Google+ Followers

LEIA O TEXTO EM OUTRAS LÍNGUAS / READ TEXT IN OTHER LANGUAGES

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

10a CONFRATERNIZAÇÃO DOS ATALAIENSES ESTÁ CONFIRMADO PARA O DIA 27 DE NOVEMBRO



MANAUS - A Diretoria Executiva da Associação dos Filhos e Amigos Atalaienses Residentes em Manaus - AFAMA, em reunirão extraordinária nessa segunda-feria, 31, em sua sede provisória, deliberou sobre vários assuntos de interesse dos atalaienses, especialmente sobre realização da 10a Confraternização dos atalaienses, cuja data ficou definida para o dia 27 de novembro de 2011 (domingo). Essa festa vai ser realizada depois de 10 meses sem comemoração, pois desde o dia 23 de fevereiro deste ano, data da última, quando foram comemorados os 56 anos de emancipação do município de Atalaia do Norte. Segundo o Presidente da AFAMA, a tradicional festa atalaienses passou por esse longo período sem ser realizado haja vista as dificuldades de logística, que a diretoria enfrentou. Disse ainda que após boas conversas com organizações parceiras, foi possível novamente programar uma nova festa, desta vez a 10a Confraternização dos Atalaienses.
A 10a Confraternização, programada para ofinal de novembro, é um dos momentos em que amigos e familiares podem se rever e festejar a passagem de fim de ano e os festejos natalinos. É o momento em que dezenas de amigos, conhecidos, conterrâneos e có-irmãos atalaienses, benjaminenses, tabatinguenses e silvenses estreitam os laços de amizade.
No início da noite de hoje, durante a reunião, além da programação da 10a Confraternização, outro assuntos foram colocados em pauta, ficando assim destacado: a Diretoria da AFAMA tem encontrado dificulcades para continuar doando as cestas básicas que são mensalmente fornecidas aos estudantes atalaienses que residem em Manaus. Mas afirmou o Presidente que a luta não para e que vai continuar em busca de parceiros, de modo que os estudantes sejam atendidos com as cestas, já que estas os auxiliam efetivamente. Não obstante, o Presidente da Associação dos Atalaienses destacou que apesar de todas as barreiras que tem encontrado para adquirir benefícios para os estudantes, recentemente obteve uma excelente notícia, mas afirmou que só vai anunciar do que se trata quando efetivamente tiver com os benefícios nas mãos. E disse que é benefício direto para os estudantes.
No mais, fica o lembrete a todos os atalaienses e seus amigos de que a 10a Confraternização acontecerá no último domingo de novembro conforme programação abaixo:

1. Evento: 10a Confraternização dos Atalaienses
2. Data: 27 de novembro de 2011 (domingo)
3. Horário: a partir das 10 horas
4. Local: Clube dos Oficiais da PM (Av. André Araújo, ao lado da TV Acrítica)
4. Biffut: almoço gratuito aos presentes
5. Bebida: cerveja, refrigerante e água à venda
6. Atrações: a confirmar (aguardem)

O Presidente da Associação dos Atalaienses ressaltou a parceria que tem realizado com o Clube dos Oficiais da PM e agradeceu ao Coronel Pacheco, Presidente do Clube, pela simpatia e cordialidade para com os ataleinses e finalizou que espera contar com a participação de todos os atalaienses que moram ou estão de passagem por Manaus, além dos amigos e admiradores.



AFAMA: AÇÃO ENTRE AMIGOS

POR CAUSA DE VAZAMENTO, JUSTIÇA ANULA 13 QUESTÕES DO ENEM 2011

 
A Justiça Federal no Ceará decidiu na noite desta segunda-feira (31) anular 13 questões do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2011. Segundo o juiz Luís Praxedes da Silveira, o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais) deve desconsiderar esses itens na hora da correção.
Ficam anuladas as seguintes questões no caderno amarelo e suas correspondentes nos outros cadernos: 32, 33, 34, 46, 50, 57, 74 e 87, do primeiro dia; 113, 141, 154, 173 e 180, do segundo dia.
Pelo Twitter, o MEC (Ministério da Educação) e o Inep afirmaram que "consideram a decisão do juiz Luiz
Na decisão, o juiz afirma que anular o Enem somente para os 639 alunos do Colégio Christus, como fez o MEC, "foge da lógica do razoável" e anular para todos "é algo desproporcional e implicaria um grande prejuízo."

"O erro gravíssimo do instituto requerido [Inep] foi não usar questões inéditas no Enem deste ano. As questões do pré-teste jamais poderiam ser utilizadas no ano seguinte, principalmente porque não estavam lidando com instituições comandadas por Irmãs Carmelitas Descalças, e sim por entidades [escolas] com um alto grau de disputa entre as elas, para angariar novos alunos", afirma Silveira.
O pedido de anulação total ou parcial do Enem 2011 foi feito pela Procuradoria da República no Estado, após a verificação de que alunos do colégio Christus, em Fortaleza, tiveram acesso prévio a questões do exame. O Inep havia pedido dez dias para se pronunciar, mas a Justiça negou o prazo e concedeu apenas 72h, que terminaram hoje.

Defensoria quer, pelo menos, cancelamento das questões

O Sinep-MG (Sindicato das Escolas Particulares de Minas Gerais) também pediu a anulação do Enem 2011 em todo o país. Representantes do sindicato se reuniram com o Ministério Público do Estado, na tarde da última sexta-feira (28), para apresentar documentos necessários para protocolar a ação. O sindicato entrará com um pedido de liminar para suspender a divulgação dos resultados do exame até que a ação seja julgada.
“Considerando que 639 alunos de uma escola no Ceará tiveram a quebra de sigilo da prova, com as questões antecipadas, nós acreditamos que, com a velocidade da internet e os telefones celulares, essas informações podem ter se espalhado rápido demais”, disse Emiro Barbini, presidente do Sinep-MG.

"Se fosse no Exame da OAB, nós anularíamos"

O presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Ophir Cavalcante, usou o exemplo do que já aconteceu com o Exame de Ordem para falar sobre a posição da entidade a respeito dos problemas com o Enem 2011.
"Quando houve o vazamento de questões no exame da OAB, em São Paulo, nós anulamos toda a prova. Então, a Ordem tem esse posicionamento. Mas, o Ministério Público já está tomando as providências nesse sentido", afirmou.
Quando questionado se o correto seria anular todo o Enem 2011, Cavalcante desconversou. "Esse seria o posicionamento se viesse a acontecer no Exame da OAB, como já aconteceu e nós anulamos a prova. Essa é uma posição da Ordem, mas se o MEC tiver outra alterantiva que resguarde, do ponto de vista da igualdade e da moralidade, os candidatos, eles devem apresentá-la".

Questões eram do pré-teste

O ministério também afirma que as questões não poderiam ser memorizadas pelos alunos. "Enfatiza-se que as questões reproduzidas não eram de domínio público, e não poderiam ter sido memorizadas pelos estudantes, devido ao grau de detalhismo e similaridade", diz. O órgão afirma que "está afastada a hipótese de que as questões teriam circulado pela web antes da realização da prova".
O governo afirma que os pré-testes "têm o mesmo rigor de segurança dos demais exames". Os itens estavam em apostilas distribuídas pelo colégio, e cópias delas foram colocadas em redes sociais na internet por estudantes na noite de terça-feira (25). Após a divulgação, o MEC confirmou que pelo menos nove questões eram idênticas às aplicadas no último final de semana.
Na opinião de Tufi Machado Soares, professor da UFJF (Universidade Federal de Juiz de Fora), esse arquivo de perguntas deveria ter 40.000 questões, ou seja, 10.000 por área do Enem. "Acho que o Enem foi implementado de maneira apressada, sem planejamento nem discussão", afirma o pesquisador que também é coordenador de pesquisa do Caed (Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação).
O professor Dalton Francisco de Andrade complementa que o número de itens no banco do Inep teria de ser grande para a aplicação de mais de duas provas por ano -- logo mais em novembro, o MEC vai fazer o Enem para os presidiários e para os mais de 600 alunos do Colégios Christus cujo exame foi anulado. "Para ter um certo grau de conforto [e fazer mais de duas aplicações por ano], o banco [para fazer uma prova de 180 questões] precisaria de 50 a 60 mil itens", afirma o professor titular do departamento de Informática e Estatística da UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina).

