde, encerrado com uma discussão sobre a saúde indígena. O encontro foi mediado pelo conselheiro Tarciso Del Maso Jardim e contou com a presença de Cléber César, secretário executivo do Conselho Indigenista Brasileiro-Cimi.




As dificuldades para atender os povos indígenas foram o principal tema abordado. César destacou que a falta de formação específica dos médicos e a dificuldade para chegar até as tribos resultam em grande quantidade de óbitos nessas populações. Ele diz que existem poucos profissionais direcionados para a área. "A gente vê uma necessidade urgente de que o governo brasileiro promova concurso público para suprir os quadros de pessoal para esse trabalho".
César exemplificou a situação atual da saúde indígena com o que acontece no Vale do Javari, no município de Atalaia do Norte, no Amazonas. A região, a segunda maior terra indígena do país, tem alto índice de doenças como a malária e a hepatite. "Os povos daquela região vivem uma situação de abandono há muitos anos e, como consequência, tem havido óbitos constantes. A gente pede uma atenção especial e que, se possível, o conselho faça uma missão naquela região".



O CDDPH se reúne amanhã, dia 24, durante todo o dia, para rebater as proposições feitas pelos palestrantes e mediadores de hoje. A partir de amanhã, o conselho definirá quais medidas serão tomadas para melhorar o sistema de saúde brasileiro.
A Fundação Nacional do Índio-Funai e a Secretaria Especial de Saúde Indígena-Sesai, chamadas para o debate, não enviaram representantes.



Fonte: www.portalamazonia.com

By Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA
rtcastroalves@bol.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Sua opinião é importante para nós. Obrigado por acessar nosso blog. Parabéns.