Google+ Followers

LEIA O TEXTO EM OUTRAS LÍNGUAS / READ TEXT IN OTHER LANGUAGES

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Alto Solimões terá representante na Copa Rede Amazônica de Futsal em 2015




MANAUS - Caros amigos conterrâneos de Atalaia do Norte e Benjamin Constant, a Associação dos Atalaienses - AFAMA, com o intuito de continuar apoiando o esporte amador no Amazonas, realizou a inscrição na Copa Rede Amazônica de Futsal do time "Amigos da Fronteira", equipe formada especialmente por atletas dessas duas cidades vizinhas e amigas.
É a primeira participação nesse tradicional torneio de futsal, uma oportunidade de apresentar para o Amazonas a evolução desse esporte na região do Alto Solimões.
Dia 2 de fevereiro acontece o Congresso Técnico, com início previsto para às 19h, no Auditório do Sesi - Clube do Trabalhador, e, dia 4 de fevereiro, também no Sesi, a abertura da competição - edição 2015.
Os atletas que compõem a equipe são oriundas das duas cidades vizinhas Atalaia do Norte e Benjamin Consta e de acordo com os treinamentos que já estão sendo realizados - provisoriamente na quadra da chapada - a vontade de fazer um bom campeonato é grande e chegar à fase final é um sonho.
Manaus é a segunda casa dos conterrâneos dessas cidades. O número de estudantes em Instituições de Nível Superior já ultrapassam os 400. De acordo com o responsável pelo time, o Major PM Castro Alves, todos os atletas são acadêmicos. Para ele o esporte é complemento na formação profissional de todos, pois organização, disciplina, assiduidade e compromisso são virtudes trabalhadas nesse processo esportivo.
Todos os envolvidos na formação da equipe aproveita a oportunidade para convidar a todos os conterrâneos atalaienses e benjaminenses para comparecerem na Quadra Principal do Sesi - Clube do Trabalhador, às 19h do dia 4 de fevereiro, a fim de apoiar a equipe na abertura oficial da Copa Rede Amazônica de Futsal 2015, pois essa é a única equipe que representará o futsal do Alto Solimões.

Conheça os atletas convocados para a formação do "Amigos da Fronteira"

1. Francisco Oliveira da Silva (baby) - Atalaia do Norte;
2. Álvaro Marineu de Almeida Cardoso Jr. (Alvin) - Atalaia do Norte;
3. Rubem Tadeu de Castro Alves Filho (Rubinho) - Atalaia do Norte;
4. José Nepomuceno Alves Neto (Ytalo) - Atalaia do Norte;
5. Rubem Daniel S. de Castro Alves (Daniel) - Atalaia do Norte;
6. Jorge Luciano Melo da Silva (Jorginho) - Atalaia do Norte
7. Hélio Carlos da Silva de Almeida (nego) - Benjamin Constant;
8. Fernando Adriel Pires Pinto - Benjamin Constant;
9. Eduardo Borges de Souza (bokidea) - Benjamin Constant;
10. Caio Barbosa Carvalho - Benjamin Constant;
11. Kelvyk Justino Cardoso (filhinho) - Benjamin Constante;
12. Kelik Justino Cardoso - Benjamin Constant;
13. Janilson Barbosa de Souza - Benjamin Constant;
14. Willi Alves Gossel - Atalaia do Norte;
15. Hudson Martins de Oliveira - Benjamin Constant

Técnico - Rubem Tadeu - Atalaia do Norte
Auxiliar-Técnico - Ary Pires - Benjamin Constante


Patrocinadores:

Nonato Tenazor - Prefeito de Atalaia do Norte
Iracema Maia - Prefeita de Benjamin Constante
Baía - Prefeito de Borba
Rubeney Castro Alves - Secretário de Governo de Atalaia do Norte
Vereadora Neura - Presidente da Câmara de Atalaia do Norte
Vereador Kelly Eduardo - Secretário de Produção de Benjamin Constant
Robério Castro Alves - Papelaria Ana Paula
Rodrigo Maia - Empresário
Shop Tintas - Sr. Neiry
Associação dos Atalaienses - AFAMA

Fonte: elaborado por Daniele Sampaio de Castro Alves - Secretária da AFAMA 2015

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

O Futebol Profissional do Amazonas precisa superar as dificuldades e voltar a ser da elite brasileira