Fonte: www.bol.com.br

Postado por Ruem Tadeu - Presidente da AFAMA

SHOPPING DE MANAUS OFERECE 600 VAGAS PARA TEMPORÁRIOS


Quem estiver interessado em conseguir um emprego temporário neste final de ano, na área de vendas, pode concorrer a uma das 600 vagas oferecidas pelo Manaus Plaza Shopping, localizado no bairro Chapada, Zona Centro-Sul de Manaus. O interessado deve enviar currículo para o e-mail  promocao@manausplazashopping.com.

MANAUS - O número de contratações temporárias deste ano representa um acréscimo de 20% nos empregos gerados, no mesmo período do ano passado, conforme ressalta o superintendente do Manaus Plaza Shopping, Jorge Daou.
As vagas serão preenchidas em lojas de diversos segmentos – vestuário, calçados, perfumaria, fast-food, entre outras.
O superintendente frisa que a elevação na oferta de vagas neste ano é motivada pelo crescimento no número de operações do shopping, além dos fatores econômicos favoráveis ao desenvolvimento dos lojistas. Entre janeiro e outubro, o Manaus Plaza inaugurou 15 novos empreendimentos, principalmente nas áreas de alimentação e comércio de confecções, calçados e acessórios femininos.
“Para concorrer a uma vaga, o candidato precisa ter alguma experiência na área de vendas, ser proativo, comunicativo e ter disposição para o trabalho”, disse Jorge Daou.
Segundo o executivo, uma média de 15% dos trabalhadores temporários são efetivados pelos lojistas, o que representa, para os mais jovens, uma oportunidade de iniciar carreira.
“Depende muito do empenho do funcionário, de mostrar esforço e competência”, enfatiza Daou.
As contratações preparam o centro de compras para atender o aumento na demanda, nas festas de fim do ano.
A expectativa é que o shopping registre elevação de 25% no fluxo de clientes e nas vendas de dezembro, comparado aos resultados do mesmo período de 2010. 
Para Daou, o resultado será incentivado pelo incremento no número de operações do Manaus Plaza que, atualmente, ultrapassa 140 opções em diversos segmentos – comércio, alimentação, serviços, lazer, entre outros.


Fonte: www.acritica.com.br
Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA

domingo, 30 de outubro de 2011

BRASIL É SEXTA ECONOMIA DO MUNDO COM A CRISE NA EUROPA



Graças à crise dos países desenvolvidos, neste ano, o Produto Interno Bruto brasileiro medido em dólares deverá ultrapassar o do Reino Unido, segundo projeções do Fundo Monetário Internacional e das consultorias EIU (Economist Intelligence Unit) e BMI (Business Monitor International). A reportagem está disponível para assinantes da Folha e do UOL, empresa controlada pelo Grupo Folha, que edita a Folha.
A estimativa mais recente, da EIU, prevê que o PIB do Brasil alcance US$ 2,44 trilhões, ante US$ 2,41 trilhões do PIB britânico. Com isso, o Brasil passará a ocupar a posição de sexta maior economia do mundo. Em 2010, ao deixar a Itália para trás, o país já havia alcançado o sétimo lugar.
Como a economia brasileira cresce em ritmo menor que a de outros emergentes asiáticos, em 2013, o país deverá perder a sexta posição para a Índia. Mas voltará a recuperá-la em 2014, ano da Copa do Mundo, ao ultrapassar a França, segundo a EIU.
Até o fim da década, o PIB brasileiro se tornará maior do que o de qualquer país europeu, de acordo com projeções da EIU. Depois de passar Reino Unido e França, a economia brasileira deverá deixar a alemã para trás em 2020.
A tendência de ascensão dos emergentes já era esperada por especialistas há anos, mas tem ganhado velocidade devido à crise global.

Fonte: www.bol.com.br

Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA

sábado, 29 de outubro de 2011

EXPERIMENTO DO PSICÓLOGO STANLEY, TEORIA DOS SEIS GRAUS DE SEPARAÇÃO, É A NOVA ONDA NA INTERNET








Apenas seis laços de amizade separam você de qualquer outra pessoa no mundo. Pelo menos foi a polêmica conclusão de um experimento do psicólogo Stanley Milgram (1933-1984), da Universidade Yale, feito nos anos 60. Em uma época na qual trocar informações on-line e em tempo real mais parecia enredo de ficção científica do que um futuro próximo, o psicólogo decidiu colocar à prova o clichê “o mundo é pequeno”: enviou pacotes a 160 moradores da pequena cidade de Wichita, no Kansas, e de Omaha, no Nebraska, pedindo-lhes que os mandassem para algum amigo ou conhecido que acreditassem que faria a encomenda chegar o mais rápido possível ao destinatário final – um habitante de Boston, Massachusetts. Várias das entregas chegaram, após passar por, em média, 5,5 pessoas. A hipótese de que bastam uns poucos conhecidos para constituir uma rede social muito maior do que imaginamos se popularizou rapidamente. Foi testada por outros estudiosos, que depararam com a mesma média, e inspirou o filme Seis graus de separação, de 1993. 

Hoje, navegando nos domínios do Facebook ou do Twitter, não é tão difícil descobrir que um amigo está conectado a uma pessoa que, por sua vez, está ligada a outra que tem no rol de amizades virtuais um ganhador de Prêmio Nobel ou um artista de cinema. Não por acaso, algumas notícias se disseminam nessas páginas em segundos, antes de serem divulgadas pela mídia. Seria apenas coincidência ou as redes sociais retomam e reforçam a teoria de Milgram? Os sites Yahoo e Facebook decidiram levar adiante uma versão digital da experiência, mas em proporções bem menos modestas que as poucas dezenas de voluntários recrutados pelo psicólogo americano – traduzida em 13 idiomas, a página Small world convida os quase 750 milhões de usuários do Facebook a fazer uma mensagem chegar até um desconhecido de um país qualquer, selecionado pelos administradores do projeto. Para se tornar um “remetente” e participar, é necessário ter uma conta na rede social. Por que não conferir se realmente alguns poucos laços separam você de um cidadão do Camboja ou da Rússia? Basta acessar: http://smallworld.sandbox.yahoo.com/.
 
Fonte:  www.uol.com.br


Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA


quinta-feira, 27 de outubro de 2011

em 2012 ANATEL REDUZIRÁ TARIFA DA LIGAÇÃO DE TELEFONES FIXOS PARA CELULARES



A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) aprovou nesta quinta-feira a redução da tarifa de conexão das chamadas de telefone fixo para celular a partir de fevereiro de 2012.
O valor dessa taxa, que é atualmente de aproximadamente R$ 0,54 por minuto, cairá para R$ 0,43 de forma escalonada até 2014, queda de 20%. A redução incidirá sobre a margem das empresas de telefonia móvel da tarifa.
Atualmente, dos R$ 0,54 da taxa, R$ 0,12 vão para as prestadoras fixas, e R$ 0,42 para as móveis. A redução vai recair sobre a fatia das operadoras móveis. A queda será de 10% a cada ano, começando em janeiro de 2012, até janeiro de 2014.
O governo espera que a queda de receita dessas empresas, estimada em aproximadamente R$ 4 bilhões nesse período de dois anos e dois meses, seja compensada pelo aumento da demanda desses serviços pelos consumidores, estimulados por preços mais baixos.
A tarifa foi criada há mais de uma década para incentivar investimentos das teles móveis em infraestrutura. Como o setor está bem estabelecido, com uma base crescente que hoje registra mais de 230 milhões de acessos, o governo decidiu fazer o corte gradual.

INTERNET

O Conselho da Anatel também aprovou hoje o regulamento de gestão da qualidade da banda larga fixa e da móvel, que determina metas de qualidade para esses serviços.
As empresas terão que garantir, por exemplo, uma velocidade média das conexões de banda larga de 60% do que é contratado pelo cliente, a partir de novembro de 2012. A meta será de 70% no ano seguinte, e 80% um ano depois. Os índices valem para banda larga fixa e móvel. 

Fonte: www.folha.com.br

Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA


terça-feira, 25 de outubro de 2011

MEC divulga gabarito oficial do Enem

São quatro provas de múltipla escolha, com 45 questões cada.
Cerca de 4 milhões de estudantes fizeram o exame nos dias 22 e 23.


O Ministério da Educação (MEC) divulgou, na tarde desta terça-feira (25), o gabarito oficial da edição 2011 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), realizado neste sábado (22) e domingo (23). Os documentos estão disponíveis para download no site do Enem.


