Google+ Followers

LEIA O TEXTO EM OUTRAS LÍNGUAS / READ TEXT IN OTHER LANGUAGES

quinta-feira, 26 de julho de 2012

BRASIL VAI LANÇAR MOEDAS COMEMORATIVAS EM HOMENAGEM ÀS OLIMPÍADAS DE 2012 E 2016



Montagem BOL





BRASÍLIA - O Banco Central do Brasil-BC lançará em agosto deste ano duas moedas comemorativas em homenagem à entrega da Bandeira Olímpica ao Brasil.
Segundo o BC, será lançada uma moeda de R$ 1 com a logomarca dos Jogos Rio 2016 e, no centro da composição, a Bandeira Olímpica. No anel dourado, estarão as legendas "Entrega da Bandeira Olímpica" e "Londres 2012 - Rio 2016".
Das cerca de 2 milhões de moedas que serão produzidas, uma parte será comercializada em embalagens especiais para colecionadores, por R$ 9,50, e o restante será colocado em circulação por meio da rede bancária. Também será produzida moeda comemorativa, em prata, com valor de R$ 5, e tiragem inicial de 5 mil peças. Nesta, a bandeira olímpica ocupa o centro da moeda, que tem a legenda "Entrega da Bandeira Olímpica" e a logomarca dos Jogos do Rio 2016.
"No reverso, destaque para a ilustração alusiva a dois ícones das cidades olímpicas: a Tower Bridge, representando Londres, e o Cristo Redentor, representando a cidade do Rio de Janeiro", afirma a instituição em nota. A moeda especial de R$ 5 não vai entrar em circulação, diferentemente da de R$ 1. Os colecionadores poderão comprar cada unidade por R$ 195.
Segundo o BC, o lançamento é feito em parceria do Banco Central do Brasil com a Casa da Moeda e o Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Rio 2016.


Fonte: www.bol.com.br
(com informações da Agência Brasil)


By Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA
rtcastroalves@bol.com.br

quarta-feira, 25 de julho de 2012

UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS VAI OFERECER MAIS DE 3,5 MIL VAGAS NO VESTIBULAR 2013






MANAUS - Mais oito novos cursos serão oferecidos pela Universidade do Estado do Amazonas-UEA e um total de 3.569 novos alunos deverão ingressar na instituição por meio do vestibular 2013 lançado nessa terça, dia 24, em Manaus. As novas vagas serão para unidades que funcionam em todo o Estado. Ao todo, serão oferecidas 532 vagas nos novos cursos.
A partir do próximo dia 27 de agosto os candidatos às mais de 3,5 mil novas vagas poderão se inscrever no vestibular 2013 somente pelo portal da instituição www.uea.edu.br. E o período de inscrições encerra no dia 28 de setembro. As provas de conhecimentos gerais e específicos serão realizadas nos dias 10 e 11 de novembro em locais a serem divulgados pela UEA.
Do total de vagas, 1.675 são para as unidades instaladas na capital e 1.730 para as que estão localizadas nos municípios de Itacoatiara, Tabatinga, Parintins e Tefé. Também serão destinadas 164 vagas para indígenas.
Ao se inscrever, o candidato deverá pagar a taxa de inscrição no valor de R$ 35. Mas, entre os dias 6 e 10 de agosto, será o prazo dado ao candidato que precisar pedir isenção do pagamento da taxa. E no dia 4 de setembro será divulgada a lista dos beneficiados.
Além do vestibular, a UEA vai promover a primeira e as segunda etapas do Sistema de Ingresso Seriado-SIS. O certame será aplicado no dia 12 de novembro. Desde o ano passado, a UEA conta com o SIS que avalia, com provas anuais, o aproveitamento dos estudantes em cada uma das três séries do Ensino Médio e classifica os alunos com melhor desempenho nessas provas, a exemplo dos processos seletivos seriados adotados em grande parte das universidade brasileiras.
No SIS, a escolha do curso também é feita pelo aluno, mas somente no terceiro ano. Neste ano, poderão se inscrever os candidatos que estejam cursando o primeiro ano do Ensino Médio e, ainda, os alunos do segundo ano que participaram, em 2011, da 1a etapa do SIS.
3.569 novas vagas serão ofertadas em 2013. Atualmente são cerca de 25 mil alunos em 62 cursos da instituição. Outras 532 vagas serão oferecidas para os oito novos cursos nas unidades instaladas em Manaus e em Itacoatiara, Tabatinga, Parintins e Tefé.

NOVAS CARREIRAS EM CURSOS ESTREANTES

No vestibular 2013, 532 vagas serão destinadas aos novos cursos:

1. Tecnologia em Produção Audiovisual;
2. Tecnologia em Gestão Ambiental;
3. Tecnologia em Gestão de Turismo;
4. Tecnologia em Produção Pesqueira;
5. Tecnologia em Alimentos;
6. Tecnologia em Biotecnologia;
7. Enfermagem.


Fonte: www.acritica.com.br

By Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA

segunda-feira, 23 de julho de 2012

BANCO CENTRAL LANÇA HOJE NOVAS NOTAS DE R$ 10 E R$ 20



Nova nota de R$ 10 (Foto: Divulgação)



BRASÍLIA - Começaram a circular nesta segunda-feira, dia 23, as novas cédulas de R$ 10 e R$ 20, que são da segunda família do real. O Banco central fará o lançamento das notas, às 15h, mas ainda não há informações sobre o tamanho do primeiro lote.
A previsão é que as novas notas de R$ 2 e R$ 5 comecem a circular no ano que vem.
As novas notas têm elementos de segurança mais modernos e fáceis de verificar, segundo o BC. Há novas marcas táteis e cada valor tem um tamanho diferente para facilitar e identificação dos valores das cédulas. As cores das notas e a diferenciação por cores predominantes vão ser mantidas na nova família, de modo a facilitar a "rápida identificação dos valores" por parte da população.
Segundo o Banco Central, a Casa da Moeda modernizou o parque fabril para produzir as novas cédulas com recursos gráficos e novos elementos de segurança. "Com as aquisições, a Casa da Moeda se equipara às empresas mais modernas do mundo no ramo da impressão de segurança", disse o BC.
A intenção era substituir as atuais notas de R$ 10, e R$ 20 em 2011 e as de R$ 2 e R$ 5 neste ano, mas houve a necessidade de fazer ajustes técnicos para a fabricação, o que atrasou o início da circulação.
Os novos modelos foram lançados em 2012 e, na cerimônia de lançamento, o BC informou que a nova família de cédulas vem sendo desenvolvida desde 2003, em conjunto com a Casa da Moeda.


Fonte: www.g1.com.br

By Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA
rtcastroalves@bol.com.br


sábado, 21 de julho de 2012

CONHEÇA O MUNDO IRREAL DE ALGUNS BRASILEIROS



A portaria assinada pelo presidente do TJAM, reforça o trabalho de divulgação dos endereços, nomes do edifícios, inclusive das salas, andares, setores e telefones de atendimento, onde funcionam os plantões judiciais de 1º e 2º graus da capital