MANAUS - Já faz um bom tempo que nós amazonenses não desfrutamos do bom futebol profissional no âmbito local. Para saciar essa vontade e demonstrar nossa paixão, aprendemos a gostar de times de outros Estados da federação, os quais adotamos como time do coração.
Como resultado disso, apesar de o campeonato amazonense ser realizado todos os anos, não encontramos motivos para prestigiar o nosso quase falido futebol profissional.
Nos últimos anos, a média de público do amazonense é quase inexistente. Em 2014, por exemplo, quando a média melhorou, tivemos um número de 662 pagantes por jogo, média menor do que a do campeonato acreano que foi de 700 torcedores. Os motivos que levaram o torcedor a tomar essa decisão de não mais prestigiar o futebol profissional do Amazonas pode estar em vários fatores, dentre os quais podemos destacar os seguintes: 1. Força da mídia brasileira, que dá prioridade aos jogos dos times do eixo Rio-São Paulo (essa manobra massifica a ideia de que devemos torcer para esses times, como de fato acontece com todos, desde de criança); 2. Falhas de gestão (até hoje não foi apresentado pelos dirigentes da federação um projeto inovador, ambicioso, apesar de termos hoje um belíssimo e majestoso estádio - Arena da Amazônia); 3. Falta de investimento financeiro e qualificação técnica; 4. Ausência de políticas sérias para a Região Norte por parte da CBF e outros.
Mas afinal, quando essa decadência cessará? Quando nós, torcedores amazonenses, daremos nossa contribuição para que o futebol amazonense voltar a ser destaque no cenário nacional? Quando os dirigentes vão tomar consciência de que faz necessário gerir e administrar de fato? Quando as empresas do Distrito Industrial vão ser úteis para um futuro promissor no futebol amazonense? Quem vai dar o pontapé inicial? Não precisamos nem devemos ser bairristas, mas creio - com todas as letras - que está mais do que na hora de valorizar a prata da casa, de dar demonstração de que de força, de dizer para os nossos vizinhos que podemos ser também bons gestores, bons administradores, bons jogadores, que podemos representar nosso Estado nos campeonatos nacionais e internacional.
Faça sua escolha, acredite no Amazonas, acredite nos times locais. Vamos fazer nossa parte, frequentar os estádios, torcer com vontade, sem violência, com amor da mesma forma como aprendemos a torcer por outros times. Eu já decidi, vou torcer pelo Amazonas, pelos nossos times, pelos nossos valores. EU SOU MAIS AMAZONAS.


Sou Narraça!!!!

domingo, 25 de janeiro de 2015

Inscrições para o Prouni começam nesta segunda-feira, 26




MANAUS - As inscrições para o Programa Universidade para Todos - Prouni serão abertas amanha, dia 26. Os interessados em obter bolsas de estudo em instituições particulares de Ensino Superior já podem consultar na página do programa as bolsas disponíveis.
Nesta edição o Prouni ofertará 213.113 bolsas, sendo 135.616 integrais e 77.497 parciais. As bolsas são destinadas a 30.549 cursos e distribuídas por 1.117 instituições.
As inscrições podem ser feitas até o dia 29 na página do Prouni. O candidato que se inscreveu no Sistema de Seleção Unificada - Sisu também pode participar do do Prouni.
Para se inscrever é preciso ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio - Enem de 2014 e obtido, no mínimo 450 pontos na média das notas. Além disso, não pode ter tirado 0,0 na redação. Outra condição é ainda não ter diploma de curso superior.
As bolsas integrais são para estudantes que cursaram o Ensino Médio nas redes pública ou particular, na condição de bolsista integral. Também é necessário comprovar, por pessoa, renda bruta familiar até um salário mínimo e meio. Para as bolsas de 50% da mensalidade, a renda bruta familiar deve ser até três salários mínimos.
Professores do quadro permanente da rede pública de ensino, que concorrerem a cursos de licenciatura, também podem participar do Prouni. Nesse caso, não é necessário comprovar renda.

Veja a lista dos cursos com maior oferta de bolsas:

1. Administração - 22.050 bolsas
2. Pedagogia - 15. 562 bolsas
3. Direito - 15.010 bolsas
4. Ciências Contábeis - 11.917 bolsas
5. Engenharia Civil - 8.405 bolsas
6. Educação Física - 8.181 bolsas
7. Gestão de Recursos Humanos - 6.854 bolsas
8. Enfermagem - 6.801 bolsas
9. Psicologia - 5.307
10. Engenharia de Produção - 5.284 bolsas

Fonte: www.diariodoamazonas.com.br

Por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA
rtcastroalves@bol.com.br
rtcastroalves@gmail.com

Profissionais com pós-graduação ganham em média 33,5% a mais no salário





BRASÍLIA - Fazer pós-graduação pode ajudar o aluno a ganhar aumento salarial, mas não é apenas a posse do certificado que garante salário melhor.
Levantamento feito pelo grupo de recursos humanos Employer, a pedido do Jornal a Folha de São Paulo, mostrou que os profissionais com diploma de pós ganham em média 33,5% mais do que os trabalhadores que têm curso superior.
A variação dos ganhos dependem muito da carreira. Enquanto em Administração a média de aumento é de 62,13%, em Nutrição é de 311,73%, em Psicologia é de 2,67% e, em Engenharia de Produção cai para 0,75%.
Para conseguir um bom aumento o aluno precisa mostrar na prática o que aprendeu em sala de aula, alerta Assuero Escobar, coordenador de Pós-Graduação do Instituto Mauá de Tecnologia.
"O mercado valoriza muito a capacidade de resolver problemas, que é uma mescla de conteúdo técnico e prático, explica Adriano Mussa, professor da Escola de Negócios Saint Paul.
Ficar sentado e achar que vai ter um aumento de 30% automático, não vai acontecer, completa John Schulz, sócio-fundador da Escola de Negócios BBS.
A Consultora de RH Fabiana Zandroski, do Salário BR - site do gruo Employer - afirma que não olha apenas o diploma no currículo na hora de contratar. "O currículo é uma base, mas são as experiências e as características pessoais que vão fazer com que ele receba mais ou menos", diz.
Muitas vezes os alunos conseguem promoções ainda durante o curso. Para isso, pode ser útil a rede de contatos feita dentro da própria sala de aula, o networking.
"Se você tiver uma rede de relacionamentos melhor, é provável que vá ganhar mais no longo prazo", diz Schulz, da BBS.
Mussa, da Saint Paul, recomenda que o aluno procure mais informações na hora de escolher qual curso fazer: "não vá pelo nome da instituição. É preciso abrir a grade curricular, falar com os professores, sempre pensando no seu momento de carreira e pra onde quer ir".
Recém formados na graduação devem buscar cursos mais técnicos. O MBA é mais indicado para quem trabalha com gestão.