Na segunda-feira (24), o Inep havia divulgado os cadernos de provas utilizados pelos candidatos, divididos por cor.
Cerca de 4 milhões de pessoas fizeram as provas no sábado (22) e no domingo (23). No total, mais de 5,3 milhões de estudantes se inscreveram no exame, mas a abstenção média, segundo o MEC, foi de 26,4%, o que representa mais de 1,4 milhão de candidatos. O número bateu recordes neste ano.
Segundo o edital do Enem, o resultado individual das provas, que inclui a correção e nota da redação, será divulgado em 4 de janeiro de 2012.
Entenda o sistema de pontuação do Enem
O Enem usa um sistema de pontuação diferente dos vestibulares. A correção é feita com base na Teoria da Resposta ao Item (TRI), na qual cada questão tem um valor específico de acordo com seu grau de dificuldade. Isto significa que dois candidatos que tenham acertado o mesmo número de questões do Enem não terão necessariamente a mesma pontuação.
O Enem é composto por quatro provas objetivas (ciências humanas, ciências da natureza, matemática e linguagens), cada uma com 45 questões cada, e mais uma redação.
Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), que organiza o Enem, a TRI reduz as chances de acerto por "chute" das respostas do Enem. Na TRI, o foco é no item, como é chamada cada questão, e não no total de acertos. Aluno que mostra padrão de resposta médio ao longo da prova, se acerta uma questão de padrão mais difícil pode aparecer uma resposta aleatória.
A TRI é o conjunto de modelos que relacionam uma ou mais habilidades com a probabilidade de a pessoa acertar a resposta. Cada item/questão é construído um modelo representado por três parâmetros: a discriminação (que ajuda a diferenciar a habilidade dos alunos), o grau de dificuldade e o acerto casual. Já o vestibular, como da Fuvest, por exemplo, utiliza a Teoria Clássica dos Testes (TCT). Quem acertar mais perguntas, soma mais pontos.
De acordo o sistema usado pelo Inep para cada item/questão é construído um modelo representado por três parâmetros: a discriminação (que ajuda a diferenciar a habilidade dos alunos), o grau de dificuldade e o acerto casual.
A TRI é usada desde 1995 nas provas do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb), que mede o desempenho de estudantes do ensino fundamental e médio. A teoria começou a ser aplicada no Enem em 2009, para garantir a possibilidade de comparação das notas de diversos anos.
Prova bem feita e cansativa
Os professores de cursinho ouvidos pelo G1 consideraram que as provas de ciências da natureza e de ciências humanas, aplicadas no primeiro dia do Enem, no sábado (22), mostrou uma evolução em relação aos anos anteriores. Eles destacaram que as provas de ciências da natureza e de ciências humanas apresentaram temas relevantes e cobrou mais conteúdo em relação a 2010.
Edmilson Motta, coordenador geral do Etapa, disse que o MEC trouxe um Enem mais aprimorado. “Houve uma evolução considerando os exames anteriores”, disse. Para Motta, a prova apresentou um aumento da exigência do conteúdo, mas o maior foco ainda estava no texto, que é parte decisiva do exame. “Sobre o grau de dificuldade não vejo nenhuma grande mudança em relação ao ano passado. É uma prova média que se dificulta mais pela extensão do que pelo nível das questões”, afirmou.
Luis Ricardo Arruda, coordenador geral do Anglo, afirmou que de modo geral, o Enem abordou temas relevantes, mas pecou com imprecisões em questões de biologia. “Em algumas perguntas [como a de número 52, da prova branca] o texto não dialoga com a pergunta, torna-se desnecessário, o que atrapalha o candidato, já que o tempo é um fator relevante.”

Enem - mosaico - dia 2 (Foto: G1) 
Imagens do segundo dia do Enem (Foto: G1)

O segundo dia foi considerado cansativo tanto para os estudantes quanto para os alunos. O exame reuniu 90 questões de linguagens, códigos e suas tecnologias, matemática e suas tecnologias, além da redação.
Simone Ferreira Gonçalves Motta, professora de português do Etapa, afirmou que ao tema da redação - "viver em rede no século 21: os limites entre o público e o privado" - permitiu que o aluno pudesse trabalhar em profundidade com a argumentação. "Não existe nada fácil quando se fala de elaboração de ideias, mas o tema é muito próximo do aluno e isso pode ter facilitado o processo."
Luis Ricardo Arruda, coordenador Anglo, disse que de modo geral a prova estava bem elaborada, porém em literatura, os professores do cursinho reclamaram que a banca se limitou a autores recentes. Em português, segundo ele, o maior problema para os candidatos foi o tempo. "Três minutos foram insuficientes para responder cada questão."
A prova de matemática trouxe muitas questões com gráficos e tabelas para buscar dos alunos a interpretação das imagens apresentadas. Também foram abordadas questões de geometria plana e geometria espacial.
Segundo o professor Felipe Rossi, do cursinho de A a Z, do Rio, as questões mais fáceis da prova de matemática são as relacionadas à conversão de medidas (como, por exemplo, a pergunta sobre o carro em miniatura e a mecânica do pistão), além da questão sobre o guarda-chuva, que pedia apenas o nome da figura geométrica do cone. Errar essas questões simples compromete o resultado final, por causa do sistema de correção do Enem.

Fonte: www.g1.com.br

Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA

MANAUS INAUGURA UMA DE SUAS MAIORES OBRAS: PONTE RIO NEGRO



Manaus - Cerca de 30 mil pessoas, segundo dados da Polícia Militar, impediram a liberação do tráfego de veículos na Ponte Rio Negro, inicialmente marcada para as 19h. Houve muita confusão e a pista acabou sendo liberada para os pedestres, e não para os carros, que precisaram aguardar a dispersão das pessoas para poder ter acesso à pista.
Antes das 19h, horário previsto para a queima de fogos e liberação da passagem de carros, um engarrafamento já começava a se formar ainda na Avenida Brasil, na Compensa. Isso tudo porque, na tentativa de ter acesso à via, pedestres e motoristas acabaram obstruindo a passagem.
Revoltados com a não liberação da passagem, a população acabou  destruindo a primeira barreira formada antes do início da ponte. Assim que o show pirotécnico acabou e a entrada da ponte não foi liberada, policiais da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam) usaram spray de pimenta para tentar afastar os curiosos e colocar ordem no local.
"Nós não esperávamos tanta gente", afirmou o vice-govenador José Melo, assim que chegou ao local para a queima de fogos. A princípio, Melo ainda cogitou a hipótese de liberar uma via para veículos e outra para os pedestres.  No entanto, assustado com a quantidade de pessoas que estava na local, o vice-governador preferiu não arriscar e decidiu que apenas os pedestres deveriam ter acesso à via.
Após uma hora e trinta da liberação da ponte para os pedestres, o vice-governador afirmou que por volta das 22h ele esperava poder liberar a passagem para os veículos. "Vamos tentar colocar os pedestres de maneira ordenada de uma lado da pista e liberar o outro para os veículos". De acordo com ele, os carros que esperavam pelo trajeto em Iranduba já estavam vindo, por volta das 20h30, em comboio junto com a Polícia Militar, a uma velocidade de 20 km/h.
Até às 21h, a movimentação de pedestres em cima da ponte continuava intensa. Muitas pessoas caminharam até  a metade e voltaram, outras decidiram parar  na via. Apesar do tumulto ter sido controlado, a quantidade de curiosos a caminho do local ainda era muita.
Motivo de festa
Durante a travessia, o clima era de festa. O valor da obra, tão questionado anteriormente, parecia ter sido esquecido. Muitas pessoas que atravessavam a ponte alegavam ter trabalhado na construção da mesma e por isso estavam ali.
Emocionada, a servente de pedreiro, Lucinere Nery de Albuquerque, que disse ter trabalhado na pintura das grades durante 3 meses,  filmava a travessia de milhares de pessoas. "Eu trabalhei aqui com a minha irmã e foi tudo muito bom. Só saí porque o contrato com empresa acabou", afirmou Lucinere, que até a metade da ponte seguia firme na caminhada e pretendia chegar ao outro lado e voltar.
Era comum, também, encontrar pais que levaram os filhos para realizar o primeiro 'passeio' na ponte.

www.diariodoamazonas.com.br
Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA


domingo, 23 de outubro de 2011

Índice de abstenção no AM foi de 32,86% no Enem, segundo o MEC


Abstenção no amazonas (32,86%) é maior que média nacional (26,4%), dado preocupante para a educação local.