MANAUS - Quem ainda não não sonhou fazer um concurso e ocupar um cargo público de notória importância e ter um salário que o coloque em condições e padrão de vida capaz de prover todos os seus desejos? É provável que, pelo menos, se você não quis enveredar pelo caminho dos estudos que lhe permitisse fazer um concurso para esse fim, não há dúvida que o sonho, independente dos meios legais pelos quais chegaria lá, é saber que no final de cada mês você pode saborear valores significativos. É o que todo brasileiro deseja, é com o que todo brasileiro sonha.
Não obstante, todos nós somos conhecedores de que a realidade, para a maioria dos brasileiros, é outra, onde a classe trabalhadora, ainda que tenha melhorado de vida em função da valorização do real, tem o contracheque variando entre 1 e 3 salários-mínimos, que correspondem a  R$ 622 até R$ 1.866.
Ocorre que no Brasil, nem sempre "as coisas" acontecem como as leis determinam que sejam. Hoje  a previsão em lei, o teto salarial é de R$ 26.723,13, tendo como base o salário dos ministros do Supremo Tribunal Federal-STF. Assim, ninguém poderia ter ganhos salariais maior do que o deles. Todavia, estamos apenas conhecendo mais um detalhe do Brasil de contrastes, conhecendo o Brasil da Democracia, aliás, o Brasil da Demoditadura, uma espécie de mix de democracia e ditadura, cuja modalidade de dizer e desdizer cabe não mais a uma só pessoa, mas a alguns privilegiados, carregados do poder que o sistema axiológico lhes permite ser um "deus", um todo poderoso, e do poder pecuniário que os mantém num mundo espetacular, porém totalmente fora da realidade dos  simples mortais deste país, os brasileiros assalariados.
Recentemente, a Proposta de Emenda Constitucional-PEC n. 5/11 foi aprovada pela Comissão Especial da Câmara, apesar de ter que ser aprovada pela plenária da Câmara e do Senado em dois turnos. Não há dúvida de que essa medida vem apenas para formalizar os absurdos salariais dos demoditadores modernos, isto é, formalizar o descumprimento do teto salarial, fato característico das ditaduras: faço, mando e desmando, independente de lei. É o que infelizmente acontece.
Contudo, em virtude da Lei de Acesso à informação n. 12.527, de 18 de novembro de 2011, obriga a todos os órgãos públicos e entidades privadas sem fins lucrativos que recebam valores para a realização de ações de interesse público, recursos públicos diretamente do orçamento ou mediante subvenções sociais, contrato de gestão, termo de parceira, convênios, acordo, ajustes e outros instrumentos congêneres, a publicarem todas as informações de cunho público, dentre os quais os vencimentos pessoais de cada servidor público.
Contrário mais uma vez a lei, os magistrados imediatamente apresentaram resistência a essa medida. A exemplo disso, podemos citar os Tribunais de Justiça do Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília que criticaram veementemente, inclusive descumprindo a data limite para a divulgação de seus vencimentos (salários).
Diante de tamanha preocupação e resistência por parte dos magistrados para não obedecerem à norma legal, cabe-nos indagar por que não querer divulgar, por que não levar ao conhecimento de todos os seus salários, que são pagos com verba pública? Seria porque seus vencimentos são exorbitantes? Ou porque estariam produzindo prova contra eles mesmo, pois isso demonstraria na prática que eles não obedecem ao limite (teto) salarial?
No Estado do Amazonas os magistrados, contrários aos dos estados supracitados, divulgaram seus vencimentos mensais, nada absurdo!!!... basta comparar com o ganho médio do brasileiro, você não concorda? rsrsrsrs. De acordo com planilha publicada no site do jornal acritica www.acritica.com.br há magistrado com salário mensal de R$ 100.000,00 (cem mil reais). É o caso da juíza de 2a intrância Mônica Cristina Raposo e da juíza Luíza Cristina da Costa Marques. Noutros casos, há juízes com ganhos de R$ 30.000 (trinta mil reais) a R$ 86.000 (oitenta mil reais).
Mais do que nunca, o desejo de ser um doutor da magistratura, ou ocupar cargo público, torna-se um sonho, um desejo e uma fuga do mundo real para o mundo irreal. De fato, um mundo totalmente desconhecido do cidadão brasileiro e acima de tudo trancado até então para que não tenhamos ciência do poderio financeiro dos poderosos.
é preciso que o Brasil mostre sua cara, faz mister que muitas realidades venham à tona para que o cidadão conheça os caminhos pelos quais deve percorrer em busca dos seus direitos, e assim compreenda os passos e as fundamentações que não lhe cabem.
Há, todavia, uma lição a todos nós: o caminho perfeito no processo do Estado Democrático de Direito ainda é o estudo. Por meio dos estudos qualquer cidadão poderá romper barreiras jamais conquistas de outra forma. Atualmente é o caminho das cifras, o caminho do pedestal, do altar, das divindades.

Apoio: www.acritica.com.br / www.acessoainformacao.gov.br / 

Elaborado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA

sexta-feira, 20 de julho de 2012

TEMPORADA DE CRUZEIROS NO AMAZONAS PODE ATRAIR MAIS DE 20 MIL TURISTAS



Temporada de cruzeiros no Amazonas deve trazer 20 mil turistas




MANAUS - A três meses do início, a temporada de cruzeiros internacionais 2012-2013 confirma números positivos. A expectativa é de que 27 navios atraquem em Manaus trazendo a bordo 20 mil turistas de diversos países, que deverão gastar US$ 5 milhões na região.
Segundo o gerente nacional Norte de ISS Marine Service Ltda., Gilberto Costa, que acompanha números do segmento no Estado, essa demanda de cruzeiros pela região apresentou um quadro 'estagnado', em relação ao período passado - 2011-2012 -, mas revela que a região amazônica ainda continua em alta entre os roteiros estrangeiros.
"Quando vamos a outros países oferecer nossos pacotes, percebemos o interesse dos estrangeiros em visitar a região. Nessa próxima temporada, vamos receber transatlânticos dos Estados Unidos, Europa, Caribe e Argentina", ressalta.
A temporada inicia no dia 18 de outubro com a chegada do primeiro navio e deverá terminar em abril de 2013. A estimativa é de que 20 mil turistas de diversas nacionalidades circulem na região durante, pelo menos, uma semana e deixem um aporte de US$ 5 milhões.
"Esses turistas vêm para a região a passeio e gastam com presentes, alimentação e passeios. Fazemos uma estimativa de que cada passageiro deixe na cidade US$ 200 milhões, sendo que temos casos de turistas que gastam mais de US$ 1 mil", reforça Costa.
A temporada passada, com de outubro de 2011 a abril de 2012, trouxe para o Amazonas 24 navios e movimentou quase 25.136 mil turistas, essa temporada superou em 27% a temporada passada.

Fonte: www.emtempo.com.br

By Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA
rtcastroalves@bol.com.br


quarta-feira, 18 de julho de 2012

CAMPANHA DE DESMATAMENTO ZERO: O ESTADO DO AMAZONAS APOIA



Vista áerea da Floresta Amazônica



MANAUS - Até às 18h desta terça-feira, 17, um total de 399.445 pessoas já haviam assinado virtualmente a petição da campanha Desmatamento Zero, lançada em março deste ano, pela organização não governamental Greenpeace, referente a um projeto de lei popular, que deverá ser enviado ao Congresso Nacional.
Por conta do dia de proteção às florestas, a entidade realizou uma ofensiva virtual, com as hashtags #BrasilcomFlorestas e #DesmatamentoZero, além de divulgar em seu site a campanha.
Com aproximadamente um terço da meta - a proposta é obter 1,4 milhão de assinaturas até 2013 -, de acordo com a integração da Campanha da Amazônia do Greenpeace, Caroline Donatti, a organização deverá intensificar ainda mais a campanha em várias frentes.
"A mobilização pela internet é grande, e quem assina divulga para os amigos. A campanha vem sendo trabalhada há quatro meses, e como temos um ano e meio pela frente, vamos adotar outras estratégias, explicar o objetivo dela, e incentivar a participação de mais pessoas", salienta.
Apesar de mais de 390 mil pessoas já terem aderido à proposta, os Estados da Região Norte não aparecem entre os quatro primeiro colocados do ranking de adesão. Boa parte das assinaturas, segundo os dados do Greenpeace são oriundos de São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Paraná.
"Uma série de fatores influem para esse número, como a banda em que a pessoa navega, o engajamento ambiental, as noções de cidadania, entre outras", salienta.

INICIATIVA POPULAR

O projeto Desmatamento Zero, ao obter as 1,4 milhão de assinaturas, deverá ser encaminhado ao Congresso Nacional - assim como foi o Ficha Limpa -, e dispõem apenas de cinco artigos.