Fonte: www.folha.com.br

Por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA
rtcastroalves@bol.com.br
rtcastroalves@gmail.com

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Inscrições para as 250 mil vagas do Sisu 2015 começam nesta segunda


Reprodução do site do Sisi (Foto: Reprodução)




BRASÍLIA - O Ministério da Educação abriu nesta segunda-feira, 19, as inscrições para a primeira edição de 2015 do Sistema de Seleção Unificada - Sisu, pelo site www.sisu.mec,gov.br. O prazo vai até as 22h59 desta quinta-feira, dia 22. O resultado da primeira chamada regular será divulgado no dia 26 de janeiro.
Para fazer a seleção para as vagas o Sisu usa as notas do Exame Nacional do Ensino Médio - Enem de 2014, disponibilizadas na última terça-feira, 13. No total são 205.514 vagas em 5.631 curso de 128 instituições públicas de educação superior.
Para concorrer, o estudante precisa informar o número de inscrição e a senha usados no Enem. Quem não lembra a senha pode solicitar no site do Enem.
Do total de vagas ofertadas por universidades federais, institutos tecnológicos e universidades estaduais nesta primeira edição do Sisu 2015, 82.879 (ou 40%) estão destinadas a estudantes que atendam aos quesitos da Lei das Cotas, ou seja, que tenham cursado todo o ensino médio em escolas públicas.
Pela lei, neste processo seletivo do Sisu, pelo menos 37,5% de suas vagas são para cotistas. Até 2016 as instituições deverão atingir o percentual de 50% de vagas reservadas.
Além da Lei de Cotas, algumas instituições promovem reserva de vagas por ações afirmativas, como vaga para deficientes, quilombolas ou um índice maior para alunos negros, pardos ou indígenas. No total, 12.825 vagas do Sisu são reservadas para ações afirmativas das universidades e institutos.

DEZ PASSOS PARA SE INSCREVER NO SISU

1. Escolha dos cursos
Ao efetuar sua inscrição, você deve escolher, por ordem de preferência, até duas opções entre as vagas ofertadas pelas instituições participantes do Sisu. A escolha não precisa seguir uma lógica, um aluno pode escolher cursos que não têm nada a ver entre si, como medicina e letras, por exemplo. Também pode escolher cursos de instituições diferentes.

2. Quem tem direito às cotas?
Você fez todo o ensino médio em escola pública? Então é preciso definir se deseja concorrer às vagas de ampla concorrência, às vagas reservadas de acordo com a Lei 12.711 (Lei de Cotas) ou às vagas destinadas às demais políticas afirmativas das instituições. Ao todo, 82.879 (ou 40%) estão destinadas a estudantes que atendam aos quesitos da Lei de Cotas, ou seja, que tenham cursado todo o Ensino Médio em escolas públicas.

3. Como é feita a divisão das vagas para cotistas?
Das vagas reservadas para estudantes que cursaram o Ensino Médio em escolas públicas, metade é destinada para alunos com renda familiar bruta mensal por pessoa de até um salário mínimo e meio. E ainda há um percentual das vagas que são reservadas para estudantes autodeclarados pretos, pardos ou indígenas.

4. Monitore a nota de corte
Durante o período de inscrição, uma vez por dia, o Sisu calcula a nota de corte (menor nota do Enem 2014 para ficar entre os potencialmente selecionados) para cada curso com base no número de vagas disponíveis e no total dos candidatos inscritos naquele curso, por modalidade de concorrência. Veja se com sua nota é possível entrar naquele curso. O ideal é monitorar até o final do prazo de inscrição.

5. Você pode mudar de ideia
É possível mudar os cursos escolhidos quantas vezes quiser durante o período de inscrição. O que vale é os cursos definidos ao final do processo.

6. Onde você vai estudar?
Se você escolheu um curso de uma universidade de outro estado, converse com sua família para ver como será possível estudar em outra cidade, e veja se a universidade oferece recursos como auxílio moradia para quem é de fora.

7. O que você vai estudar?
As instituições oferecem quatro tipos de curso de graduação: licenciatura, bacharelado, tecnológico e Área Básica de Ingresso - ABI.
Na licenciatura, o curso dá diploma para atuar na educação básica. No bacharelado, o curso é de formação científica ou humanística, que confere ao diplomado competências em determinado campo do saber para o exercício de atividade profissional, acadêmica ou cultura, com o grau de bacharel.
O curso tecnológico confere ao diplomado competências para atuar em áreas profissionais específicas, caracterizadas por eixos tecnológicos, com o grau de tecnólogo. NO curso ABI, após a conclusão de um conjunto básico de disciplinas é possível escolher entre duas ou mais formações acadêmicas.

8. Fazer o que quer ou fazer o que dá?
Muitos estudantes sonham com um curso muito disputado, mas a nota de corte [e muito maior do que a nota alcançada no Enem. E agora? Vale analisar se realmente uma opção que não estava nos planos pode ser uma boa solução ou apenas um quebra galho. Muitos alunos entram em cursos só porque a nota permite, mas acaba se arrependendo e nem chegam a fazer a matrícula.

9. Quando sairá o resultado?
A primeira chamada de aprovados sai no dia 26. Os estudantes aprovados terão de 30 de janeiro a 3 de fevereiro para efetuar a matrícula na instituição onde passou. E deverá levar os documentos exigidos para a matrícula exigidos por cada instituição. Quem não foi chamado na primeira chamada pode se inscrever na lista de espera no site do Sisu e concorrer às vagas do curso que colocou como primeira opção que não tiverem sido preenchidas. A partir de 11 de fevereiro as instituições vão realizar novas chamadas para preencher as vagas.

10. Prouni, Fies e outras opções
Quem não entrou pelo Sisu, poderá se inscrever no Prouni, que oferece bolsas de estudos em universidades particulares. As inscrições serão abertas dia 26. Também pode concorrer ao financiamento estudantil - Fies e cursar uma universidade particular pagando o curso depois de formado. O Ministério da Educação ainda oferece o Sisutec e o Pronatec, para quem quer cursar o ensino técnico profissionalizante.

Fonte: www.g1.com.br

Por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA
rtcastroalves@bol.com.br
rtcastroalves@gmail.com

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

MEC divulga as notas do Enem 2014. Confira a sua






BRASÍLIA - Os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio - Enem 2014 já podem consultar suas notas no site do Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira - Inep, órgão ligado ao Ministério da Educação - MEC e responsável pela aplicação do exame. O resultado foi divulgado nesta terça-feira, 13. O site tem apresentado instabilidade em função do grande número de acessos.
Mais de 6,2 milhões de candidatos fizeram as provas do Enem 2014. Os candidatos devem acessar o endereço www.sistemasenem2.inep.gov.br/resultadosenem/
Para acessar os resultados, o estudante precisa informa seu CPF e a senha cadastrada durante o período de inscrição. Caso tenha perdido a senha é possível recuperá-la no sistema. O boletim apresenta o desempenho do candidato nas quatro provas objetivas - Linguagens, Matemática, Ciências Humanas e da Natureza -, além da nota de Redação.
A escala de notas do Enem vai de 0 a 1.000 e para o cálculo não é levado em conta apenas o número de acertos - a nota é calculada pela Teoria de Resposta ao Item - TRI. De forma prática, uma pergunta que teve baixo índice de acertos é considerada difícil e, por isso, tem mais ´peso'  na pontuação final. Já aqueles que têm alto índice e acertos são classificadas como fáceis e contam menos pontos na nota final do candidato. Um inscrito nunca vai tirar zero no Enem porque existem notas mínimas - que nunca partem do zero - e máximas para cada área do conhecimento.
Como os resultados do Enem, os inscritos podem concorrer vagas nas universidades federais que integram o Sistema de Seleção Unificada - Sisu, a bolsa do Programa Universidade para Todos - Prouni, a financiamentos do Programa de Financiamento Estudantil - Fies, além de poder usar a nota em diversos processos seletivos. A nota também pode ser utilizada para participação do programa de intercâmbio Ciência sem Fronteiras.
Interessados em certificação do Ensino Médio podem utilizar a nota da prova para tal finalidade. Segundo o MEC, o inscrito na prova precisa obter nota mínima de 450 pontos em cada uma das áreas do conhecimento e 500 pontos na redação.

www.sistemasenem2.inep.gov.br/resultadosenem/

Fonte: www.bol.com.br

Por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA
rtcastroalves@bol.com.br
rtcastroalves@gmail.com

sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Sisu terá 205 mil vagas disponíveis; inscrições começam dia 19


Site do Sisu (Foto: Reprodução/Inep)