MANAUS - Dos cerca de 131 mil inscritos para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no Amazonas, 43 mil, aproximadamente, faltaram às provas, segundo dados divulgados há alguns minutos no portal do Ministério da Educação e Cultura (MEC) na internet. O índice de abstenção , se considerados os dois dias de provas, foi de 32,86%, segundo o balanço. O Estado foi o segundo no ranking nacional com maior número de faltosos, perdendo apenas para o Amapá, com 34,12%.
Só no último sábado (22/10), durante a 1ª etapa das provas, o índice de abstenção foi superior a 28%. A segunda etapa ocorreu neste domingo (23/10). O gabarito será divulgado no próximo dia 25 (terça-feira), no site www.portal.mec.gov.br e o resultado final será divulgado dia 4 de janeiro. Cerca de 130 mil alunos de 43 municípios do Amazonas – incluindo a capital - estavam aptos a participarem, 50 mil deles só do ensino médio da rede pública, segundo o coordenador regional do Enem, Edson Melo.
Segundo o MEC, a edição de 2011 do exame registrou abstenção média de 26,4%, índice menor do que a média do ano passado, de 28%. A abstenção média deste domingo, 23, foi de 27,6%; a do sábado, 22, de 25,2%. Inscreveram-se nesta edição o número recorde de 5.367.092 inscritos
O Enem é usado por estudantes para o acesso a diversos programas do Ministério da Educação. No primeiro semestre deste ano, 83 instituições que aderiram ao Sisu abriram 83,1 mil vagas a estudantes que fizeram o Enem em 2010. No Amazonas, a única instituição pública de ensino superior que aceita o resultado do exame como pontos acumulativos para o vestibular é a Universidade Federal (Ufam).
Contudo, ele também é utilizado como critério para a seleção de bolsas no Programa Universidade Para todos (ProUni), do governo Federal, para o Bolsa Universidade, do governo municipal e para o financiamento de cursos de ensino superior do Fies, da Caixa Econômica Federal.


Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA

 

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

MEC orienta candidatos a conferirem dados do caderno de provas do Enem

BRASILIA - Uma das orientações do Ministério da Educação (MEC) aos 5,3 milhões de candidatos que farão o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) neste fim de semana (22 e 23 de outubro) é que confiram, antes de começarem a prova, se o número de questões do caderno corresponde ao do cartão de resposta. O estudante também deve verificar se os seus dados pessoais estão corretos.
A determinação foi incluída no edital do Enem de 2011 e é uma tentativa de reduzir possíveis transtornos como os ocorridos no ano passado, quando alguns candidatos receberam cadernos de prova com erros de impressão que continham um número menor de questões do que o previsto. Devido ao erro, o MEC teve que reaplicar a prova a um grupo de 9 mil alunos. A orientação nesse caso é que o participante informe o problema ao fiscal de sala imediatamente para que ele possa trocar o material.
Para evitar cola, o Inep faz versões diferentes da prova, cada uma identificada por uma cor. Em 2010, foram adotadas azul, amarelo, branco e rosa. As questões são as mesmas, mas organizadas em ordem distinta. O candidato precisar marcar no cartão de respostas a cor do caderno que recebeu para que o gabarito seja corrigido na ordem correta.
As provas
O Enem será realizado neste sábado (22) e domingo (23). O exame tem quatro provas objetivas, cada uma com 45 questões de múltipla escolha e uma redação. As provas vão tratar de quatro áreas de conhecimento do ensino médio.
Neste sábado (23), os candidatos vão fazer as provas de ciências humanas e suas tecnologias (que engloba história, geografia, filosofia e sociologia) e ciências da natureza e suas tecnologias (química, física e biologia).
No domingo (23), será a prova de linguagens, códigos e suas tecnologias (língua portuguesa, literatura, língua estrangeira (inglês ou espanhol), artes, educação física e tecnologias da informação e comunicação) e mais uma redação; além da prova de matemática e suas tecnologias.
Para a realização das provas o candidato deverá usar somente caneta feita com material transparente com tinta esferográfica preta. Canetas de cor azul ou de outras cores não poderão ser usadas.
As provas terão início às 13h. No dia 22 de outubro serão realizadas as provas de Ciências humanas e suas tecnologias e de ciências da natureza e suas tecnologias. No dia 23 serão realizadas as provas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Redação e Matemática e suas Tecnologias. As provas terão 4h30 de duração no sábado e 5h30 de duração no domingo. O candidato só pode entregar o gabarito e deixar a sala após duas horas de prova.
O Inep recomenda que os candidatos cheguem no local de prova ao meio-dia (horário de Brasília). É obrigatória a apresentação de documento de identificação original com foto para a realização das provas. Quem não tiver o documento deverá apresentar Boletim de Ocorrência emitido no máximo 90 dias antes da data da prova e se submeter a uma identificação especial e preenchimento de formulário próprio.
Você deverá conferir os dados antes de iniciar a prova
Antes de iniciar as provas, de acordo com o edital, o candidato deverá verificar se o seu caderno de questões contém a quantidade de questões indicadas no seu cartão-resposta e contém qualquer defeito gráfico que impossibilite a resposta às questões. O estudante deverá ler e conferir todas as informações registradas no caderno de questões, no cartão-resposta, na folha de redação, na lista de presença e demais documentos do exame. E notar alguma coisa errada, o candidato deverá imediatamente comunicar ao aplicador de sua sala para que ele tome as providências cabíveis no momento da aplicação da prova.
Segundo o edital, a capa do caderno de questões possui informações sobre a cor do mesmo e uma frase em destaque, e caberá obrigatoriamente ao candidato marcar nos cartões-resposta, a opção correspondente à cor da capa do caderno de questões; transcrever nos cartões-resposta a frase apresentada na capa de seu caderno de questões. As respostas das provas objetivas e o texto da redação do deverão ser transcritos, com caneta esferográfica de tinta preta fabricada em material transparente, nos respectivos cartões-resposta e folha de redação, que deverão ser entregues ao aplicador ao terminar o exame.
O que não pode
O edital proíbe ao candidato, sob pena de eliminação, falar com outros candidatos, usar lápis, lapiseira, borracha, livros, manuais, impressos, anotações, óculos escuros, calculadora, agendas eletrônicas, celulares, smartphones, tablets, ipod, gravadores, pen drive, mp3 ou similar, relógio ou qualquer receptor ou transmissor de dados e mensagens.
A redação
A redação do Enem é corrigida por dois corretores de forma independente, sem que um conheça a nota atribuída pelo outro. A nota final corresponde à média aritmética simples das notas atribuídas pelos dois corretores. Caso haja discrepância de 300 pontos ou mais na nota atribuída pelos corretores (em uma escala de 0 a 1000), a redação passará por uma terceira correção, realizada por um supervisor.
A nota atribuída pelo supervisor substitui a nota dos demais corretores. De acordo com o edital, o Inep considera que a metodologia empregada na correção das redações contempla recurso de ofício.
Será atribuída nota zero à redação: que não atender a proposta solicitada ou que possua outra estrutura textual que não seja a do tipo dissertativo-argumentativo; sem texto escrito na folha de redação, que será considerada "em branco"; com até sete linhas, qualquer que seja o conteúdo, que configurará "texto insuficiente"; Linhas com cópia dos textos motivadores apresentados no caderno de questões serão desconsideradas para efeito de correção e de contagem do mínimo de linhas; com impropérios, desenhos e outras formas propositais de anulação, que será considerada "anulada".
Os resultados
Os gabaritos das provas objetivas serão divulgados na página do Inep às 20h da terça-feira (25), segundo o Inep. Os candidatos poderão acessar os resultados individuais do Enem 2011, no dia 4 de janeiro de 2012 mediante inserção do número de inscrição e senha ou CPF e senha no endereço eletrônico http://sistemasenem2.inep.gov.br/resultadosenem.
O Inep diz que a utilização dos resultados individuais do Enem para fins de certificação, seleção, classificação ou premiação não é de responsabilidade do Inep, mas das entidades às quais os dados serão informados pelo candidato.
O Inep não fornecerá atestados, certificados ou certidões relativas à classificação ou nota dos candidatos. De acordo com a portaria publicada no 'Diário Oficial', a inscrição do participante implica a aceitação das disposições, diretrizes e procedimentos para a edição do Enem contidas no edital. Para os adultos submetidos a penas privativas de liberdade e adolescentes sob medidas socioeducativas, que incluam privação de liberdade, haverá um edital para o processo de inscrição específico.