Fonte: www.acritica.com.br

By Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA
rtcastroalves@bol.com.br

terça-feira, 17 de julho de 2012

AMAZÔNIA DEVE SOFRER GRANDE EXTINÇÃO DE ESPÉCIES ATÉ 2050



Cientistas estimam que 43 espécies da fauna e flora amazônica estão em processo de desaparecimento
Cientistas estimam que 43 espécies da fauna e flora amazônica
estão em processo de desaparecimento



MANAUS -  Uma pesquisa realizada por cientistas britânicos revela que pelo menos 80% das espécies que hoje vivem em áreas que estão sendo degradas na Amazônia deverão entrar em extinção. Os cálculos dos cientistas mostram que 43 espécies da fauna e flora amazônica já estão em processo de desaparecimento.
Os europeus fizeram um cálculo do tempo que uma área começa a ser desmatada, até o processo final de desaparecimento das espécies que antes habitavam a área em questão. A situação é mais preocupante no chamado Arco do Desmatamento que passa ao sul da região amazônica, incluindo principalmente os Estados do Mato Grosso, Pará e Rondônia. A pesquisa aponta ainda que estas estatísticas poderão ser diferentes caso iniciativas de reflorestamento nestas áreas seja implementadas.
Os pesquisadores da Grã-Bretanha e dos Estados Unidos levaram em consideração as taxas de desmate na Amazônia entre os anos de 1978 e 2008, levando em conta também a relação entre as espécies e área. Segundo o ecólogo Robert Ewers, que liderou a pesquisa, explicou que, com a concentração dos desmatamentos no sul e leste da Amazônia, várias espécies migraram para a região oeste da Amazônia, o que ocasiona uma grande concentração de espécies nesta área.

BIODIVERSIDADE DA AMAZÔNIA

De acordo com o Museu Goeldi, no Pará, em nenhum lugar do mundo são derrubadas tantas árvores quanto na Amazônia. Um levantamento da organização não governamental WWF, com base em dados da ONU, mostra que a média de desmatamento na Amazônia brasileira é a maior do mundo, sendo 30% mais intensa que na Indonésia, a segunda colocada no ranking da devastação ambiental.
Na Amazônia, a eliminação de florestas cresceu exponencialmente durante as décadas de 70 e 80 e continua em taxas alarmantes. A mudança no uso do solo tem mostrado afetar a hidrologia regional, o ciclo global do carbono, as taxas de evapotranspiração, a perda de biodiversidade, a probabilidade de fogo e uma possível redução regional na quantidade de chuvas.
Dados oficiais, elaborados pelo Inpe sobre o desmatamento na região, mostram que ele é extremamente alto e está crescendo. Já foram eliminados cerca de 570 mil quilômetros de florestas na região, uma área equivalente à superfície da França, e a média anual dos últimos ste anos é da ordem de 17,6 mil quilômetros quadrados. Entretanto, a situação pode ser ainda mais grave. Os levantamentos oficiais identificam apenas áreas onde a floresta foi completamente retirada, por meio de práticas conhecidas por corte raso. As degradações provocadas por atividades madeireiras e queimadas não são contabilizadas.

Fonte: www.portalamazonia.com

By Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA


sábado, 14 de julho de 2012

NOVO COMPLEXO UNIVERSITÁRIO DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO AMAZONAS TERÁ MAIS DE 13 MILHÕES DE METROS QUADRADOS



Maquete da cidade universitária. Foto: Chico Batata/ Agecom



MANAUS - Uma cidade universitária será construída no município de Iranduba, região metropolitana de Manaus. Inicialmente, complexo terá 13 milhões de metros quadrados de infraestrutura, com hotéis, parques temáticos, zoológicos, centros universitários e alojamento para 2 mil alunos. Esta etapa deverá ser concluída no primeiro semestre de 2014.
A maquete do empreendimento do complexo foi apresentado nessa quinta-feira, 12, pelo governador do Amazonas, Omar Aziz. O projeto prevê ainda um Hospital Universitário, Vila Olímpica, Vila Agrícola e um Centro Tecnológico, além de outros espaços destinados à iniciativa privada, definidos através de Plano Diretor para implantação de empreendimentos habitacionais, comerciais e de serviços.
Planejada para ser construída na margem direita do Rio Negro, a cidade universitária funcionará como um Campus da Universidade do Estado do Amazonas.
Segundo projeção do governo, serão investidos R$ 300 milhões para infraestrutura do complexo universitário.
Um Plano Diretor Urbano será desenvolvido para ordenar a ocupação para as diversas atividades. De acordo com o governador do Amazonas, o plano tem como premissa o respeito às condições geográficas, meteorológicas, topográficas, aliadas às questões sociais, econômicas e culturais do lugar. Serão preservados parques florestais, igarapés e margens do rio.

Maquete da cidade universitária. Foto: Chico Batata/ Agecom



Dentre os itens sustentáveis, destacam-se a gestão de resíduos sólidos, a eficiência energética e o reaproveitamento de água. Ao longo do principal igarapé que costa a cidade universitária será implantado um parque linear, de onde os visitante poderão contemplar a flora e a fauna amazônica por meio de passarelas suspensas.

EMPREGO E RENDA

A implantação de empreendimentos habitacionais na região - condomínios horizontal e vertical - comerciais e de serviços, desde o pequeno empreendimento a Shopping Center, Power Center e Business Center deve fomentar a geração de emprego e renda. Os recursos provenientes da venda dos espaços deverão se revestidos para a própria cidade universitária. O complexo também será um atrativo de turismo e lazer do Amazonas e contará com hotéis, zoológico e um parque temático. Na área cultura, serão construídos museus e teatros.

CONSOLIDAÇÃO DA UEA

Com os novos núcleos, a UEA passará a contar com 27 unidades em municípios localizados em pontos estratégicos do Estado, formando uma rede de atendimento com capacidade atingir todo o território amazonense. Desde que foi criada em 2002, mais de 50 mil alunos foram matriculados na universidade estadual, dos quais 26 mil foram graduados e cerca de 22,5 mil estão matriculados no momento. "Com a expansão, teremos maiores condições de ampliar o número de vagas e criar novos cursos para atender as demandas do mercado e principalmente as as necessidades das populações amazonenses", destaca Omar Aziz.


Fonte: www.portalamazonia.com

By Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA

sexta-feira, 13 de julho de 2012

Marinha do Brasil abre 41 vagas para a Escola Naval


Estão previstas 41 vagas a candidatos do sexo masculino, com 18 anos completos e menores de 23, solteiros e com Ensino Médio completo (ou em fase de conclusão)



A Diretoria de Ensino da Marinha-DEnsM divulgou nesta sexta-feira, 13, a abertura do Edital para o ingresso de alunos nos Cursos de Graduação da Escola Naval-EN, destinados à formação de Oficiais para o Corpo de Armada-CA, Corpo de Fuzileiros Navais-CFN e para o Corpo de Intendentes da Marinha-CIM.
Estão previstas 41 vagas a candidatos do sexo masculino, com 18 anos completos e menores de 23, solteiros e com Ensino Médio completo em que esteja concluindo.
Os interessados em fazer a inscrição, devem acessar a página da DEnsM www. ingressonamarinha.mar.mil.br entre os dias 13 de julho a 10 de agosto de 2012. As inscrições podem ser feitas também em um dos Postos de Inscrição da Marinha. Os endereços podem ser consultados no Edital. A taxa é de R$ 30,00.
Os concorrentes serão avaliados por meio de prova escrita objetiva de matemática, física, inglês, português e redação. As datas das provas ainda serão definidas. Ainda como parte do processo seletivo, os candidatos passarão por verificação de dados biográficos-VDB, seleção psicofísica-SP e teste de suficiência física-TSF.
Os aprovados em todas as etapas do processo estudarão sob regime de internato e terão direito a uniforme, alimentação, vencimentos, assistências médico-odontológica, psicológica, social e religiosa.

CICLO ESCOLAR

O Ciclo Escolar realizado pelo aluno na graduação de Aspirante terá a duração de quatro anos letivos, sob regime de internato, para todos os cursos.