MANAUS - O Sistema de Seleção Unificada - Sisu do primeiro semestre de 2015 terá 205.514 vagas disponibilizadas, em 5.631 cursos de 128 instituições públicas de educação superior. A consulta às vagas estará disponível a partir de segunda-feira, 12. As inscrições serão abertas no dia 19 no site www.sisu.mer.gov.br. O prazo de inscrições vai até às 23h59 do dia 22.
O resultado do Enem de 2014 com as notas de cada um dos candidatos será divulgado na terça, dia 13. Em comparação com a edição de janeiro de 2014, houve crescimento de 11% no número de instituições participantes, 20% no de vagas ofertadas e 19% no de cursos com oferta de vagas. Na primeira edição de 2014, foram ofertadas 171.401 vagas em 4.723 cursos de 115 instituições.
Segundo o Ministério da Educação, houve ainda aumento no número de vagas no curso de Medicina - de 2.925 na primeira edição de 2014 para 3.758 no mesmo período de 2015, o que representa crescimento de 28%. Os cursos de engenharia também tiveram ampliação na oferta de vagas de um ano para o outro, ao passar 25.128 em 2014 para 30.749 em 2015, com crescimento de 22%.
O Sisu seleciona alunos para vagas em instituições públicas de Ensino Superior a partir da nota do Exame Nacional do Ensino Médio - Enem. Para participar desta edição, o candidato tem de ter feito a edição 2014 do exame e não ter zerado na redação. O estudante poderá se inscrever em até duas opções de vaga.
O resultado da primeira chamada regular será divulgado no dia 26 de janeiro.


Fonte: www.g1.com.br

Por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA
rtcastroalves@bol.com.br
rtcastroalves@gmail.com

quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Veja o resultado do vestibular e do SIS da UEA. Aprovados comemoram 2015


Candidatos se aglomeravam para conferir a lista dos aprovados


MANAUS - A Universidade do Estado do Amazonas - UEA divulgou nesta quarta-feira, 7, no site da instituição na internet - www.uea.edu.br - a lista completa dos aprovados no Vestibular 2014, acesso 2015, e no Sistema de Ingresso Seriado - DIS. A classificação geral foi afixada também na área externa do prédio da reitoria, na Avenida Djalma Batista, bairro Flores. Os aprovados só poderão se matricular nos respectivos cursos após lançamento dos editais de matrícula.
Durante a divulgação do resultado, o retiro da UEA, Cleinaldo costa, ligou para os primeiros colocados geral da capital e do interior do Estado por telefone avisando a classificação. "Parabéns pelo 1o lugar geral. Ficamos felizes em receber você em 2015", disse ao telefone para a candidata Louise Makaren Oliveira, de 17 anos que passou para o curso de Medicina pelo SIS. Ela encerrou este ano o Ensino Médio no Colégio Lato Sensu, na capital.
Em 2015 serão 6.650 novos alunos na UEA, sendo pelo Vestibular 1.224 na capital, 2.568 no interior e 172 alunos indígenas, e pelo SIS são 2.686, 816 para capital, 1.712 interior e 158 indígenas. "Estamos preparados para receber esses novos alunos, com nova estrutura e novos laboratórios. A partir de 7 de janeiro estará aberta o prazo para matrículas dos aprovados para cursos com início no primeiro semestre de 2015, e a partir de 27 de maio será aberta matrículas para os classificados em cursos que iniciam no segundo semestre.

NOVOS CURSOS

Seis novos cursos são oferecidos este ano pela UEA: Farmácia, Engenharia de Materiais, Engenharia Eletrônica, Tecnologia em Jogos Digitais, Bacharelado em Química e Sistema de Informação. Além disso, serão oferecidos 17 cursos em 78 turmas em 42 municípios no interior do Estado. As provas do SIS e Vestibular da UEA foram realizadas nos dias 14, 15 e 16 de novembro, em todo o Estado.

DUPLA APROVAÇÃO

O estudante Rafael Valente Mateus, 18, passou para o curso de Medicina pelo Vestibular e para Odontologia pelo SIS. Ele é do município de Itacoatiara, onde estudou por 2 anos em escola particular, e depois veio para a capital onde cursou o 3o ano na Escola Estadual Senador João Bosco, no bairro Cidade Nova, Zona Norte.
"Estou feliz da vida e com o coração a mil. Vou escolher Medicina que é o meu sonho". Rafael estava acompanhado da avó que considera como mãe. "Qauntas vezes ele esqueceu sábado e domingo para estudar. Agora valeu a pena", disse Maria Luiza.

Lista de aprovados:
Vestibular
SIS

confira o Edital de matrícula: matrícula


fonte: www.acritica.com.br

Por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA
rtcastroalves@bol.com.br
rtcastroalves@gmail.com

terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Com novas regras, Prouni abre inscrições de 26 a 29 de janeiro

Candidatos ao SIS fazem a prova, que neste ano acontece em 14 de novembro


MANAUS - As inscrições para o Programa Universidade para Todos - Prouni começa no dia 26 de janeiro com novas regras:

1. Não poderão concorrer candidatos que tiveram nota abaixo de 450 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio - Enem;
2. Os estudantes que já têm financiamento estudantil por meio do Fies também não poderão concorrer.

A exceção são para as bolsas parciais, mas apenas se ambos os benefícios se destinarem ao mesmo curso e na mesma instituição de educação superior.
As mudanças no processo de inscrição foram publicadas na edição de ontem, 5, (segunda-feira), do Diário Oficial da União -DOU. De acordo com o edital publicado pelo Ministério da Educação, os candidatos devem se inscrever exclusivamente pela internet, entre os dias 26 e às 23h59 do dia 29 de janeiro - horário oficial de Brasília -, por meio do portal do Prouni.
Os resultados da primeira chamada serão divulgados no dia 2 de fevereiro e da segunda chamada, no dia 19 de fevereiro.
Criado pelo governo federal em 2014, o Prouni concede bolsas integrais e parciais para cursos de graduação em instituições de ensino superior privadas, além de bolsas para cursos sequenciais de formação específica. Em contrapartida, o governo oferece isenção de alguns tributos àquelas instituições de ensino participantes.

Fonte: www.acritica.com.br

Por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA
rtcastroalves@bol.com.br
rtcastroalves@gmail.com

sábado, 3 de janeiro de 2015

Instituição de Ensino Superior em Manaus dará bolsas de estudo integrais




MANAUS - No dia 18 de janeiro, o Centro Universitário do Norte - Uninorte deve realizar o primeiro vestibular de 2015, em que os 20 primeiros colocados deverão ganhar bolsas de estudo integrais, conforme anunciou a instituição.
O Reitor da Uninorte, Vicente Nogueira, diz que a UniNorte procura premiar quem se esforça nos estudos. "É um prêmio para quem obtém uma boa colocação no Vestigular", comenta.
As inscrições para o Vestibular da instituição podem ser feitas no endereço www.vestibular.uninorte.com.br.
O UniNorte oferece mais de 45 cursos de graduação, nas áreas de Exatas e Tecnologia, Saúde, Licenciaturas e Negócios, Comunicação e Direito.
Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 3212-5000 ou pelo site www.uninorte.com.br.

Fonte: www.diariodoamazonas.com.br

Por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA
rtcastroalves@bol.com.br
rtcastroalves@gmail.com

sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

Veja 17 profissões que estarão em alta em 2015, segundo especialistas


Maíra Habimorad dá dicas de atitudes que levam ao sucesso profissional (Foto: GloboNews)



BRASÍLIA - Com a expectativa de contratação taxada como modesta, o ano de 2015 não deve ser marcado por grandes movimentações no mercado de trabalho. Com as incertezas no mercado econômico, a ordem nas empresas ainda será de tentar cortar custos, mantendo a produtividade e a rentabilidade.
"As companhias estão olhando muito mais pra dentro, buscando redução de custo e de produção para aumentar a rentabilidade. E não identificamos isso há 4 ou 5 anos, quando o cenário era de aumento de quadro para ganhar receita pela expansão", afirma André Nolasco, Diretor da Michael Page.
Segundo Daniela Ribeiro, gerente sênior da Robert half, o volume de contratação será mais enxuto em 2015, seguindo a mesma linha de 2014. "Se a empresa não tem aumento nas vendas ou receita, ela precisa reduzir e o custo com mão de obra e salário só aumentam", diz.
Daniela ressalta que os profissionais da área de planejamento financeiro vão ganhar destaque por conta do cenário econômico. "Eles olham de uma forma bem avançada dentro da área pra planejar os gastos e manter rentabilidade".
Já Nolasco ainda aposta em boas perspectivas para o setor de petróleo e gás, mesmo com os problemas da Petrobrás. "Ainda é um mercado que terá muito dinheiro e mesmo com essa indefinição vai movimentar uma boa parte da economia abstrata, com novos campos", aposta.
Os especialistas listaram algumas profissões que têm boa perspectiva para 2015. Vela lista abaixo:


Veja 17 profissões que estarão em alta em 2015, segundo especialistas:
1) Advogado

Perfil: Advogado com perfil consultivo e técnico. No perfil consultivo (empresas), o profissional deve, além de entender leis e regulamentações, estar conectado ao negócio e ter boas relações com os demais. O perfil técnico, para escritórios, vem ganhando importância na estratégia geral, já que ele deve entender o mercado em que atua.

Por que estará em alta: As empresas buscam esses profissionais para seus departamentos jurídicos e os escritórios procuram advogados com capacidade técnico para entender os mercados específicos em que estão inseridos.
2) Arquiteto corporativo

Perfil: 
Formação em tecnologia, com especialização em negócios. É responsável por compreender todas as camadas tecnológicas dentro da empresa, desde os negócios até a infraestrutura, buscando a otimização dos processos e a redução de custos.

Por que estará em alta: Empresas procuram padronizar seus ambientes, processos e estruturas buscando a otimização de métodos e estruturas para melhor performance e controle de custos.
3) Business development manager/ gerente de novos negócios

Perfil: 
Formação em administração de empresa, engenharia e afins, com um uma boa rede de contatos. Prospecta e lidera projetos de novos negócios para captar novas fontes de receita. O resultado final é a gerar novos contratos a partir do desenvolvimento de nova aplicação para produto ou serviço, ou ainda, prospecção de negócios em setores de mercados ainda não explorados.

Por que estará em alta: Considerando um ambiente econômico e de mercado desafiador, a área de vendas passa ter um importante papel na geração de negócios para empresa, além da gestão de vendas ativa baseada no portfólio de produtos ou serviços, carteira de clientes e
4) Cientista de dados/ data scientist

Perfil: 
Formação em matemática, estatística ou engenharia da computação, com especialização na área. É responsável pelo desenvolvimento de algoritmos matemáticos e o alinhamento ao negócio para melhor desempenho das empresas. Com as plataformas de Big Data, as empresas são capazes de prever ou compreender alguns pontos como: tendências de mercado, repercussão de algum fato/campanha de marketing pelo mercado e comportamento do consumidor - permitindo personalizar ações voltado para o seu público de acordo com o perfil de cada consumidor.

Por que estará em alta: A alta competitividade do mercado obriga a empresa a estar mais próxima do consumidor para entender o que ele precisa, de forma individual.
5) Controller

Perfil:
 Formação em ciências contábeis, administração ou economia. É responsável pela gestão contábil, fiscal, planejamento e controle.

Por que estará em alta: Várias empresas passam por processos de estruturação e reestruturação, precisando implementar controles e processos para crescer de forma sólida e rentável.
6) Desenvolvedor mobile

Perfil:
 Formação em tecnologia, com experiência na área. É responsável pelo desenvolvimento de aplicações para sistemas móveis (smartphones e tablets) de acordo com as demandas dos arquitetos de software.

Por que estará em alta: As empresas buscam estar em contato com seus funcionários e com o mercado consumidor e para isso, utilizam a plataforma mobile.
7) Diretor de operações

Perfil:
 Profissionais com visão para reduzir custo e otimizar processos.

Por que estará em alta: A otimização dos processos de produção ajudam a reduzir o impacto no custo. Portanto, quando todas as operações estão alinhadas, a chance de ter bons resultados aumenta.
8) Engenheiro de instalação/ layengineers

Perfil: 
Suporta a instalação de linhas (flexíveis/umbilicais) que interligam plataformas de produção aos poços garantindo a entrada em operação de novos ativos produtivos, em conformidade com o planejamento estratégico das operadoras em atividade no país.

Por que estará em alta: Há previsão de novos campos no litoral brasileiro e vai existir a necessidade de um serviço altamente especializado para conectar as linhas produtivas que ligam os poços no fundo do oceano às plataformas.
9) Executivo de vendas/ key account

Perfil:
 Experiência em vendas, com perfil consultivo. O profissional deve ter conhecimento técnico sobre o produto ou serviço que está vendendo para passar credibilidade e conquistar os clientes.

Por que estará em alta: A busca por rentabilidade e lucro acaba passando pelo resultado obtido pela equipe de vendas. Dessa forma, os profissionais devem vender o produto ou serviço da melhor forma possível.
10) Gerente de embarcações

Perfil:
 Formação como oficial de náutica ou de máquinas. Deve garantir o funcionamento de embarcações de apoio offshore. Em geral, responde pelo contrato do barco com o cliente final.

Por que estará em alta: Com a escalada de produção de petróleo e gás prevista para o mercado brasileiro nos próximos meses e a entrada de navios de produção, os barcos de apoio se multiplicarão na costa brasileira e profissionais capacitados serão demandados.
11) Gerente de logística

Perfil: 
Formação em engenharia de produção com especialização em logística. Controla, organiza e garante a integridade do estoque e faz a gestão de toda a equipe operacional. Pode se envolver com questões ligadas às atividades aduaneiras.

Por que estará em alta: Aumento de galpões industriais e novos centros de distribuição.
12) Gerente de marketing

Perfil: 
Profissional com perfil generalista que entenda de todos os processos na área (comunicação, estratégia, planejamento, relações públicas).

Por que estará em alta: Como as empresas não tiveram os resultados financeiros esperados, o setor de marketing é um dos que sofre cortes, portanto um profissional mais completo e com conhecimento de toda a cadeia ganha espaço no mercado.
13) Gerente de obras industriais

Perfil:
 Engenheiro civil com experiência na área. É o responsável direto pela evolução física do projeto, lidando com diversas disciplinas ligadas à obra. Acompanha o planejamento, orçamento, cronograma físico-financeiro, compras, contratação de serviços entre outros, garantindo sobretudo o custo e prazo de entrega.

Por que estará em alta: Em função da necessidade por galpões industriais, por consequência do volume de centros de distribuição, essa é uma demanda que aponta alta para 2015.
14) Gerente de planejamento tributário

Perfil: 
Formação em ciências contábeis ou direito, com especialização na área. É responsável pela gestão fiscal e pelo planejamento tributário da companhia.

Por que estará em alta: A demanda está em alta pela necessidade de fazer um planejamento tributário bem elaborado por causa da complexa matriz tributária brasileira.
15) Gerente de produção para indústria de bens de consumo

Perfil: 
Profissional com histórico de atuação em manufaturas. É responsável por garantir os índices de produção das fábricas, e bons resultados em produtividade, segurança e qualidade.

Por que estará em alta: O brasileiro continua direcionando sua renda para a compra de itens de primeira e segunda necessidades e esses profissionais precisarão manter o mercado abastecido, aumentando a eficiência dentro das fábricas.
16) Gerente de tecnologia da informação

Perfil: 
Formação na área, com experiência em desenvolvimento de sistemas. Profissional com visão geral, que consiga atender as necessidades da empresa, e implementar sistemas mais rapídos e baratos.

Por que estará em alta: A busca por novas tecnologias ainda está presente dentro das empresas, já que modernizações podem melhorar o desempenho e ainda reduzir os custos e aumentar o lucro.
17) Gestor de RH

Perfil: 
Formação na área de recursos humanos, com experiência em gestão de pessoas e em remuneração e benefícios. Profissional passa a ser responsável por uma determinada área e não por todo o RH da empresa. Com isso, ele poderá entender as necessidades de cada setor e atuar para manter boas práticas de gestão de pessoas e evitar grandes turnovers.

Por que estará em alta: A busca por bons profissionais continua, mesmo com uma baixa expectativa de contratação. Portanto, uma boa estratégia de gestão de pessoas é fundamental para manter o colaborador na empresa.

NOVAS CONTRATAÇÕES E RECOLOCAÇÃO

Segundo Nolasco, novas contratações serão feitas com o objetivo de reduzir custos e funções e não para aumentar a folha de pagamento. "A maioria das contratações será em caráter de substituição, de 2 ou até 3 pessoas por apenas uma. Uma empresa pode cortar 2 pessoas que ganham R$ 10 mil cada e contratar outra para ganhar R$ 15 e fazer todo o trabalho. Fica mais barato", diz.
O tempo de recolocação no mercado de trabalho também aumentou, passando de cerca de 3 meses, nos últimos 2 a 3 anos, para 6 a 8 meses. "Quanto mais disponibilidade de mão de obra, maior é a barganha", diz Nolasco.
Mas Daniela ressalta que profissionais talentosos continuam tendo espaço no mercado. "Independente do cenário, a busca por bons profissionais, como potencial, sempre continua.


Fonte: www.g1.com.br

Por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA
rtcastroalves@bol.com.br
rtcastroalves@gmail.com

Em discurso de posse (segundo mandato) Presidente Dilma afirma que Educação será prioridade



BRASÍLIA - A Presidente do Brasil Dilma Rousseff defendeu nesta quinta-feira, 1, um ajuste das contas públicas como necessidade para a retomada do crescimento, em discurso de posse de 44 minutos no Congresso Nacional. e afirmou que a educação será "a prioridade das prioridades" para o segundo mandato (2015 - 2018). Ela anunciou o lema do novo governo: "Brasil, pátria educadora".
O ajuste nas contas públicas será a prioridade inicial dos três ministros da área econômica escolhidos para o segundo mandato: Joaquim Levy (Fazenda), Nelson Barbosa (Planejamento) e Alexandre Tombini (Banco Central). Segundo dados do Banco Central, em novembro as contas do setor público  tiveram o pior resultado da história.
"Mais do que ninguém, sei que o Brasil precisa voltar a crescer. Os primeiros passos dessa caminhada passam pelo ajuste nas contas públicas", afirmou. Ela disse que o governo provou que é possível crescer e distribuir renda. "Assim como provamos que é possível crescer e distribuir renda, vamos provas que se pode fazer ajustes na economia sem revogar direitos conquistados ou trair nossos compromissos sociais", declarou. De acordo com a presidente, "as mudanças que o país espera para os próximos quatro anos dependem muito da estabilidade e da credibilidade da economia".
Ela voltou a falar em ajuste em outro momento do discurso, no qual também defendeu um aumento dos investimentos e da produtividade da economia. "Os primeiros passos desta caminhada passam por um ajuste nas contas públicas, um aumento na poupança interna, a ampliação do investimento e a elevação da produtividade da economia.
A Presidente Dilma afirmou que será intolerante com a inflação e disse que, durante o primeiro mandato, o índice permaneceu abaixo do teto da meta "e assim vai continuar".
"Na economia, temos com o que nos preocupar, mas também temos o que comemorar. O Brasil é hoje a sétima economia do mundo, o segundo maior produtor e exportador agrícola, o terceiro maior exportador de minérios, o quinto país que mais atrai investimentos estrangeiros, o sétimo em acúmulo de reservas cambiais e o terceiro maior usuário de internet", afirmou.

EDUCAÇÃO

Ao se referir à educação como principal prioridade do próximo governo - ela tirou a pasta do PT e escolheu para ministro o ex-governador do Ceará Cid Gomes, Dila afirmou que o setor começara a receber volumes "mais expressivos" de recursos oriundos dos royalties do petróleo e do fundo social da exploração da camada pré-sal.
"Ao bradarmos ´Brasi`, pátria educadora", estamos dizendo que a educação será a prioridade das prioridades, mas também que devemos buscar, em todas as ações do governo, um sentido formador, uma prática cidadã, um compromisso de ética e sentimento republicano", afirmou.


Fonte: www.g1.com.br

Por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA
rtcastroalves@bol.com.br
rtcastroalves@gmail.com