Fonte: www.g1.com.br

Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

NÃO É JUSTO FAZER JUSTIÇA COM AS PRÓPRIAS MÃOS EM NOME DA DEMOCRACIA E DOS DIREITOS HUMANOS



EDITORIAL


MANAUS - Pouco tempo atrás, o então Presidente do Iraque, o Ditador Saddam Hussein, foi condenado pelo seu próprio povo e padeceu enforcado no dia 30 de dezembro de 2006. Sua morte se deve aos inúmeros atos cruéis praticados contra cidadãos iraquianos que lutavam por uma vida digna e por liberdade.
Nesta data, 20 de outubro de 2011, a população Líbia, em resposta a todas as atrocidades praticadas pelo Ditador Muamar Kadaf, então Presidente líbio, também contra seu próprio povo, na mesma moeda, devolveu-lhe a morte. De acordo com cidadãos dos dois países, a morte dos ditadores é justa e se deve a tudo que de cruel praticaram contra os cidadãos de bem daqueles países.
Não obstante, vale ressaltar que estamos no terceiro milênio, experimentando novas filosofias de vida em que as organizações de direitos humanos no mundo inteiro crescem, assim como suas lutas pela preservação da vida, ainda que a vida seja do infrator. Na atual conjuntura, o silêncio de todas essas organizações é algo inusitado. Viu-se porém apenas o filósofo francês Bernard Henri-Lévy, pensador conteporâneo, manifestar-se contra, dizendo em entrevista ao canal de televisão francês BFM TV que a captura e o julgamento do ditador teria ajudado mais o país a virar a página de 40 anos de repressão e violência. Para ele a Líbia vai reescrever sua história sem um processo, sem a verdade e sem justiça.
Então, o que justificaria isso? Seria a força do povo que sofreu com os ditadores? Essa ação, vingança com as próprias mãos, justifica-se por todos os atos crueis praticados pelos ditadores? Por que muitas pessoas, cristãs, diga-se de passagem, aplaudiram de pé a morte dos ditadores? Digo isso porque acredito não ser uma opção aceitável para quem professa Jesus Cristo.
Os países ocidentais tinham interesse na saída de Muamar kadaf do Poder, fomentaram no povo líbio essa possibilidade, alimentando-os com armamento pesado para lutarem até a real concretização da queda do ditador. E dessa forma, será que não seria justo, legal, moral, humano, apesar de ter sido ele desumano, levá-lo ao Tribunal Penal Internacional, como prevê o Estatuto de Roma, para ser julgado e condenado e pagar pelo que fez a seu povo por meio do devido processo legal? Ou será que ainda há Tribunal de Exceção de fato? Sabemos que não é a via mais fácil evitar ou eliminar a violência com violência.
Não estou aqui defendendo a morte de uma ou de outra pessoa, muito menos defendendo aqueles que promoveram enquanto donos do poder a morte de milhares de pessoas inocentes, e da forma mais cruel. Mas é importante manifestar minha posição sobre atos crueis, sobre a morte pela vingança, mesmo tendo ocorrido absurdos contra pessoas inocentes. Afirmo e reafirmo que os dois ditadores deveriam sim pagar pelos seus atos, mas que fosse pela via legal.
Agora, com a morte do ditador Muamar Kadaf, a paz vai reinar na Líbia? Espero absolutamente que sim, pois desejo a paz no mundo inteiro.
Viva a democracia, viva a paz, cultivemos a legalidade, acreditemos no homem e tenhamos fé em Deus.

Elaborado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

DEFENSORIA PÚBLICA IMPETRA AÇÃO E A POLÍCIA MILITAR DEVE CHAMAR CANDIDATOS COM PENDÊNCIA




MANAUS - A Associação dos Atalaienses, após consulta ao site do Tribunal de Justiça do Amazonas, confirmou a ação interposta pela Defensoria Pública do Amazonas, por meio de seus Senhores Defensores Públicos Dr. Ricardo Queiroz de Paiva e Dr. Carlos Alberto Souza de Almeida Filho, requerendo a inclusão de todos os candidatos aprovados no concurso da Polícia Militar para o cargo de Soldado, mas que estão com algum tipo de pendëncia, principalmente pela falta de habilitação de condutor (CNH na categoria B).
Agora, o candidato deve ficar atento, uma vez que cabe ao Comando da Polícia Militar cumprir a determinação judicial e chamar todos aqueles que possuem alguma pendëncia no tocante a falta de CNH.
A Diretoria da Associação dos Atalaienses aproveita a oportunidade para torcer por todos os candidatos de Atalaia do Norte, Benjamin Constant e Tabatinga, além dos municípios vizinhos do Alto Solimões para que sejam chamados e garantam uma vaga em um cargo público, que lhes permitem realizar seus planos de vida, familiar, profissional e proporcionar as mínimas condições financeiras por uma vida digna.
Entre no site do Tribunal de Justiça do Amazonas, click no link "Processos 1o Grau", selecione "pesquisar por número do processo" e digite o número do processo n. 02554922220118040001, depois selecione "outros", digite o código de letras, e finalmente click em "pesquisar" e veja o parecer judicial sobre o caso dos candidatos ao cargo de Soldado com pendência.


Transcrição da decisão: Nota Finalizada / Encaminhada para publicação
Relação: 0035/2011 Teor do ato: Pelo exposto, estando presentes os requisitos autorizadores da concessão da medida pleiteada ( fumus boni juris e o periculum in mora), DEFIRO A MEDIDA LIMINAR, com fulcro na Súmula 266 do STJ, no sentido de ordenar que o requerido, Estado do Amazonas, não exija os documentos comprobatórios dos requisitos contidos no Edital n. 02/2011, para os canditado submetidos ao Curso de Formação de Soldado da Polícia Militar, que deverão ser apresentados apenas na data da posse, conforme o intendimento do STJ. Fixo multa diária de RS 1.000,00 ( Um mil reais) dia, até o limite de 30 dias, no caso de descumprimento da medida. Expeça-se mandando com urgência. Cite-se o requerido para contestar, querendo, no prazo legal, encaminhando cópia da inicial. Ciência ao Ministério Público. Advogados(s): Carlos Alberto Souza de Almeida Filho (OAB 4590/AM), Ricardo Queiroz de Paiva (OAB 4510/AM)


AFAMA: AÇÃO ENTRE AMIGOS


Elaborado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA

terça-feira, 18 de outubro de 2011

POLÍCIA MILITAR DIVULGA RESULTADO FINAL DO CONCURSO PÚBLICO PARA SOLDADO E OFICIAIS



O resultado do concurso público para oficiais combatentes, especialistas em saúde, praças especialistas (saúde e músicos) e soldados, da Polícia Militar foi divulgado na noite desta segunda-feira (17).
Segundo informações da assessoria de comunicação da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP), os aprovados devem comparecer nesta terça-feira (18) às 8h aos blocos I e J da UniNilton Lins, no bairro Parque das Laranjeiras, Zona Centro-Sul, onde receberão informações sobre os cursos de formação.
Os candidatos aprovados para oficial com ensino médiosoldado,  com bacharel em Direito, para Praças Especialistas e para oficial de saúde devem ir até o local vestidos com blusa branca, calça jeans e tênis preto.

Cursos

O curso de formação dos oficiais será feito em parceria com Universidade do Estado do Amazonas (UEA). Os candidatos que já possuem o diploma de bacharel em Direito passarão pelo curso de “Ciências Militares e Segurança Pública” com duração de dois anos.
Os candidatos a oficiais combatentes que possuem apenas o ensino médio passarão pelo curso de “Bacharelado em Segurança Pública e Cidadão”, que também será ministrado através de um convênio com a UEA, com duração de três anos, em regime integral.
O período de formação para os soldados será de seis meses, quando os alunos terão 800 horas de aulas teóricas e práticas onde aprenderão sobre a vida militar tendo contato supervisionado com as atividades da corporação.

Fonte: www.acritica.com.br
Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA


segunda-feira, 17 de outubro de 2011

ASSOCIAÇÃO DOS ATALAIENSES, EM MANAUS, ENTREGA MAIS UMA VEZ CESTAS BÁSICAS A ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS


 
MANAUS - A Associação dos Filhos e Amigos Atalaienses Residentes em Manaus - AFAMA, neste domingo, dia 16, realizou mais uma entrega de cestas básicas para os estudantes universitários atalaienses residentes em Manaus e Itacoatiara. Segundo a Diretoria Executiva, apesar das dificuldades encontradas para adquirir as cestas básicas, este é o terceiro pacote de entrega feito para os estudantes, uma medida que tem contribuído para diminuir o custo com despesas caseiras, já que tem ainda a gastar com trasnporte coletivo, material escolar, consumo de energia elétrica e água, dentre outras despesas que são bancadas pelos pais, na maioria das vezes. E considerando que a receita dos pais dos estudantes não é das melhores, em média 1 salário-mínimo, cabe a Associação dos Atalaienses e da sociedade em geral ajudá-los a minimizar esses custos.
Não obstante, a Diretoria Executiva relembra a todos que nunca é damais ajudar, pois mesmo com a entrega de cesta básica, os estudantes precisam de mais ajuda, precisam do apoio daqueles que podem contribuir para o futuro de Atalaia do Norte.
Imbuída desse propósito e conhecedora das dificuldades encontradas pelos estudantes, a Associação dos Atalaienses firmou essa parceria com os estudanes, que é fundamental para o seu desenvolvimento intelectual pleno. Essa ajuda pode ser maior, mais forte, desde que a participação da sociedade seja também maior.

Parceria AFAMA X Órgão Público Municipal de Manaus

Os benefícios aos estudantes universitários poderão crescer se o convênio AFAMA e um órgão público municiapal de Manaus se concretizar. O nome do órgão será divulgado tão logo a parceria dê certo. Não será divulgado agora para que não haja nenhum tipo de interferência negativa, contrária à conclusão positiva, mas tão logo se concretize, tudo será publicado devidamente porque as parcerias são fundamentais para o crescimento e desenvolvimento dos estudantes.
Outras beneces poderão chegar às mãos dos estudantes, considerando a luta da Diretoria Executiva da Associação, como é o caso da nova sede, local de referência para os estudantes, para o atalaiense ou morador e amigo do atalaiense, e do terreno que será destinado à construção do maior sonho dos estudantes, o Centro de Apoio aos Estudantes Universitários Atalaienses - CAEUA, onde o estudante será beneficiado por completo: moradia, alimentação, transporte, lazer, material escolar de apoio, etc. Vale lembrar que a sede da AFAMA funciona provisoriamente na residência do Presidente.
A Diretoria Executiva espera em breve contar com mais parcerias, a fim exclusivamente de atender os estudantes, que lutam para ter crescimento pessoal, profissional e elevar o nome da inesquecível Atalaia do Norte.

AFAMA: AÇÃO ENTRE AMIGOS.


Elaborado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA


sexta-feira, 14 de outubro de 2011

BRASIL É EXEMPLO PARA OS EUA, DIZ HILLARY CLINTON



A secretária de Estado americana, Hillary Clinton, disse nesta sexta-feira em Nova York que Washington deveria colocar seus interesses econômicos no centro da política externa da mesma forma como fazem países de economias emergentes como Brasil e Índia. Em discurso no Economic Club of New York, a chefe da diplomacia americana adiantou que está revisando as prioridades da política externa dos Estados Unidos para incluir a economia em todos os aspectos."Os emergentes como Índia e Brasil colocam a economia no centro de sua política externa", disse Hillary, referindo-se que o primeiro questionamento que se fazem esses países diante de uma situação de política externa é: "como isso vai afetar a nossa economia". Hillary ressaltou que os Estados Unidos "precisam pensar nessa mesma questão, não que a resposta vá ditar as decisões de política externa, mas porque é uma parte significativa da equação". "Os EUA têm de se posicionar para liderar em um mundo em que a segurança é alcançada em salas de reuniões e nas bolsas (de valores), da mesma forma que no campo de batalha", afirmou Hillary, quem ressaltou que já "viu Governos caírem por crises econômicas". Esse último ponto foi uma alusão à Primavera Árabe, que começou na Tunísia e se espalhou por toda a região, e ao fato de hoje a Europa enfrentar sua prova mais difícil devido à recessão e à dívida. A responsável pela política externa americana se referiu igualmente ao fato de o Governo do presidente Barack Obama centrar a atenção em construir relações diplomáticas e institucionais mais fortes com a região da Ásia-Pacífico, da mesma forma que os EUA fizeram no século passado com a Europa. Para Hillary, seu país poderia ajudar e estreitar relações com economias na África e no Oriente Médio e alcançar maior integração regional, assim como promover os investimentos e contribuir para sua modernização. "O despertar político árabe também deveria ocorrer no âmbito econômico", declarou Hillary, quem abordou assuntos da agenda nacional econômica e comercial, como a competitividade, os investimentos e o crescimento econômico que há de reverter "na criação de trabalhos para os americanos". Ela falou ainda sobre a paralisia que afeta o país, consequência das diferenças políticas entre os partidos. Sua aposta é de que Washington acabe com essa cultura política, porque ao final restam perguntas para o resto do mundo sobre a liderança americana.


Fonte: www.ig.com.br
Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA

Universidade do Estado do Amazonas divulga lista de isentos para o vestibular




MANAUS - A Universidade do Estado do Amazonas (UEA) divulgou nesta sexta-feira (14), a lista com o nome dos candidatos isentos do pagamento da taxa de inscrição para o Vestibular 2011 e do Sistema de Ingresso Seriado (SIS).
Foram 2.775 pedidos de isenção aceitos. As inscrições para o vestibular e para o SIS estão abertas até o próximo dia 19/10.
A lista completa está disponível no site da Fundação Vunesp, organizadora do concurso, e pode ser consultada nos endereços www.vunesp.com.br/ueam1101/ ou ainda no site da UEA www.uea.edu.br.  5.848 candidatos entraram com pedido de isenção para o vestibular e para o SIS.


Fonte: www.acritica.com.br

Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Prêmio Professores do Brasil já registra 1,3 mil inscrições



O Ministério da Educação já recebeu 1.291 inscrições para a quinta edição do prêmio Professores do Brasil. Os educadores têm prazo para inscrever experiências até sábado, 15.
Levantamento da Coordenação-Geral de Tecnologias para a Educação da Secretaria de Educação Básica (SEB) do MEC sobre os projetos recebidos até 3 de outubro mostra que, até agora, o maior número de inscrições (480) aborda a educação infantil.
No ensino fundamental, estão inscritas 434 experiências realizadas em salas de aulas dos anos iniciais (até o quinto ano) e 254 nos anos finais (até o nono ano). Escolas do ensino médio registraram 123 inscrições.
Este ano, o prêmio Professores do Brasil vai selecionar até 40 experiências concluídas ou em execução, oito por região do país. Os autores dos trabalhos receberão R$ 5 mil em dinheiro, além de troféus e certificados.
Para concorrer, os educadores devem relatar projetos desenvolvidos ou em desenvolvimento, com resultados comprovados no ano letivo de 2010, que atendam aos objetivos do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE), lançado em 2007. As experiências devem se relacionar a uma ou a várias iniciativas, como promover a permanência, o sucesso escolar, a redução da repetência, do abandono e da evasão de estudantes da educação básica; aumentar a participação da família na escola, a inserção da escola na comunidade, a inclusão educacional social, racial e digital; trabalhar para a formação ética, artística e cidadã dos alunos.
O trabalho deve ser enviado para Prêmio Professores do Brasil, 5ª edição, Núcleo de Estudos de Ciência Matemática, Conjunto Agrotécnico Visconde da Graça, Rua Ildefonso Simões Lopes, 2.791, Bairro Sanga Funda, CEP: 96060-290, Pelotas (RS).
O prêmio será distribuído entre as 40 melhores experiências (R$ 5 mil por professor). Outros R$ 80 mil, em equipamentos audiovisuais ou multimídia, irão para as escolas que desenvolveram os projetos escolhidos. Cada escola receberá equipamentos no valor de R$ 2 mil.
O prêmio Professores do Brasil é promovido pelo MEC, em parceria com o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco) e Organização dos Estados Ibero-Americanos para Educação, Ciência e Cultura (OEI). A Fundação SM, a Intel, o Instituto Votorantim e a Associação Brasileira de Editores de Livros (Abrelivros) são os patrocinadores.
O regulamento, a ficha de inscrição e detalhes sobre a premiação são encontrados na página eletrônica do prêmio.


Fonte: www.portalamazonia.com


Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA

Inscrições do Vestibular da UEA encerram dia 19 de outubro



Este ano, serão oferecidas 5.060 vagas para cursos em 24 municípios, incluindo Manaus


MANAUS - As inscrições para o vestibular da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) podem ser feitas no site www.uea.edu.br até o dia 19 de outubro.
Durante a inscrição é preciso responder ao questionário socioeconômico, imprimir o boleto bancário e fazer o pagamento da taxa de inscrição, no valor de R$ 35,00.
O preenchimento da ficha de inscrição é de inteira responsabilidade do candidato, que deverá estar atento a todas as informações prestadas, conferindo-as cuidadosamente antes da efetivação da inscrição.
Este ano, serão oferecidas 5.060 vagas para cursos em 24 municípios, incluindo Manaus.

Inscrições para SIS

O Sistema de Ingresso Seriado (SIS) será realizado em três etapas, correspondentes às três séries do Ensino Médio, por meio da aplicação de provas anuais, que avaliarão as competências e habilidades adquiridas pelo estudante em cada uma das séries.
Poderão se inscrever no SIS, somente os candidatos que estejam cursando o primeiro ano do Ensino Médio em escola de Ensino Regular no Estado do Amazonas. A inscrição será exclusivamente, no site www.uea.edu.br, no período de 19 de setembro a 19 de outubro de 2011.
Ao efetuar a inscrição o candidato deverá imprimir a guia de recolhimento imediatamente após a conclusão do preenchimento do formulário de inscrição, para o pagamento da taxa de inscrição no valor de R$ 30,00.


Fonte: www.portalamazonia.com

Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Construção civil precisa de mais de 50 mil operários em Manaus



Busca por pessoal tem levado construtoras a promover mutirões de contratação, elevar benefícios e treinar trabalhadores


Não é de hoje que o mercado de Manaus sofre com a falta de mão de obra para a construção civil. E o problema só tende a se agravar com o início das obras para a Copa de 2014. Hoje, o setor já emprega cerca de 80 mil pessoas, sendo 50 mil operários (pedreiros, mestres, pessoal de acabamento, etc).
Com as obras em andamento em 2012, a geração de empregos deve chegar a 100 mil, segundo o Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil do Amazonas (Sintracomec). Serão mais 50 mil vagas que terão de ser preenchidas. De onde virá esse pessoal? É a pergunta que vem tirando o sono dos gerentes de obras nas construtoras. Uma alternativa para as empresas é buscar os trabalhadores que atuam na informalidade.
Levantamento do Sintracomec constatou que, considerando formais e informais, cerca de 150 mil pessoas trabalham em construção civil em Manaus. Desses, no máximo 50 mil atuam com carteira assinada. Sobram 100 mil que podem ser recrutados pelas empresas. A Direcional Engenharia, por exemplo, promoveu neste final de semana, um mutirão de contratações no bairro São José, na Zona Leste.
A empresa precisa contratar, imediatamente, 1,5 mil trabalhadores para atuar em 19 obras espalhadas pela cidade. Outras sete obras estão “no forno”, prontas para começar, o que deve elevar ainda mais a demanda por pessoal. A empresa quer evitar problemas como o que ocorreu na construção do Gran Prix, no Parque Dez, no ano passado. Com a obra em andamento, faltou pessoal. E foi preciso realizar uma operação de emergência para captar mão de obra e evitar atraso na entrega.
 Alguns setores são mais deficitários que outros. Para a parte de acabamento, por exemplo - onde atuam ladrilheiros, gesseiros, pintores, eletricistas, etc - algumas empresas tiveram que trazer profissionais de outros Estados. Foi o caso da Urbis Engenharia, que em Manaus atua em parceria com a Patrimônio Incorporadora. “Toda minha equipe de gesseiros veio do Rio de Janeiro e do Piauí. São 57 pessoas”, conta o diretor executivo da Urbis, Marco Bolognese. É claro que há pessoal qualificado em Manaus, mas não em número suficiente para atender a demanda das empresas.
A estratégia da Direcional funcionou. A empresa montou na escola Honorina Vasconcelos, no São José, um departamento pessoal completo. Os candidatos fizeram cadastro, entrevista e exame médico no próprio local, e saíram contratados. Marilene Rabelo Santana, 31, esteve lá. Ela vai trabalhar como servente, mesmo sem ter experiência comprovada em carteira. Ela conta que faz trabalhos de pedreiro e azulejistas há anos, desde que perdeu o emprego no Distrito Industrial.
Benefícios
para segurar pessoal Diante da falta de pessoal, além de intensificar o recrutamento e promover treinamento no próprio canteiro de obras, as construtoras também precisam criar formas para segurar os trabalhadores e evitar que eles voltem para a atividade autônoma ou procurem outra empresa.
Algumas empresas estão ampliando benefícios como bônus de produtividade e plano de saúde. Na Patrimônio Urbis, por exemplo, os benefícios de saúde são estendidos à família do trabalhador. Além de oferecer Participação nos Lucros e Resultados (PLR), a Direcional tem projeto para melhorar a formação escolar dos operários.
O vice-presidente do Sintracomec, Cícero Custódio, ressalta que, se essas iniciativas forem disseminadas, as empresas poderão atrair trabalhadores que estão na informalidade. Ele pondera que muitos preferem trabalhar por conta própria pelo simples fato de que ganham mais. Um pedreiro, por exemplo, trabalhando em uma construtora, recebe R$ 906. Por conta própria, ele pode ganhar de R$ 2 mil a R$ 3 mil. “Para valer a pena para o trabalhador que está na informalidade, só melhorando esse salário e oferecendo benefícios”, disse Custódio.

Fonte: www.acritica.com.br


Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA


domingo, 9 de outubro de 2011

UEA ABRE AS PORTAS PARA ALUNOS DO ENSINO MÉDIO DO INTERIOR DO AMAZONAS CONHECER SUAS ATIVIDADES



Programação acontece nesta segunda-feira (10) nos municípios onde a UEA mantém centros e núcleos com o objetivo de incentivar os alunos a prestar vestibular


Os Centros e Núcleos de Ensino Superior da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) no interior do estado abrem suas portas para estudantes do ensino médio que querem conhecer suas atividades e projetos. A programação acontece nesta segunda-feira (10), a partir de 10h.
A UEA mantém Centros de Estudos Superiores em quatro municípios do Amazonas e Núcleos de Ensino Superior em 11 municípios.
O objetivo da atividade é mostrar aos jovens um pouco de cada um de seus cursos, mercado de trabalho nas áreas, profissões de destaque, laboratórios, bibliotecas, projetos acadêmicos e sociais da UEA entre outros pontos que podem se tornar decisivos para estudantes e vestibulandos na hora da escolha da faculdade a seguir.
Cada unidade preparou uma programação específica para receber os visitantes com palestras, exposição de trabalhos acadêmicos, sessões de vídeo, além da apresentação de Projetos de Iniciação Científica.
“É a primeira vez que este programa é realizado. A ideia é promover a aproximação entre graduandos e alunos do Ensino Médio, que estão próximos da escolha da carreira”, explicou a coordenadora de acompanhamento de estudantes, professora Simone Carvalho lembrando que a visita vai oferecer informações que podem ajudar os jovens na escolha da profissão.
Nas salas de aula, coordenadores de curso, professores, ex-alunos e acadêmicos receberão os alunos das escolas de Ensino Médio com informações detalhadas sobre os cursos oferecidos em cada uma das unidades da UEA.
O projeto "UEA de Portas Abertas" é a terceira etapa do Programa UEA na diversidade das vocações que prevê ainda visitas de acadêmicos a escolas da rede estadual de ensino.
Na segunda fase do programa, realizada durante a Feira do Estudante, no Manaus Plaza Shopping, representantes de diversas unidades de ensino da universidade explicaram aos alunos visitantes do estande da UEA a importância da universidade e de um curso superior no processo de desenvolvimento profissional e intelectual do cidadão.
Provas
Candidatos a uma das 5060 vagas do Vestibular 2011 com acesso 2012 da UEA ganharam novos cursos e mais um mecanismo de ingresso.        
Os dois novos cursos são Bacharelado em Saúde Coletivas, Tecnologia nas áreas de Agrimensura, e Gestão Pública.
O Sistema de Ingresso Seriado (SIS) permite ao candidato cursar a universidade sem a necessidade do exame Vestibular.
O SIS avaliará, com provas anuais, o aproveitamento do candidato em cada uma das três séries do Ensino Médio e selecionará os melhores desempenhos, a exemplo dos processos seletivos seriados adotados em grande parte das universidades brasileiras. No SIS, o aluno também escolherá o curso superior somente no terceiro ano.
As inscrições para o SIS devem ser feitas via internet no endereço www.uea.edu.br  até o dia 19 de outubro e a prova desta primeira etapa está marcada para o dia 11 de dezembro.
Do total das vagas disponíveis em cada Vestibular, 40% serão destinadas a estudantes que participaram SIS. 


Fonte: www.acritica.com.br

Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA


sábado, 8 de outubro de 2011

VIDEOAULAS DE REVISÃO PARA O ENEM ESTREIA NA INTERNET

 ATENÇÃO, ESTUDANTES ATALAIENSES, A ASSOCIAÇÃO DOS ATALAIENSES APRESENTA A VOCÊ MAIS UM RECURSO, CUJO OBJETIVO É AUXILIÁ-LO NA PREPARAÇÃO DE SEUS ESTUDOS. APROVEITE E NÃO VACILE. ESTUDE, APROVE E GARANTA SEU SUCESSO

 

"Com isso, estamos prestando um serviço para todos os estudantes brasileiros que sofrem a angústia e ansiedade em relação às provas e aos conteúdos exigidos", afirma. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.



SÃO PAULO - Na revisão para o Enem, os estudantes contarão a partir de hoje com um aliado: a coleção de videoaulas preparadas pelo Grupo Positivo numa parceria com o Estadão.edu. Os 51 vídeos da coleção Super Aulas Enem Estadão Positivo - cada aula tem cerca de meia hora - serão exibidos gradativamente até o dia 16.
As Super Aulas podem ser assistidas no endereço enem.estadao.com.br/super-aulas a partir do momento em que forem ao ar ou ainda resgatadas no arquivo do portal Estadão.com.br, onde a série completa ficará disponível até o dia 23, segundo e último dia de provas do Enem.
Isabella Olher, de 17 anos, está no 3.º ano do Colégio Argumento, na zona leste de São Paulo, e vai prestar o Enem para cursar Engenharia Química na Unifesp e na UFMG, dentre outras. A revisão na reta final, diz, pode melhorar o desempenho do aluno, repassando conteúdos nos quais não prestou atenção ou não teve em sala. "Quem passa três horas por dia na internet pode assistir a uma videoaula de meia hora", diz.
Para Lucas Guimarães, vice-presidente do grupo Positivo, a parceria com o Estadão.edu junta a estrutura didática e pedagógica da rede ao grande alcance do jornal e de sua plataforma digital. "Com isso, estamos prestando um serviço para todos os estudantes brasileiros que sofrem a angústia e ansiedade em relação às provas e aos conteúdos exigidos", afirma. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.


Fonte: www.acritica.com.br



Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

ESTADOS UNIDOS TËM AS MELHORES UNIVERSIDADES DO MUNDO. A MELHOR DO BRASIL OCUPA APENAS A 178a COLOCAÇÃO




A USP voltou a aparecer entre as 200 melhores universidades do mundo, segundo o ranking THE (Times Higher Education), criado há oito anos. A universidade brasileira está em 178º lugar e é a única instituição da América Latina presente na lista. No ano passado, a USP aparecia na posição número de 232.
A divulgação desse ranking de universidades, um dos mais respeitados no cenário internacional, ocorreu à 0h da quinta-feira de Londres (20h de quarta no Brasil) --leia a cobertura completa na edição desta quinta-feira da Folha.
A americana Harvard, que sempre liderou a lista, foi desbancada pelo Instituto Tecnológico da Califórnia, uma instituição com pouco mais de 2.100 alunos, 55% deles na pós-graduação. 
Entre os destaques da THE, os Estados Unidos têm 75 universidades entre as 200 melhores; os norte-americanos são seguidos pelos britânicos, com 32 instituições na lista. Entre países emergentes, China e Coreia do Sul têm três universidades cada, a África do Sul tem uma. Índia e Rússia não aparecem.
A Unicamp não está entre as 200 mais bem colocadas, mas um aplicativo para iPhone do estudo permite identificar sua colocação: 286º. No ano passado, ela ocupava a 248ª colocação.
O ranking da THE é feito com a combinação de 13 critérios. São levados em conta a relação professor/aluno, percentual de doutores, internacionalização (número de professores e estudantes estrangeiros), pesquisa (desenvolvimento de produtos e conhecimento, publicação de trabalhos em revistas especializadas) e citação por outros autore.


Fonte: www.folha.com.br



Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA


TÉCNICAS DE MEMORIZAÇÃO PARA MELHORAR O DESEMPENHO NAS PROVAS DO ENEM



A Associação dos Atalaienses mais uma vez possibilita aos estudantes secundarista, que estão se preparando para o ENEM 2011, apresentando técnicas de memorização, a fim de aprimorar o desempenho nas provas.

É difícil entender por que recordamos com detalhes de fatos do passado, quando éramos crianças, e muitas vezes temos que fazer um grande esforço para lembrar onde deixamos a chave, a carteira ou o celular.
Da mesma forma, a maioria das pessoas sabe onde estava no 11 de Setembro, quando o Brasil venceu a Copa do Mundo ou na hora da morte de ídolos como Ayrton Senna e Michael Jackson – mas se esquece do que comeu ontem.
Para explicar como funciona a memória, quais os fatores prejudiciais, os sinais de alerta e como exercitar o seu cérebro, o neurologista Tarso Adoni, do Hospital Sírio-Libanês, e a pediatra Ana Escobar estiveram no Bem Estar desta quinta-feira (29).



É importante manter-se intelectualmente ativo para evitar problemas no futuro. Pressão e colesterol altos, diabetes, sedentarismo e obesidade são ruins para todas as células, inclusive para os neurônios.
Ter problemas de memória, eventualmente, não é sinal de doença. Em uma fase que você está mais cansado, por exemplo, costuma ter dificuldade para gravar as coisas. Além disso, se você não dorme adequadamente ou sobrecarrega o cérebro com muitas informações, sua memória pode falhar. É como uma máquina, que, se muito exigida, acaba pifando.
Segundo o neurologista Tarso Adoni, a falta de atenção nas tarefas cotidianas pode atrapalhar a memória. O ideal, portanto, é se concentrar no que você faz e procurar guardar objetos sempre no mesmo lugar, para evitar confusões.

Onde ficam guardadas as informações

O pré-requisito para a memória é a atenção. São os dois lobos frontais, na parte da frente do cérebro, que coordenam a razão e julgam quando devemos estar atentos. Ao termos uma sensação muito marcante, que vem por um dos cinco sentidos (como um perfume forte, por exemplo), a informação vai para uma região central do cérebro chamada hipocampo. É uma espécie de “centro imediato da memória”, onde ficam guardadas temporariamente as informações do dia a dia. Depois de um certo tempo, se o cérebro avalia que aquela informação é importante para a memória, ele a transfere do hipocampo para o centro daquele sentido específico, que varia de acordo com a informação.

Existem 5 tipos de memória:
1) Imediata
Usamos essa memória por segundos, para algo que precisamos executar imediatamente. Tem um espaço pequeno e é ativada, por exemplo, quando precisamos "anotar" um número de telefone no cérebro para usá-lo em seguida.
2) De trabalho
Empregamos essa memória durante o tempo necessário para trabalhar com determinada informação, como para fazer cálculos. Com ela, podemos processar dados e não só repeti-los mentalmente.
3) Episódica
É a memória que mais rende queixas, por ser a mais utilizada. É onde ficam guardados fatos e situações da vida, como recordações de momentos, pessoas e coisas que você fez no passado. O lugar onde você guardou a chave e o que fez no 11 de Setembro dividem espaço aí. A diferença é que memórias mais marcantes duram mais.
4) Semântica
Está relacionada com tudo o que aprendemos em termos culturais e de conhecimento. É usada na escola para saber o significado das coisas e das palavras, além dos sinônimos.
5) Inconsciente
Saber andar de bicicleta, nadar ou mexer no computador são atitudes guardadas na memória inconsciente. Ela retém conhecimentos motores e movimentos do corpo necessários para desempenhar atividades.
A memória de curto prazo serve para as atividades do dia a dia e logo é apagada. Se ela for especial, por algum motivo, torna-se de médio prazo e pode durar a longo prazo.
Por outro lado, se fazemos muitas atividades ao mesmo tempo, esquecemos onde guardamos a chave ou a carteira, porque nossa memória de trabalho fica superlotada de informações.
Fatores que atrapalham a memória
- Estresse
- Depressão
- Privação de sono
- Deficiência de vitaminas (principalmente B12)
- Hipotireoidismo
- Doenças degenerativas (como Alzheimer)
Sinais de alerta para problemas
- Ter dificuldade para resolver problemas que antes eram simples
- Sentir falta de concentração
- Precisar mudar parte da rotina porque a memória começou a falhar
Dicas para treinar a memória:
- Ler (livros, artigos, revistas e jornais)
- Aprender idiomas
- Participar de jogos de estratégia (gamão, xadrez e cartas)
- Reunir-se em grupos sociais (círculos de amigos, redes de discussão e clubes)
- Pesquisar áreas que não sejam do seu conhecimento
- Fazer atividades manuais (artesanato, biscuit e carpintaria)
- Tocar um instrumento musical
- Alterar rotas (modificar a rotina, seja a pé ou de carro)


Fonte: www.g1.com.br


Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA