Google+ Followers

LEIA O TEXTO EM OUTRAS LÍNGUAS / READ TEXT IN OTHER LANGUAGES

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Receita Federal quer preencher 4.850 vagas


 Órgão aguarda autorização do Ministério do Planejamento para abrir concurso em 2012

 

O Ministério da Fazenda solicitou à pasta do Planejamento o preenchimento de 4.850 vagas na Receita Federal e aguarda a análise do pedido para abrir concurso para preenchê-las no ano que vem.  A remuneração incial para cargos de nível médio, como o de técnico-administrativo, é de R$ 2.386. Para cargos que exigem nível Superior, como é o caso de auditor fiscal e analista tributário, os subsídios são respectivamente de R$ 13.600 e R$ 7.996.
Mesmo sem a autorização do Planejamento, já é possível antecipar algumas exigências do futuro edital. Para o cargo de assistente técnico-administrativo, por exemplo, será necessário diploma de conclusão do ensino médio. Para os candidatos que quiserem concorrer ao cargo de analista técnico-administrativo será necessária a graduação em ciências contábeis, comunicação social, engenharia civil, engenharia elétrica, engenharia mecânica, pedagogia, psicologia ou serviço social. Já para seguir carreira de Auditoria da Receita Federal (auditor ou analista tributário), é exigida graduação em qualquer área.
Distribuição de vagas
Segundo informações da Coordenação Geral de Pessoas (Cogep) da Receita, a distribuição das vagas seria de 2,5 mil para assistente técnico-administrativo, 1.210 para auditor fiscal, 1.050 de analista tributário e 90 para analista técnico-administrativo. Os aprovados no concurso de 2009 não foram suficientes para atender às demandas do órgão.

Fonte: www.acritica.com.br
Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. Sua opinião é importante para nós. Obrigado por acessar nosso blog. Parabéns.