SERVIÇO

Concurso Público de Nível Médio - Escola Naval - CPAEN 2012
Inscrição: de 13 de julho a 10 de agosto de 2012
Vagas: 41
Taxa: R$ 30,00
Data da prova: a ser definida
Divulgação do local de prova: informações a partir do dia 4 de setembro de 2012

Curso: 4 anos, em regime de internato, na condição de Aspirante.
Situação após o curso: Guarda-Marinha. Após viagem de instrução, será nomeado Oficial no Posto de 2o Tenente nos Corpos da Armada, Intendente e Fuzileiros Navais.
Informações: www.ingressonamarinha.mar.mil.br ou (21) 2104-6006

Fonte: www.acritica.com.br

By Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA


CONCURSO DA POLÍCIA FEDERAL DO BRASIL É SUSPENSO TEMPORARIAMENTE AFIRMA Cesp/UnB



Foto: Reprodução


MANAUS - O Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília-Cesp/UnB, organizador do concurso da Polícia Federal para 600 vagas de delegado, escrivão e perito criminal, informou em seu site que a seleção está temporariamente suspensa. De acordo com a instituição, novas informações serão divulgadas nos site dos concursos para perito, delegado e escrivão, em data oportuna.
O comunicado se deu após decisão liminar desta semana do presidente do Supremo Tribunal Federal-STF, ministro Ayres Britto, que determinou a suspensão do concurso até que a União reserve vagas para deficientes físicos nos editais. As inscrições para as 600 vagas, todas de nível superior, foram encerradas na segunda-feira, 9. Por meio de sua assessoria, a Advocacia-Geral da União-AGU adiantou que irá recorrer da decisão. Para o órgão, a carreira policial não é compatível com deficiências físicas.
A liminar é para "suspender os concursos públicos para os cargos de escrivão, perito criminal e delegado de Polícia Federal, até que a União publique editais retificadores estabelecendo reserva de vagas aos deficientes físicos".
A determinação do ministro foi tomada na Reclamação-RCL 14145, na qual o Ministério Público Federal-MPF aponta que os editais dos concursos descumprem entendimento da ministra Carmem Lúcia Antunes Rocha, que ao analisar processo relacionado ao caso - o Recurso Extraordinário-RE 676335 -, decidiu que a jusrisprudência do Supremo é no sentido da obrigatoriedade de destinação de vagas em concurso público a portadores de necessidades especiais.
Segundo Ayres Britto, em 2002, o MPF ajuizou uma ação civil pública pedindo a inconstitucionalidade de qualquer regra que restringisse o acesso de portadores de necessidades especiais à carreira da Polícia Federal. Esse pedido foi julgado improcedente em primeira e segunda instâncias, sob a alegação de que os cargos de delegado, escrivão, perito e agente da PF não são compatíveis com nenhum tipo de deficiência. No entanto, quando o pedido do MPF chegou ao Supremo, por meio do RE 676335, obteve decisão favorável da ministra Carmem Lúcia no dia 21 de março deste ano.
"Os editais descumpriram a decisão proferida", afirmou o presidente do STF em seu despacho.

Fonte: www.portalamazonia.com

By Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA
rtcastroalves@bol.com.br


quinta-feira, 12 de julho de 2012

APÓS 6 HORAS DE EMBATE, COMISSÃO APROVA TEXTO-BASE DA MP DO CÓDIGO FLORESTAL






BRASÍLIA - Após mais de seis hora de reunião, a comissão mista criada para analisar a medida provisória que muda o Código Florestal aprovou o relatório do Senador Luiz Henrique (PMDB-SC). Foram 16 votos a favor e quatro obstruções (deputados que se abstiveram de votar para tentar impedir que fosse alcançado número mínimo de parlamentares necessários para a votação).
Os parlamentares analisarão os mais de 300 destaques, que são propostas de alteração ao projeto, no dia 7 de agosto, após o recesso parlamentar.
A MP do Código Florestal foi assinada pela presidente Dilma Rousseff para preencher os vácuos deixados com os vetos ao novo Código Florestal aprovado pelo Congresso - segundo o governo, os vetos tiveram objetivo de favorecer a preservação ambiental. O relatório da MP flexibiliza as regras de recomposição nas margens de rios, mas o texto é alvo de críticas dos próprios ruralistas,q ue afirma que haverá perdas para os produtores.
Insatisfeitos, ruralistas tentaram adiar ao máximo a análise do texto, com longos discursos pedidos de adiamento. O deputado Abelardo Lupion (DEM-PR), da bancada ruralista, apresentou voto em separado (alternativo ao texto do relator), com artigos que beneficiam os agricultores. O texto, contudo, não prevaleceu.
Para viabilizar a aprovação do relatório, Luiz Henrique fez modificações de última hora no testo. Ele permitiu aos produtores das áreas de cerrado da Amazônia Legal o uso livre de metade da propriedade, mesmo que a soma da reserva legal e da Área de Preservação Permanente-APP represente mais de 50% do terreno.
O mesmo artigo do texto limita a soma de reserva legal e área de preservação permanente a 80% da propriedade nas áreas de floresta da Amazônia Legal, e 50% nas demais situações. Desse modo, o produtor terá garantido o uso de metade da propriedade ou 20% dela, no caso da Amazônia, mesmo que a vegetação nativa exceda esses percentuais.
Apesar de ser da bancada ruralista, a Senadora Kátia Abreu (PSD-MT) defendeu o relatório de Luiz Henrique. "É óbvio que o ideal era que cada Estado pudesse elaborar a sua própria legislação, respeitando as diferenças geográficas. Mas o texto do relator já é um avanço muito grande em relação ao que temos hoje", afirmou.
Outros parlamentares ligados ao agronegócio, como o deputado Ronaldo Caiado (DEM-GO), criticaram o relatório. Eles desejavam, sobretudo, que fosse reduzida para 15 metros a recomposição exigida dos médios produtores em áreas de plantio na margem de rios que estão entre as Áreas de Preservação Permanente-APP, consideradas frágeis e necessárias para a conservação das águas.
A medida editada pela presidente Dilma Rousseff exige a recomposição de pelo menos 20 metros nas margens dos rios com até 10 metros para produtores com propriedades de tamanho entre 4 e 10 módulos.
Luiz Henrique apresentou uma alternativa aos 20 metros estabelecidos por Dilma, sem reduzir para 15 metros, como reivindicam os produtores. O texto do senador mantém a exigência de recompor 20 metros, mas limitado à ocupação de 25% da propriedade.
"Pergunto quem vai pagar a conta? Qual é a fonte que vai pagar ao produtor rural o que ele vai deixar de produzir em áreas de preservação permanente? Temos que saber qual é a fonte que vai arcar com o que o produtor deixou de lucrar. Senão é benefício com chapéu alheio", criticou Ronaldo Caiado.
Acusado pelos ruralistas de "ceder às pressões do governo", o relator afirmou: "eu não aceito nem aceitei pressões. O que busquei foi o consenso. Não adianta colocar coisa aqui que a presidenta vai vetar. Vai ser um gesto inútil".
Por sua vez, os ambientalistas, representados pelo PV, também criticaram o relatório e acusaram Luiz Henrique de só ceder aos ruralistas. "O relator não acatou nenhuma das nossas emendas, nenhuma emenda ambientalista. Esse parecer está tendencioso", disse o deputado Zeca Sarney (PV-MA).
O PV criticou a supressão por Luiz Henrique dos parágrafos 9 e 10, do artigo 4, da MP, que definiam as regras para definição de APP nas áreas urbanas. O partido também condenou mudanças feitas no artigo 35 da MP que, segundo ambientalistas, possibilitam ao produtor recompor  matas destruídas em áreas de preservação com plantio de espécies frutíferas e exóticas". para o PV, o texto abre caminho para que o reflorestamento não seja feito com espécies nativas.
O relator, contudo, diz que o artigo só libera esse tipo de plantio onde não há reserva legal e APP. Outra crítica dos ambientalistas é quanto à possibilidade de o agricultor ter aceso a crédito e financiamento público apenas com a inscrição no Cadastro Ambiental Rural-CAR, sem ter que apresentar prova de isenção ambiental e legal. Assim, o produtor não precisará mais comprovar que está dentro da legalidade no tocante à conservação da reserva legal.
Antes da votação do texto, Luiz Henrique afirmou que a MP do Código Florestal "é o projeto da conciliação nacional". "Servirá para garantir a conservação e assegurar a missão nacional de alimentar seu povo e alimentar o mundo. posso falar com toda a independência que a presidente da República  merece uma grande homenagem dos mais de 90% de produtores brasileiros que foram homenageados com essa proposta", disse.

Vale este - Código Florestal - versão 5 (Foto:  )

Fonte: www.g1.com.br

By Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA

VIDA À NATUREZA: CINCO PEIXES-BOI RETORNARÃO À NATUREZA NO AMAZONAS



No interior do Amazonas, ainda são comuns os registros de caça de subsistência do peixe-boi.




MANAUS - O Instituto Mamirauá prepara para o dia 11 de agosto a devolução à natureza de cinco peixes-boi amazônicos na Reserva de Desenvolvimento Sustentável Amanã, na região do município de Maraã, noroeste do Amazonas. Os cinco animais passaram por processo de readaptação à vida silvestre no Centro de Reabilitação de Peixes-Boi Amazônicos de Base Comunitária, que o Instituto mantém na Reserva Amanã. Outros dois animais ainda permanecerão sob os cuidados do Centro.
No interior do Amazonas, ainda são comuns os registros de caça de subsistência do peixe-boi. As fêmeas adultas, maiores que os machos, são alvo dos caçadores. Sem os cuidados maternos, os filhotes de peixe-boi dificilmente sobrevivem na natureza.
Um dos fatores de ameaça aos filhotes órfãos de peixes-boi são as redes de pesca. Ao ficar preso a uma rede, o filhotes pode morrer afogado - como são mamíferos, os peixes-boi precisam vir à superfície para respirar, em intervalos de aproximadamente dois minutos.
Os peixes-boi chegaram ao Centro de Reabilitação com apenas alguns dias de vida - dentre os que serão soltos, o mais velho tem quatro anos e o mais novo dois Dos cinco peixes-boi que serão soltos, três ficaram presos acidentalmente em redes de pesca e foram entregues à equipe do Centro de Reabilitação pelos próprios pescadores; os outros dois foram apreendidos por agentes ambientais e entregues aos cuidados do Centro.
Segundo Miriam Marmontel, coordenadora do Grupo de Pesquisa em Mamíferos Aquáticos Amazônicos, peixes-boi criados em cativeiro deixam de aprender informações necessárias à vida selvagem. Por isso, os peixes-boi liberados serão monitorados em vida livre, por meio de sinais de rádio emitidos por um aparelho que será adaptado às caudas dos animais.
"Temos que acompanhá-los após a soltura para saber se o nosso trabalho de reabilitação foi bem sucedido. Esses animais certamente são mais vulneráveis à caça do que os que nasceram e foram criados pela mãe, na natureza, pois ela repassa ao filhote informações como rotas de migração, lugares onde se alimentar e como fugir de um pescador. Existe um risco, mas esses animais terão que enfrentá-lo", diz a pesquisadora.

CUIDADOS ESPECIAIS

De acordo com Miriam Marmontel, o peixe-boi amazônico (Trichechus inunguis) requer atenção especial da comunidade científica, o que se explica pelo histórico de exploração da espécie. Há registros de caça comercial de peixe-boi desde o século XVII. O auge da procura comercial da espécie ocorreu entre o século XIX e meados do XX, período em que milhares de animais foram mortos por causa da utiliza
cão de seu couro para a fabricação de correias e de sua banha para iluminação pública.
Hoje a espécie é considerada vulnerável à extinção. Mais de 100 peixes-boi amazônicos são mantidos em cativeiro, em centros de reabilitação nas regiões metropolitanas de Manaus e Belém, na Reserva Amanã.
O trabalho nos centros de reabilitação de peixe-boi amazônico pode evitar o que já aconteceu a outras espécies de mamíferos aquáticos. Em 2007, o baiji (Lipotes vexillifer), golfinho que habitava o rio Yang-tsé, na China, foi declarado extinto. Devido à caça predatória, em 1768 a vaca marinha (Hidrodamalis gigas) foi declarada extinta, 27 anos após ter sido descoberta.
As atividades do Centro de Reabilitação de Peixe-Boi Amazônico recebem o patrocínio da Petrobrás, por meio do Programa Petrobrás Ambiental.

Fonte: www.portalamazonia.com

By Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA
rtcastroalves@bol.com.br


quarta-feira, 11 de julho de 2012

COMISSÃO DE AEROPORTOS-COMARA ABRE 976 VAGAS EM CONCURSO, INCLUINDO ATALAIA DO NORTE NO AMAZONAS



Concurso público. Foto: Divulgação/TSE-SC



MANAUS - A Comissão de Aeroportos da Região Amazônica-Comara, pertencente à Aeronáutica do Brasil, informou que estão abertas as inscrições do processo seletivo 001/2012. O objetivo é a contratação de 142 profissionais para funções administrativas e 831 para funções operacionais.
A contratação dessa mão de obra será temporária e visa atender os projetos e obras de desenvolvimento de infraestrutura aeroportuária em Santa Rosa do Purus-AC; Moura, Estirão do Equador (Atalaia do Norte), Eirunepé, Palmeira do Javari (Atalaia do Norte), Yauaretê, Tunuí-Cachoeira, Lábrea, Humaitá, Manicoré, Borba, Maués, São Paulo de Olivença, Santa Isabel do Rio Negro, Fonte Boa, São Gabriel da Cachoeira, Tabatinga e Manaus, todos no Amazonas; Surucucu-RR; Alcântara-MA; Monte alegre e Belém-PA.
As vagas serão distribuídas entre os níveis auxiliar, intermediário e superior.
Para concorrer basta que o interessado compareça aos Destacamentos da Comara no AM e PA e/ou em sua sede.

FUNÇÕES ADMINISTRATIVAS - OPORTUNIDADES

Superior:
administrador, advogado, analista de sistema, arquiteto, assistente social, contador, economista, engenheiro-agrônomo, engenheiro ambiental, engenheiro civil, engenheiro eletricista, engenheiro florestal, engenheiro mecânico, engenheiro naval, engenheiro sanitarista, engenheiro de segurança no trabalho, geólogo, nutricionista e psicólogo.

Intermediário:
arquivista de documentos, assistente administrativo, programador de sistema de informação, técnico em manutenção de equipamentos de informática, técnico em contabilidade, técnico de gestão de meio ambiente, técnico de obras civis, técnico de saneamento, técnico em segurança do trabalho, técnico florestal e telefonista.

FUNÇÕES OPERACIONAIS

Intermediário:
Almoxarife, apontador de obras, laboratorista de solos, supervisor de construção naval, técnico agrícola, técnico de refrigeração, técnico eletrônico, técnico naval e topógrafo.
Auxiliar I:
Auxiliar de cozinha, auxiliar de limpeza, auxiliar de manutenção predial, auxiliar de mecânico de autos, auxiliar de pintor de automóveis, ferramenteiro, servente de obras e vigia.
Auxiliar II:
bombeiro hidráulico, borracheiro, carpinteiro, condutor maquinista fluvial, contramestre fluvial, cozinheiro de embarcações, cozinheiro geral, detonador, eletricista de instalação de veículos automotores, encarregado de soldagem, ferreiro armador, funileiro de veículos-reparação, garçom, lubrificador de veículos automotores, marceneiro, marinheiro fluvial de convés, marinheiro fluvial de máquinas, mecânico de manutenção de maquina em geral, mecânico de manutenção de veículos, mecânico de maquinas pesadas, mestre de obras, mestre fluvial, motorista carro de passeio/furgão ou similares, motorista de carro pesado, operador de betoneira, operador de britador, operador de caldeira, operador de jato abrasivo, operador de máquina leve, operador de máquia perfuratriz, operador de máquina recobridora de arame, operador de máquinas pesadas, operador de motossera, pedreiro, piloto fluvial, pintor de automóveis, pintor de obras, prático de portos, serralheiro, soldador e torneiro mecânico.

LOCAIS DE INSCRIÇÃO

Destacamento de apoio da Comara em Manaus-AM: Rua Rio Guamá, s/n, 1 Vila Militar Rio Negro, Bairro Colônia Oliveira Machado;
Destacamento de apoio da Comara em Monte Alegre-PA: Avenida Presidente Kennedy, n. 1253, Cidade Alta;
Destacamento de apoio da Comara em Tabatinga: Rua T-26, n. 1246, Bairro Aeroporto;
Destacamento de apoio da Comara em São Gabriel da Cachoeira: Avenida Castelo Branco, n. 633, Bairro Fortaleza;
Sede da Comara em Belém-PA: Avenida Pedro Álvares Cabral, n. 7115, Bairro Marambaia.

Mais informações pelos telefones: (91) 3204-9274 ou (91) 3204-9226

Fonte: www.acritica.com.br

By Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA


segunda-feira, 9 de julho de 2012

ONÇA-PRETA É RESGATADA E VIRA MAIS NOVA MORADORA DO PARQUE EM MUSEU NO PARÁ




Exemplar adulto da onça-preta. Foto: Reprodução/Arquivo


O raro animal integra a lista de espécies da fauna brasileira ameaçadas de extinção e é objeto de interesse para fins de pesquisa


BELÉM - O Parque Zoobotânico do Museu Paraense Emílio Goeldi ganhou uma nova moradora. Trata-se de uma onça-preta fêmea, com cerca de 4 meses de idade, pesando entre 6,5 e 7 kg. O animal raro integra a lista de espécies da fauna brasileira ameaçadas de extinção e é objeto de interesse de zoológicos para fins de pesquisa.
A onça-preta foi resgatada pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis-IBAMA em Cametá. Segundo o órgão, o filhote teria se perdido ou foi deixado pela mãe, em uma estrada de acesso ao município de Tucuruí, no Sudeste do Pará. De lá, o animal foi trazido ao Museu Goeldi na noite da última quinta-feira.
O animal foi encontrado primeiramente por traficantes de "rally off-road". Foram eles que entregaram a onça aos Bombeiros de Cametá, cinco dias depois do acidente. Segundo a corporação, um dos quadriciclos da competição teria atropelado a onça adulta, quando o felino fazia a travessia para a floresta com dois filhotes.
Acuada, a fêmea conseguiu fugir levando um deles, mas deixou o outro para trás.
Acionado pelos bombeiros, o IBAMA enviou dois analistas ambientais a Cametá e recolheu o felino. Como não adquiriu experiência necessária para sobreviver no pouco tempo em que ficou com a mãe, o filhote dificilmente poderá retornar à natureza. Nós próximos meses ficará sob os cuidados do Parque Zoobotânico do Museu Emílio Goeldi, até que se defina qual a melhor destinação para o espécime.
De acordo com a Assessoria de Comunicação do Parque Zoobotânico, apesar de ter estado de saúde satisfatório, o animal é monitorado para evitar problemas intestinais e respiratórios comuns a sua idade. Ela alimenta-se três vezes ao dia de carne de boi ou de frango, leite em pó e suplemento vitamínico mineral. Por enquanto, a onça não está visível ao público.
A onça-preta, na verdade, é uma onça-pintada (Panthera onça) com melanismo e integra a lista de espécies da fauna brasileira ameaçadas de extinção, além de ser protegida pela Convenção Internacional de Espécies da Flora e Fauna Selvagens em Perigo de Extinção-CITIES. O último exemplar de onça melânica do Parque Zoobotânico se chamava "Bemp" e morreu em 2008, de câncer, aos 21 anos de idade.


O PARQUE


O Parque Zoobotânico do Museu do Estado do Pará Emílio Goeldi está situado no centro urbano de Belém, com uma área de 5,2 hectares. Foi fundado em 1895, sendo o mais antigo do Brasil no gênero. Além de abrigar uma significativa mostra da fauna e flora amazônicas, o Parque concentra as atividades educativas do Museu Goeldi, tal como um laboratório para aulas práticas. Recebe anualmente cerca de 200 mil visitantes.
No Parque Zoobotânico estão instalados a Diretoria do Museu Goeldi, as Coordenações de Pesquisa e Pós-Graduação, Comunicação e Extensão, Administração, Museologia, Assessoria de Comunicação Social e Editora.


Fonte: www.portalamazonia.com

By Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA

MOÇÃO DE AGRADECIMENTO AOS LEITORES DESTE BLOG (AFAMA)







MANAUS - Quando este blog foi criado (2009), eu tinha a simples intenção de divulgar as atividades realizadas pela Associação dos Filhos e Amigos Atalaienses Residentes em Manaus-AFAMA, as quais se voltavam especialmente aos encontros dos conterrâneos, evento realizado uma vez ao ano (normalmente ou no último domingo de novembro ou no primeiro domingo de dezembro). Não obstante, outras atividades de cunho social promovidas pela AFAMA fossem também divulgas, dada a representatividade e importância.
Nosso objetivo com isso era estimular a participação de todos os atalaienses, amigos e todos aqueles que já moraram ou pelo menos conhecem a cidade de Atalaia do Norte-AM (Brasil), e também fomentar a parceria com outras entidades que pudessem contribuir para edificar o apoio social que a AFAMA passara a desenvolver junto aos estudantes atalaienses residentes em Manaus. Aliás, para fazer justiça, quero agradecer a Secretaria de Estado de Ação Social (Amazonas), ao Senhor Lins, empresário da cidade de Parintins, ao Senhor André, empresário da cidade de Manaus, dentre tantos outros que colaboram para a manutenção do apoio ao estudante atalaiense.
Muito embora seja notória minha felicidade, em se tratando da parceria ora mencionada, quero tornar público os meus agradecimentos e votos de felicitações aos nobres leitores do blog da AFAMA www.associacaodosatalaienses.blogspot.com,  especialmente aos amigos leitores dos países da Europa (Alemanha, Suécia, Letônia, França, Inglaterra, Espanha, Portugal, Suécia, Suíça, Eslovênia, Lituânia, Itália), Ásia (Rússia, Coréia do Sul, Japão, China, Índia), das Américas (Estados Unidos, Canadá, México, Panamá, Venezuela, Colômbia) dentre tantos que passaram a conhecer o trabalho desenvolvido pela AFAMA e pelas informações referenciais, imparciais, de total seriedade e respeito para com o leitor.
Honestamente uma grata surpresa, pois não imaginava que o blog da AFAMA atingiria lugares tão distantes, longínquos. Atingisse  não obstante pessoas que demonstrassem interesse pelas informações que veiculamos, pois dia a dia aumenta o número de leitores ao nosso blog. Muito obrigado. Agradecemos de coração. Concitamos a continuarem conosco, ao passo que podem, aqui peço, sugerir, criticar, reclamar, e, em caso de desejar apoiar a AFAMA com o suporte necessário para que o estudante atalaiense cresça em todos os aspectos, a fim de tornar seu futuro promissos, estamos à inteira disposição de todos vocês.
Sentimo-nos muito felizes, mais que especiais.
Quero em nome da Diretoria Executiva da AFAMA externar os mais sinceros agradecimentos por meio desta moção a todos vocês que dedicam minutos preciosos da sua vida para acessar o nosso blog. 
Continuem conosco, acessem mais e mais, divulguem este simples  blog que busca ser o canal do conhecimento e da informação.
AFAMA: AÇÃO ENTRE AMIGOS!

Elaborado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA
contato: rtcastroalves@bol.com.br


Regras de publicidade da AFAMA

1. Não publico comentário ofensivos à honra, à imagem ou à dignidade da pessoa humana;
2. Não publico comentários discriminatórios, por questões de etnia, religião, sexo, opção sexual, ideologia política, nacionalidade, naturalidade, origem ou outra qualquer;
3. Não publico comentários que contenham palavras de baixo calão;
4. Enfim, não publico comentários que agridam a ordem juri'dica ou a ética cristã.

domingo, 8 de julho de 2012

PROCESSO SELETIVO DA UEA CONTRATA PROFESSORES PARA MANAUS, TABATINGA, TEFÉ E ITACOATIARA


Em Manaus, as inscrições devem ser realizadas na sede da Escola Superior de Ciências da Saúde, na Cachoeirinha




MANAUS - Nesta segunda-feira, dia 9, começa o período de inscrições para o Processo Seletivo Simplificado da Universidade do Estado do Amazonas-UEA que selecionará 125 professores em regime de contrato temporário para atuação nas seguintes unidades: Escola Normal Superior-ENS, Escola Superior de Ciências da Saúde-ESA, Escola Superior de Tecnologia-EST, Escola Superior de Artes e Turismo-ESAT, Escola Superior de Ciências Sociais-ESO, Centro de Estudos Superiores de Tabatinga-CESTB, Centro de Estudos Superiores de Tefé-CEST e para o Centro de Estudos Superiores de Itacoatiara-CESIT.
As oportunidades devem interessar a diversos professores, já que o processo busca profissionais de mais de 40 áreas do conhecimento, como Medicina, Meteorologia, Música, Direito Ambiental, Segurança Pública e Engenharia da Computação. Os detalhes estão descritos no Edital disponível no portal www.uea.edu.br.


UNIDADE DA UEA EM TABATINGA

Os salários variam de acordo com a qualificação de cada profissional e vão desde R$ 4.526,00 a R$ 7.897,00. No caso dos professores destinados aos municípios do interior, há ainda o pagamento do valor referente ao adicional por deslocamento. As inscrições são gratuitas e poderão ser feitas até a próxima sexta-feira. dia 13.


UNIDADE DA UEA EM TEFÉ





Fonte: www.acritica.com.br

By Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA


sábado, 7 de julho de 2012

MUNICÍPIO DE AMATURÁ NO AMAZONAS TERÁ AEROPORTO




FOTO MERAMENTE FIGURATIVA



MANAUS - Durante a entrega de implementos agrícolas para 37 municípios do Amazonas, na manhã dessa sexta-feira, ontem dia 6, o governador Omar Aziz (PSD) anunciou a construção de novos aeroportos e estradas no interior do Amazonas.
Os municípios beneficiados com os aeroportos são Amaturá, Jutaí, Maraã e Pauini. As cidades de Anori e Codajás receberá a construção de estradas que ligará um município ao outro e que contribuirá para o desenvolvimento agrícola das cidades.
De acordo com Omar, o investimento para as construções é de cerca de R$ 600 milhões com início ainda para este mês, aproveitando o "verão amazônico". "Espero que com isso possa dar condições melhores às pessoas no interior do Estado e que precisam trabalhar e proporcionar uma vida melhor e suas famílias", afirmou.
Os implementos agrícolas entregues na manhã dessa sexta somam 51 para municípios com menos de 50 mil habitantes, sendo 32 retroescavadeiras, 13 casas de farinha, três tratores, dois microtratotores com reboque e um caminhão para prefeituras e grupos organizados de trabalhadores rurais.
Ainda segundo Omar, a entrega dos equipamentos veio em um momento bom, tendo em vista a grande perda dos agricultores rurais com a cheia no Amazonas este ano. "Eles terão o apoio e a possibilidade de recuperar o que perderam e muitos ficaram desestimulados e agora terão um apoio extra para reestruturarem a vida novamente", ressaltou.
O repasse vem da parceria entre Governo do Estado e Governo Federal para o fortalecimento da agricultura familiar e das cadeias produtivas no Estado do Amazonas, e envolve investimentos totais de aproximadamente R$ 7 milhões.

Fonte: www.diariodoamazonas.com.br

By Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA


sexta-feira, 6 de julho de 2012

LISTA DE APROVADOS DO PROUNI JÁ ESTÁ DISPONÍVEL. CONFIRA JUNTO A SUA INSTITUIÇÃO DE ENSINO



Foto: Shutterstock
Foto: Shutterstock



BRASÍLIA - O Ministério da Educação-MEC divulgou nesta quinta-feira, dia 5, a lista dos pré-selecionados em primeira chamada para receber uma bolsa do Programa Universidade para Todos-ProUni. Cerca de 456 mil estudantes se inscreveram para disputar uma das 90 mil bolsas disponíveis para o segundo semestre de 2012.
O ProUni oferece bolsas de estudo em instituições particulares de ensino superior a estudantes de baixa renda. Para participar é preciso ter cursado todo o ensino médio em escola pública ou em estabelecimento particular na condição de bolsista. Também é pré-requisito ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio-Enem de 2011 e atingido pelo menos 400 pontos na média das provas objetivas, além de não ter zerado a nota da redação.
Os alunos pré-selecionados deverão comparecer às instituições de ensino até o dia 13 de julho para apresentar a documentação que garante o benefício e providenciar a matrícula. A lista dos documentos necessários pode ser consultada na página do programa. Está prevista ainda uma segunda chamada para 20 de julho.
Nessa edição, foram oferecidas 52 mil bolsas integrais e 37 mil parciais, que custeiam 50% da mensalidade.
O benefício integral pode ser pleiteado por estudantes com renda familiar per capita mensal até 1,5 salário mínimo. Já as bolsas parciais destinam-se a quem tem renda familiar per capita de até três salários mínimos.


Fonte: www.portalamazonia.com

By Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA


quarta-feira, 4 de julho de 2012

COM SALÁRIOS DE R$ 5 MIL A R$ 21,7 MIL, 25 CONCURSOS COM INSCRIÇÕES ABERTAS



Biblioteca da University of St Gallen, Suíça.



Polícia Federal

RIO DE JANEIRO - São 600 oportunidades para nível superior. Destas, 100 são para perito criminal federal, 150 para delegado e 350 para escrivão. As oportunidades são para os Estados do Acre, Amazonas, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Rondônia e Roraima, além de unidades de fronteira.
Para a carreira de advogado, é preciso ter nível superior. Já para os cargos de perito criminal federal, há oportunidades para formados em contabilidade ou economia; engenharia elétrica, eletrônica, de telecomunicações, da computação, agronômica, química, civil; ciências da computação, biomedicina, odontologia e farmácia, entre outros. Já para o cargo de escrivão, os candidatos devem ter diploma de nível superior de qualquer área.
Para todas as carreiras, os candidatos precisam ter carteira nacional de habilitação de categoria, no mínimo, B.
Salário: Perito e delegado, R$ 13.368,68. Escrivão, R$ 7.514,33
Inscrições: até 9 de julho pelo site da CESPE 
Valec - Engenharia, Construções e Ferrovias S.A

São 255 vagas imediatas para nível superior. Há oportunidades para Brasília-DF, Ilhéus-BA, Goiânia-GO, Palmas-TO, Rio de Janeiro-RJ, Iturama-RJ, Lucas do Rio Verde-MT e Estrela do Oeste-SP. Hä oportunidades para administrador, advogado, analista de sistemas, biólogo, contador, economista, engenheiro agrônomo, engenheiro ambiental, engenheiro civil, engenheiro de segurança do trabalho, engenheiro florestal, geógrafo, geólogo, jornalista e médico do trabalho.
Salários: até 6.100 reais
Inscrições: até 13 de julho pelos sites da Femperj  ou da Valec 
Tribunal Superior do Trabalho
São 37 vagas e formação de cadastro de reserva para cargos de nível médio e superior. Os salários são, respectivamente, de R$ 4.052,96 e R$ 6.611,39.
Salários: até 6.611,39 reais
Inscrições: até 13 de julho pelo site Concursos FCC
Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação
São 510 oportunidades em cargos de nível médio e superior. Destas, 176 são de nível superior. Há vagas no Distrito Federal, Pará, São Paulo, Minas Gerais, Amazonas, Rio de Janeiro e Paraíba. Os cargos exigem mestrado ou três anos de experiência em atividade relacionada.
Salário: até R$ 9.157,15
Inscrições: até 18 de julho pelo site da CESPE
Há oportunidades para pesquisadores especializados em ciências atmosféricas, clima espacial, eletricidade atmosférica, telecomunicações, sensoriamento remoto, propulsão espacial, aeronomia, sol - meio interplanetário - magnetosfera, hidrologia, engenharia de software - computação científica, tecnologia de plasmas, cerâmicos, eletromagnetismo aplicado e processamento digital de imagens - sistemas de informação geográfica. Há oportunidades nas cidades de Cachoeira Paulista-SP, São José dos Campos-SP, Natal-RN e Belém-PA.
Saláarios: de R$ 6.936,07 a R$ 11.205,36
Inscrições: até 31 de julho nos seguintes endereços: Av. dos Astronautas, n. 1758, Jardim da Granja, São José dos Campos-SP; Unidade Regional de Cachoeira Paulista: Rodovia Presidente Dutra, km 40 - Cachoeira Paulista-SP; Centro Regional do Nordeste: Rua Carlos Serrano, n. 2073, Lagoa Nova, Natal-RN; Centro Regional da Amazônia: Parque de Ciência e Tecnologia do Guamá - Av. Perimetral, n. 2651, Belém-PA.

Sul – Sudeste
MG Prefeitura de Diamantina
São 76 vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade. Os salários variam de R$ 622,00 a R$ 6.000,00. As provas objetivas serão em 19 de agosto.
Salários: até 6 mil reais
Inscrições: até 24 de julho pelo site MSM Consultoria
MG Prefeitura de Mantena 
São 318 oportunidades para todos os níveis. Há vagas para fisioterapeutas, nutricionistas, dentistas, médicos em diferentes especialidades e psicólogos, entre outros.
Salários: até R$ 6.255,30
Inscrições: até 26 de julho pelo site da Imperial Concursos
RJ Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro
São 19 vagas e formação de cadastro de reserva para os cargos de analista judiciário e técnico judiciário.
Salários: até 6.611,39
Inscrições: até 13 de julho pelo site
RJ Tribunal de Justiça Regional do Rio de Janeiro
São 13 vagas de juiz substituto. Para participar da seleção, os candidatos devem ter nível superior em direito e 3 anos de atividade jurídica.
Salário: 20.677,85.
Inscrições: até 27 de julho pelo site da Vunesp
PR Prefeitura de Toledo
São 24 vagas em cargos de nível superior na área da saúde. Os salários vão de R$ 2.299,36 a R$ 12.822,96. A data, o horário e os locais de prova serão divulgados 10 dias após o encerramento das inscrições.
Salários: até 12.822,96 reais
Inscrições: até 12 de julho pelo site da prefeitura
Norte-Nordeste
AP Ministério Público do Amapá
O Ministério Público do Estado do Amapá divulgou edital de dois concursos para 50 vagas e formação de cadastro de reserva em cargos de nível médio e superior. Os cargos de nível superior são para analista ministerial nas áreas de administração, arquitetura, biblioteconomia, ciências contábeis, direito, economia, engenharia civil, psicologia, serviço social e tecnologia da informação, e promotor de justiça substituto.
Salários: até 20.677,84
Inscrições: até 2 de julho pelo site Concursos FCC
BA Termobahia 
São 47 vagas em cargos de nível médio e superior. Os salários vão de R$ 2.261,09 a R$ 6.475,71. As vagas são para a cidade de São Francisco do Conde (BA).
Salários: até 6475,71 reais
Inscrições: até 9 de julho pelo site
CE Prefeitura de Ibiapina 
São 445 oportunidades para todos os níveis. Há oportunidades para psicólogos, enfermeiros, fisioterapeutas, médicos de diferentes especialidades, entre outros.
Salários: até R$ 6.500
Inscrições: até 20 de julho pelo site ProMunicpio 
CE Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Estado do Ceará (Arce) 
São 4 oportunidades com formação de cadastro de reserva para profissionais com ensino superior. Os cargos são para analista de regulação - administrador, advogado, analista de sistemas, comunicador social, contador, economista, engenheiro civil, engenheiro de gás canalizado, engenheiro eletricista e procurador autárquico.
Salários: até R$ 6.774,83
Inscrições: até 20 de julho pelo site da Fundação Carlos Chagas 
 PE Prefeitura de Cabrobó
A Prefeitura de Cabrobó (PE) divulgou edital de concurso para 484 vagas em cargos de nível fundamental, médio/ técnico e superior. A taxa de inscrição é de R$ 48 para nível fundamental, R$ 68 para nível médio/técnico e R$ 88 para nível superior.
Salários: até 6 mil reais
Inscrições: até 11 de agosto pelo site Asconprev
PA Banco do Estado do Pará
São 15 vagas e formação de cadastro de reserva em cargos de nível médio e superior. Os salários vão de R$ 1.400 a R$ 6.000. Os cargos de nível superior são para médico do trabalho, engenheiro agrônomo e engenheiro eletricista.
Salários: até 6 mil reais
Inscrições: até 15 de julho pelo site ESPP Concursos.
PA Prefeitura de Porto de Moz
A Prefeitura de Porto de Moz (PA) abriu concurso para 716 vagas em cargos de nível alfabetizado, fundamental incompleto e completo, médio e superior. A prova objetiva será aplicada no dia 21 de outubro.
Salários: até 6 mil reais
Inscrições: até 31 de julho pelo site Instituto Agata
PA Polícia Civil do Estado do Pará
São 600 oportunidades para escrivão, investigador e delegado. Destas, 100 são para delegado. Para os cargos de escrivão e investigador, é preciso ter nível superior completo em qualquer área. Já para a carreira de delegado, a exigência é diploma de Direito.
Salário: R$ 7.695,02 para delegado
Inscrições: até 18 de julho pelo site da MS Concursos
PB Procuradoria Geral do Município de João Pessoa 
São 20 oportunidades para procurador do munícipio. O candidato deve ser formado em Direito e ter a inscrição na OAB.
Salários: R$ 5.700
Inscrições: até 25 de julho pelo site da Fundação Carlos Chagas 
TO Ministério Público do Estado de Tocantins
São 15 oportunidades e formação de cadastro de reserva para o cargo de promotor de Justiça substituto. Os aprovados devem ter no mínimo três anos de experiência na área jurídica após a graduação.
Salário: 19.643,93 reais
Inscrições: até 8 de julho pelo site da CESPE 
Centro-Oeste
DF Polícia Militar do Distrito Federal
São 285 oportunidades para o cargo de aspirante a oficial. Destas, 244 são para formação de cadastro de reserva. Os candidatos devem ser formados em Medicina, Odontologia ou Veterinária.
Salário: até R$ 7.947,50
Inscrições: até 15 de julho pelo site IADES 
GO Prefeitura de Inaciolândia 
São 492 oportunidades para todos os níveis. Destas, 133 são efetivas. Há vagas para assistente social, enfermeiro, farmacêutico, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, gestor de resíduos sólidos, maestro regente, médico cardiologista, clínico geral, ortopedista, pediatra, nutricionista, dentista e psicólogo, entre outros.
Salários: até 5.291,37 reais
Inscrições: até 8 de julho pelo site do Instituto Cidades
GO Prefeitura de Panamá
São 100 oportunidades em todos os níveis. Os cargos de nível superior são para médico de diferentes especialidades, nutricionistas, fisioterapeutas, biomédicos, entre outros.
Salários: até 8 mil reais
Inscrições: até 26 de agosto pelo site da Fafich 
MT Tribunal Regional do Trabalho da 23ª Região Mato Grosso
São quatro vagas de juiz do trabalho substituto. Os aprovados precisam ser formados em Direito e ter experiência profissional de no mínimo três anos após a conclusão da graduação.
Salário: R$ 21.766,15
Inscrições: até 10 de julho das 7h30 às 14h30 na Secretaria Judiciária, situada no 5º andar do prédio administrativo do complexo-sede do TRT/MT, na Avenida Historiador Rubens de Mendonça, 3.355, Cuiabá

Fonte: www.exame.com.br

By Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA