Google+ Followers

LEIA O TEXTO EM OUTRAS LÍNGUAS / READ TEXT IN OTHER LANGUAGES

terça-feira, 29 de março de 2011

MORRE AOS 79 ANOS JOSÉ DE ALENCAR: UM EXEMPLO DE VIDA E DE LUTA PARA OS BRASILEIROS




EDITORIAL

Quem somos? O que somos? Quais os nossos limites? Perguntas que me levam a refletir sobre a força e vontade de superar os maiores obstáculos que o ser humano pode enfrentar na vida. José de Alencar, ex-Vice-Presidente do Brasil (2002 - 2010), um homem de fibra, de valor, exemplo para os brasileiros. As qualidades aqui mencionadas não vieram à tona porque ele resistiu a mais de uma dezena de cirurgias de alto risco, pois era acometido de câncer, doença que o levou à morte, mas simplesmente porque em toda sua vida profissional foi um homem de respeito, probo, de simpatia e sorriso que estreitavam qualquer relacionamento com as pessoas que o arrodeavam.
Saiu de uma pequena cidade do interior de Minas Gerais para construir uma das maiores empresas do mundo, a Coteminas S.A. Sua brilhante forma de administrar seduziu o então candidato a Presidência do Brasil, Luís Inácio Lula da Silva, que o escolheu para ser seu Vice-Presidente. Estava certo de que José de Alencar seria a pessoa mais indicada para ser seu braço direito no governo.
Para a Associação dos Atalaienses, o mais importante que se pode extrair de uma vida exemplar como essa, é a maneira como um cidadão do interior do Brasil, assim como a maioria dos jovens atalaienses, de família simples, humilde, porém muito batalhadora, superou todas as dificuldades da vida e venceu, triunfou, promovendo dignidade, qualidade de vida e status para sua família. Pessoas como José de Alencar contribuem muito para que os nossos jovens possam ter um perfil a seguir, um caminho a trilhar e vencer na vida.
Poderia ainda destacar a expressiva simpatia que ele carregava em todos os momentos de sua vida. Não importava se era durante o relacionamento com seus trabalhodores, ou com empresários do ramo, ou  om políticos com os quais conviveu nos seus últimos anos, ou finalmente com a imprensa, pressionando-o a dizer ou desdizer sobre assuntos importantes do cotidiano dos brasileiros.
O Brasil, Senhor eterno Vice-Presidente, jamais se esquecerá de V. Exa. Sua trajetória de homem reto, ilibado, é e será sempre orgulho para as pessoas de bem, para os brasileiros.



Elaborado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA


Em: 29 de março de 2011




sexta-feira, 25 de março de 2011

O IMPRESSSIONANTE CONTRASTE ENTRE O QUERER E O SER



EDITORIAL

Uma cena repugnante: policiais militares do Amazonas protagonizaram uma das cenas mais tristes e negativas já registradas no cenário nacional, em que um adolescente recebera três tiros de pistola calibre .40 a queima roupa. Graças somente a Deus hoje ele está vivo. O fato impressiona pela covardia e gerou comoção na sociedade brasileira.
Não é de agora que a sociedade questiona atitudes como essa. Coloca em xeque a já  tão maculada imagem da Polícia Militar e, no caso, do Amazonas. Porém, aproveito a oportunidade para chamar a atenção de uma situação interessante: quem são os policiais militares? Qual a sua origem familiar? Em que meio social ele convivia até antes de ser policial? Teve ele educação de base familiar? São questionamentos que destacamos para tentar descobrir os motivos de atitudes desumanas e até crueis.
O policial militar da atualidade é insurgente das várias classes sociais brasileiras e, depois de garantirem o ingresso no cargo público por meio de concurso público, passam por um treinamento com disciplinas de ordem jurídica, interpessoal, militar, psicológica, ética e moral, num período regular de 6 meses. Um tempo relativamente suficiente para prepará-lo a lidar com as pessoas de bem e com os infratores, respeitando-os em seus direitos humanos e dignidade. Muito embora o tempo seja relativamente suficiente para lidar com a sociedade, não há tempo suficiente para mudar a personalidade, o caráter ou a índole do cidadão. Quem são eles? São frutos da sociedade, a mesma sociedade que reclama, que repugna as ações criminosas dos maus policiais, que exige comportamento ilibado. Hoje, as famílias estão esfaceladas, desestruturadas, quase inexistentes. Os jovens modernos, apesar de estudarem e, quase sempre para passar em um concurso público, apresentam comportamentos que a própria sociedade não deseja, desaprova, mas que não age para sua efetiva mudança, não se envolve com tais problemas para ver o jovem moderno educado, polido, reto, a fim de que ele possa ser um "homem" de boa-fé inserido nas diversas profissões que devem desenvolver um trabalho voltado para o bem estar da sociedade, que promova e garanta dias melhores para todos e, no caso da profissão policial-militar, ele seja de fato e de direito um aplicador da lei, um profissional de respeito pela sua conduta, oriunda da sua educação de base, da educação familiar e não do treinamento que recebera em um curso de 6 meses. A Polícia Militar abriu 2.347 vagas para seu quadro. Você sabe quantos cidadãos inscreveram-se com a idéia de ser policial militar? Simplesmente cerca de 45 mil pessoas saindo do seio da sociedade desejando ser policial. Eles não nasceram polilciais, e você, pai ou mãe, deu-lhe preparo adequado, deu-lhe a base necessária para ser um verdadeiro homem?
Queremos na verdade alertar para o fato de que devemos sim repudiar as ações praticadas pelos policiais militares contra aquele adolescente de 14 anos, mas enaltercer a imperiosa necessidade de rever o novo formato de sociedade e consequentemente seus constumes quanto aos fatos e modo de vida. Enquanto estivermos apenas montado no contexto de ações reativas, criticando os resultados, nada vai mudar, e comportamentos inaceitáveis, ilícitos e imorais continuarão sendo praticados. Faz mister, portanto, trabalhar as ações proativas, em que cada cidadão se preocupa em educar-se e educar, preparar-se e preparar, formar-se e formar, respeitar-se e respeitas, orientar-se e orientar, envolver-se e comprometer-se com a sociedade como um todo.
Diante de tantas crueldades e de insessantes aberrações, é preciso entender que devemos agir e não apenas falar, criticar e fazer uma auto-avaliação: eu fui preparado pela minha família e pela sociedade? Eu preparei meu(s) filho(s) para conviver em sociedade, para assumir responsabilidades, ocupar um cargo importante, ser policial militar (verdadeiro aplicador da lei), ser médico, professor, ou qualquer outra profissão?
Paremos para analisar esses questionamentos e vejamos se podemos responder o por quê de tantas situações exdrúxulas, absurdas, desumanas, irresponsáveis.
Espero que os gritos de horror repercutam no seio da sociedade, de modo que promovam paz, tranquilidade, serenidade, amor e vida.



Elaborado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA


quarta-feira, 23 de março de 2011

EM NOVO GOVERNO, AMAZONAS CONTINUA SENDO PRIVILEGIADO


MANAUS - Durante o governo Lula, ficou evidente que o Estado do Amazonas ingressou no cenário nacional como um dos estados mais beneficiados, ou pelo menos, um dos mais lembrados e visitados pelo então presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Em 2011, já no governo da Presidente Dilma, há pouco mais de três meses, o nosso estado já recebe sinais de que a rotina de visitas presidenciais não será diferente. Ontem, dia 22, Dilma pousou na capital amazonense para lançar um programa de apoio a prevenção do câncer da mama e do colo de útero, em nível nacional. Dilma ainda firmou o compromisso de campanha ao afirmar que a Zona Franca de Manaus será estendida até 2050, um privilégio para poucos e importante para o povo amazonense e para o Brasil.
A vinda da presidente Dilma nesse início de ano é verdadeiro e recíproco, considerando o que fora feito nas urnas, no último pleito eleitoral, consignando expressiva votação para a então candidata do Presidente Lula, demonstrando total aceitação e agradecimento pelo que fora feito em nosso Estado.
A Associação dos Atalaienses espera que esta aliança perdure e seja bem sucessida, de modo a beneficiar diretamente o povo amazonense, em todos os setores da sociedade. Que esse reflexo posotivo seja o retrato da realidade local, e que em curto espaço de tempo, as beneces cheguem diretamente aos estudantes do Brasil, em especial, ao estudante amazonense.



Elaborado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA


terça-feira, 22 de março de 2011

Tribunal de Justiça do Amazonas abrirá 500 vagas para o interior

Presidente do TJAM, João Simões, chamou a atenção para o fato de que em algumas localizadades as comarcas trabalham com funcionários cedidos pela prefeitura local

 

 ATENÇÃO, CONCURSEIROS ATALAIENSES, MAIS UMA GRANDE OPORTUNIDADE DE OCUPAR CARGO PÚBLICO. APROVEITE E CONQUISTA SEU ESPAÇO. TORCEMOS POR VC!!!

 

MANAUS - Apesar da confirmação do concurso para preenchimento de 700 vagas, anunciada na manhã desta segunda-feira (21), pelo presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), desembargador João Simões, as datas de abertura das inscrições e de realização das provas, bem como cargos e salários, só deverão ser definidas a partir da próxima quinta-feira (24), quando a comissão que cuida do certame irá se reunir.
Integrada por três juízes e dois servidores, a referida comissão é presidida pela desembargadora Carla Reis.
Em entrevista coletivo na manhã de hoje, o desembargador João Simões explicou que o certame terá aproximadamente 700 vagas, das quais 242 serão para preencher os cargos atualmente ocupados por funcionários temporários, e o restante para cadastro de reserva.
Entretanto, os aprovados do cadastro de reserva poderão assumir cargos nas comarcas do interior do Amazonas, onde é maior a demanda por funcionários, segundo Simões.
Ele chamou a atenção para o fato de que em alguns interiores as comarcas trabalham com funcionários cedidos pela prefeitura local.


Fonte: www.acritica.com.br


Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA


sábado, 19 de março de 2011

SINISTROS ABALAM O MUNDO




Não bastassem as catástrofes naturais que abalam o Japão e que até então causaram milhares de mortes, estamos na iminência de presenciar o início de mais uma grande guerra, envolvendo países da OTAN e a Líbia, país comandado por um ditador há mais 40 anos ininterruptamente. São dois eventos que, independente da repercussão que a mídia dar, por si são repugnantes.
Dentre as maiores catástrofes já registradas, o terremoto no pacífico norte dia 10 de março, em águas japonesas, gerou um abalo sísmico de proporção 8,9º de magnitude, causando um tisuname e, por conseguinte, destruição de algumas cidades do Japão, cujos resultados registram mais de 7 mil mortes e mais de 11 mil desaparecidos. Um sinistro apenas superado pelas extraordinárias virtudes próprias daquele povo tão especial: paciência, serenidade, tranquilidade, equilíbrio, etc., mesmo diante de tamanha hecatombe, uma lição para o mundo.


Mas, o pior parece não ter fim, pois não bastassem os desastres naturais, o homem promove outro sinistro, em meio a interesses da população Líbia, cansada do seu Presidente-Ditador Muammar Kadaf, há 42 anos dizendo e desdizendo, sem que o seu povo, maior patrimônio, tenha perspecitivas de qualidade de vida, apesar dos petrodólares, e o interesse comercial dos países da Organização do Tratado do Atlântico Norte - OTAN, com seu poderio bélico insuperável. Estamos perto de presenciar mais um desastre, já que os países da OTAN, autorizados pela ONU começaram a bombardear a Líbia, a fim de proteger a população local, que está sendo massacrada pelo ditador.
Duas situações, dois momentos, uma única vítima: a humanidade. Lamentamos que a terra, própria de sua natureza, promova sinistros que destroem, desassolan e matam humanos. Lamentamos que ainda existam homem, representantes do povo, que matam por interesses pessoais ou por motivos torpes, apesar de o interesse maior ser da vida, do homem, da população.
A AFAMA deseja que ambos os eventos tenham imediatamente fim. Cessem por um interesse maior, cessem pela vida, pelo homem, por Deus.



Elaborado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA





quinta-feira, 17 de março de 2011

Tomar sol é fundamental para o corpo obter vitamina D, explica especialista

Arte Bem Estar Vitamina D (Foto: Arte/G1)


O vaivém de pessoas no metrô, em shoppings e empresas é constante, principalmente nas grandes cidades. Mas será que, em algum momento, elas veem a luz do dia?
Ao contrário do que muitos pensam, com medo do câncer de pele, o sol é fundamental para a saúde e o funcionamento do corpo. Por meio dos raios do tipo ultravioleta B, nosso organismo obtém a vitamina D e, com ela, melhora a absorção do cálcio, fortalecendo os ossos.
Quem esteve no Bem Estar desta quarta-feira (16) para aprofundar o assunto foi o reumatologista Cristiano Zerbini, do Hospital Sírio-Libanês e do Hospital Heliópolis, em São Paulo. O médico explicou que o sol é responsável por cerca de 90% da aquisição de vitamina D pelo homem, e os alimentos (como leite, gema de ovo, manteiga, peixes de água fria, shitake seco e óleo de fígado de bacalhau) respondem pelos outros 10%. Idosos e pessoas que não podem tomar sol com frequência são indicados a usar suplementos de vitamina D.
Zerbini recomendou pegar sol no mínimo três vezes por semana, em média durante 15 a 20 minutos, sempre antes das 10 horas da manhã. O ideal, segundo ele, é usar camiseta e bermuda e expor braços, pernas, pescoço e rosto sem filtro solar nesse curto período, pois fatores de proteção acima de 8 já impedem a produção do nutriente pela pele. Indivíduos muitos brancos devem tomar sol mais cedo e por cerca de 5 minutos, e os de pele escura podem ficar ao sol por um tempo pouco maior.
Em nota, a Sociedade Brasileira de Dermatologia defendeu que pessoas com pele muito clara, que têm maior risco de câncer de pele, sempre usem protetor solar e, apenas três vezes por semana, tomem sol - só nos braços. Segundo a entidade, essa exposição já é suficiente para um aporte adequado de vitamina D.
No estúdio, o especialista também falou sobre como o sol entra pela pele e segue até os rins e o fígado, onde ocorre a transformação da vitamina D. Zerbini demonstrou, ainda, como é um osso sadio e outro tomado por osteoporose – doença que enfraquece os ossos por formação inadequada ou desgaste, e pode causar fraturas principalmente na coluna, bacia, nos punhos e nas costelas.
Além de fixar o cálcio nos ossos e, com isso, evitar a osteoporose, a vitamina D mantém o equilíbrio, evita quedas e dá mais vigor aos músculos. A falta dessa substância no organismo, esclareceu o reumatologista, pode ser identificada em testes laboratoriais, pela análise do cálcio na urina (se houver pouco, é um sinal de alerta) ou por exames de sangue. Não costumam se manifestar sintomas em adultos, exceto por uma eventual dor, cansaço ou falta de equilíbrio. Já as crianças com deficiência de vitamina D podem desenvolver raquitismo, doença que inclui fraqueza e perda óssea.
O consultor Alfredo Halpern também citou que estudos apontam que a vitamina D pode ajudar no tratamento de doenças reumáticas, autoimunes, diabetes e alguns tipos de câncer.
Para a boa saúde dos ossos, apontou Zerbini, é preciso sol, cálcio e também exercícios físicos. Nas ruas, a repórter Marina Araújo perguntou a várias pessoas se elas tomam sol e se sabem se têm ou não deficit de vitamina D. De acordo com a nefrologista Rosa Maria Moysés, que liderou uma pesquisa com 600 moradores de São Paulo durante o inverno, 75% dos paulistanos apresentaram níveis do nutriente abaixo do normal. No verão, a porcentagem cai para 45%, o que ainda é muito elevado para um país tropical onde esse índice deveria ficar em torno de 5%.
Cálculo de proteção solar

Para calcular qual deve ser o cuidado para cada tipo de pele, a indústria leva em conta o tempo que uma pessoa branca demora a ficar vermelha. Por exemplo, se alguém exposto ao sol começar a se queimar em 3 minutos, deve-se multiplicar esse tempo por 15, e o resultado é o período em que a pele estará protegida, ou seja, 45 minutos. Depois disso, o indivíduo deve reaplicar o protetor.


Fonte: www.g1.com.br

Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA


terça-feira, 15 de março de 2011

Edital de concurso do Manaustrans é publicado no Diário Oficial


MANAUS – A Prefeitura de Manaus publicou no Diário Oficial do Município desta segunda-feira (14) o Edital do concurso público do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans). Certame para preenchimento de 500 vagas será executado pelo Centro de Estudos Avançados e Treinamento (CEAT) e a taxa de inscrição foi fixada em R$ 65.
A seleção é para o cargo de agente da Autoridade de Trânsito, conhecidos como “azulzinhos”, com vencimento de R$ 415, gratificação de exercício de cargo de R$ 1.244,58 e auxílio alimentação. A jornada de trabalho da função é de 30 horas semanais. Entre os requisitos para concorrer ao cargo, está o certificado de conclusão do Ensino Médio, idade mínima de 18 anos e Carteira Nacional de Habilitação (CNH) nas categorias, 'AB', ou 'AC', ou 'AD', ou 'AE'.
As inscrições serão abertas nesta quinta-feira (17) e deverão ser efetuadas exclusivamente via internet, no endereço eletrônico www.ceatconcursos.com.br. Os candidatos que não tiverem acesso à internet podem realizar o trâmite na sede da Ceat, na Rua 25, nº 1031, Conjunto Castelo Branco, bairro Parque Dez, zona Centro-Sul de Manaus. O prazo de inscrições termina no dia 17 de abril.
A prova objetiva terá a duração de 4 horas e será aplicada na data provável de 8 de maio de 2011, no turno da manhã. A divulgação dos locais de realização da prova objetiva serão publicados no Diário Oficial do Município de Manaus e divulgado no dia 02 de maio.
O exercício do cargo terá inicio imediatamente após a posse. Não haverá reserva de vagas para pessoas com deficiências, segundo a Prefeitura, devido às peculiaridades no exercício das funções do cargo.



Fonte: Portal Amazônia - portalamazonia@redeamazonica.com.br


 
Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA

sexta-feira, 11 de março de 2011

Tremor e tsunami no Japão deixam mais de mil mortos e desaparecidos

Forte abalo de magnitude 8,9 atingiu a costa próximo à ilha de Honshu.
Houve destruição no litoral da principal ilha do país, e há quase mil feridos.

O forte terremoto de magnitude 8,9 que atingiu nesta sexta-feira (11) a costa nordeste do Japão, segundo o Serviço Geológico dos EUA (USGS), gerando um tsunami (onda gigante com potencial destrutivo) de até dez metros de altura que varreu a costa do país, deixou mais de mil mortos ou desaparecidos, além de ter destruído regiões inteiras.
O tremor foi o 7º pior na história, segundo a agência americana, e também o pior já registrado no Japão.
A Polícia Nacional informou que 178 pessoas morreram, 584 estão desaparecidas e ao menos 947 estão feridas. A polícia da província de Miyagi disse que até 300 corpos de vítimas do tsunami foram encontrados na região costeira da cidade de Sendai. As autoridades acreditam que são corpos de residentes que morreram afogados pela onda de dez metros de altura que atingiu o litoral.
A agência Kyodo e outros veículos estimaram que o número de vítimas pode passar de mil. A maioria deles teria morrido afogada.
O abalo provocou um tsunami que alcançou áreas da cidade japonesa de Sendai, na ilha de Honshu, a principal do arquipélago japonês.
Carros, barcos foram arrastados, casas e outras infraestruturas foram destruídas, e as imagens da destruição, feitas de helicópteros, são impressionantes.
Um vídeo da TV local mostrou a onda gigante arrastando carros em sua chegada à costa.
Em muitos lugares, o mar ultrapassou os diques de proteção e avançou vários quilômetros por terra, recordando cenas do tsunami que ocorreu no Oceano Índico, em 2004.

Alerta no Pacífico
O Centro de Alerta de Tsunamis do Pacífico, agência americana, emitiu um alerta para vários países na costa do Pacífico, avisando da possibilidade da chegada de ondas de até dez metros, mas até agora não houve relato de destruição fora do Japão.
A Casa Branca avaliou que os EUA, principalmente o estado do Havaí, escaparam do pior, mas moradores foram retirados da costa da Califórnia.

Moram na região próxima ao epicentro pelo menos 17 mil brasileiros, segundo a embaixada, que colocou à disposição telefones para informações.
O tremor teve epicentro no Oceano Pacífico a 130 km da península de Ojika, no Japão, a uma profundidade de 24 km, considerada pequena para terremotos.
Ele ocorreu às 14h46 (hora local, 2h46 de Brasília) e foi seguido por mais de 100 fortes tremores de magnitude superior a 5, segundo o USGS, alguns deles percebidos pelos moradores. O governo japonês emitiu um alerta sobre o risco de fortes réplicas.
O primeiro-ministro do Japão, Naoto Kan, qualificou como "grandes" os danos causados pelo abalo. Kan pediu "calma" à população. Ele estava no Parlamento na hora do tremor.
Cerca de 4,4 milhões de imóveis ficaram sem energia no norte do Japão, segundo a imprensa, e foram registrados incêndios em pelo menos 80 lugares, segundo a agência Kyodo.
O terremoto sacudiu com força os edifícios de Tóquio. Alarmes foram disparados nos prédios, houve correria, e as linhas telefônicas ficaram bloqueadas.

mapa terremoto japao atualizada (Foto: Arte G1)

As autoridades japonesas pediram aos moradores da capital que ficassem no centro da cidade e que não tentem chegar a suas casas se vivem nos arredores. O transporte coletivo entrou em colapso na capital.
A parede de água entrou quilômetros adentro pela costa da ilha de Honshu, arrastando casas e transformando os portos em cenários de desoladora devastação.
Nas áreas rurais próximas, a onda varreu as frágeis casas de madeira como se fossem de papel, e em questão de minutos devorou centenas de hectares de plantações.

Carros em estrada danificada pelo tremor na cidade de Yabuki 
nesta sexta-feira (11) (Foto: AFP)Carros em estrada danificada pelo tremor na
cidade de Yabuki nesta sexta-feira (11) (Foto: AFP)

Em Aomori, no extremo norte da ilha, pelo menos cinco embarcações grandes, algumas emborcadas de cabeça para baixo, foram levadas pelas águas.
Algumas foram paradas por árvores, outras, por conjuntos de lojas ou barreiras marítimas.
Em Ibaraki, era possível ver do alto grandes casas flutuando pela enchente, cercadas por dezenas de carros.
Um navio com 100 pessoas a bordo foi virado pelo tsunami na costa, segundo a agência Kyodo.
As autoridades japonesas disseram que um trem de passageiros desapareceu depois da passagem do tsunami, informou também a Kyodo.
O trem da East Japan Railway Co. se encontrava perto da estação de Nobiru, no percurso que liga Sendai a Ishinomaki, quando ocorreu o violento terremoto.
Um segundo trem teria desaparecido, anunciou a agência de notícias Jiji, sem precisar se se trataria de uma composição de passageiros ou de carga.
Chile
Em 27 de fevereiro do ano passado, um tremor de magnitude 8,8 atingiu o Chile e deixou mais de 800 mortos. O terremoto no Chile, considerado então o quinto maior da história, ocorreu durante a madrugada e também causou tsunamis. O epicentro foi a 35 km de profundidade.


Fonte: www.g1.com.br


Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA


 

 

Inscrições para concurso da Polícia Militar do Amazonas são prorrogadas



MANAUS - A Polícia Militar do Amazonas (PM/AM) adiou para o próximo dia 18 de março o término das inscrições para o concurso da corporação, que oferece 2.743 vagas. Segundo o comandante da PM, coronel Dan Câmara, a prorrogação deve ajudar os candidatos que não efetuaram pagamento devido ao não-funcionamento dos bancos durante o feriado de Carnaval. Até a última quarta-feira (9), haviam cerca de 80 mil pessoas mas apenas 26 mil confirmadas com o pagamento da taxa de inscrição.
O governador do Estado, Omar Aziz, anunciou o concurso no dia 2 de fevereiro. As vagas estão distribuídas em quatro editais para diferentes cargos, publicados no Diário Oficial do Estado (DOE) do dia 3 do mesmo mês.
A prova será realizada pelo Instituto Superior de Administração e Economia da Amazônia, da Fundação Getulio Vargas (Isae/FGV). As inscrições continuam disponíveis apenas pela internet. A taxa é de R$ 50 para as vagas de Praça Combatente (soldado) e de R$ 70 para Oficiais Combatentes, Oficiais de Saúde e Praças Especialistas.
São disponibilizadas 2 mil vagas para soldados, com remuneração inicial no valor de R$ 1.104,81 e exigência de Ensino Médio completo. Para esse cargo, as inscrições podem ser feitas no endereço eletrônico: www.isaeamazonia.org.br/pmam02. O concurso oferece, ainda, 405 vagas para Oficiais Combatentes, com Ensino Médio e Superior e remuneração inicial de R$ 3.274,66. As inscrições devem ser feitas no site www.isaeamazonia.org.br/pmam01. Há ainda 29 vagas para Praças Especialistas, com Ensino Médio, remuneração inicial de R$ 1.685,06 e inscrições no site www.isaeamazonia.org.br/pmam03. Outras 39 vagas são destinadas a Oficiais de Saúde, que devem ter curso Superior, com salário inicial de R$ R$ 3.400,60 e inscrições também pela internet em: www.isaeamazonia.org.br/pmam04. (MS)


Fonte: www.portalamazonia.com


Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA

quinta-feira, 10 de março de 2011

Inscrições para o Concurso da PM encerram nesta quinta (10)

 Concurso ampliará afetivo da PM para mais de 10 mil soldados e oficiais (Foto: Luis Vasconcelos)

Quase 85 mil já se inscreveram. Certame oferece 2,4 mil vagas para soldados, praças, oficiais combatentes e oficiais de saúde.



Até esta quarta-feira (9) o Instituto Superior da Amazônia (Isae), da Fundação Getúlio Vargas (FGV) registrou quase 85 mil inscritos no concurso público da Polícia Militar do Amazonas, que oferece 2,4 mil vagas.
As inscrições encerram, nesta quinta (10), às 20h, no site www.isaeamazonia.org.br.
São quatro editais para oficiais combatentes, soldados, praças especialistas e oficiais de saúde de nível superior, com salários iniciais que variam de R$ 1.104,81 a R$ 3.400,60.
O boleto deve ser pago em qualquer agência bancária  ou “Internet  Banking” até às 20h desta quinta (10), horário de Manaus.
A prova para praças (combatentes e especialistas) será aplicada no dia 30 de abril e a de oficiais (combatentes e especialistas) no dia 1º de maio. Assim, há possibilidade realizar até duas inscrições.
O local  e  horário  das  provas  serão  divulgados  pelo  cartão  de  confirmação  que  estará  disponível  a  partir  de  15  de  abril  de  2011,  no  site do Isae.
O primeiro edital contempla 405 vagas de oficial combatente, sendo 117 para o curso de formação de oficial, 119 para bacharel em Direito e 100 para Ensino Médio com salários de R$ 3.274,66 a R$ 3,4 mil.
O segundo edital traz 2 mil vagas para soldados, sendo que aluno-soldado ganhará salário de R$ 1.104,81, que passará para R$ 1.637,33 ao concluir o curso de formação.
Mais 29 vagas de Ensino Médio serão distribuídas a praças especialistas técnicos em auxiliar de enfermagem, odontologia, veterinária, além de músicos (clarinete, saxofone, trombone, trompa e corneta).
A remuneração será de R$ 1.685,06. Com salário de R$ 3,4 mil, o edital prevê 39 vagas para oficiais de saúde em nível Superior, como médicos, dentistas, veterinários, farmacêutico, enfermeiros, psicólogos e fisioterapeutas.


 Fonte: www.acritica.com.br




Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA


  

Meu Jogo Inesquecível: a idolatria de Fátima Bernardes por Roberto Dinamite


Apresentadora do 'Jornal Nacional' não se esquece da volta do camisa 10 ao Vasco, quando ele marcou cinco gols num 5 a 2 sobre o Corinthians


Uma paixão hereditária. Amor transmitido de pai para filha. Ou corrente que deve ser preservada para o bem-estar da família. Estes são três dos muitos motivos do carinho incondicional de Fátima Bernardes pelo Vasco. Um passatempo da infância, que ganhou corpo na vida adulta e se transformou numa bandeira da apresentadora do "Jornal Nacional".
Escudeira do pai quando criança, a jornalista tinha a missão de escutar os duelos do time cruz-maltino e informá-lo sobre o placar. Não só desenvolveu técnicas para amenizar a ansiedade de um de seus melhores amigos como se encantou pelo Gigante da Colina.
- Sou vascaína por causa do meu pai, que é fanático e fica tão nervoso e desesperado com os jogos a ponto de não conseguir assisti-los. Lembro de ouvir as partidas no radinho desde pequena. Quando o Vasco estava ganhando por três gols de diferença, eu entrava na sala e contava o resultado para ele. Era o jeito de aliviá-lo da tensão. Mas, se a partida estivesse empatada, não podia nem ouvir radinho em casa. O engraçado é que ele conhecia os vizinhos vascaínos. Logo, se ninguém fizesse barulho é porque o nosso time estava perdendo - recordou.
Se faltava algo para fortalecer a paixão pelo Vasco, Fátima Bernardes passou a enxergar Roberto Dinamite como um porto seguro. De ídolo, o camisa 10 virou sinônimo de esperança. E nem quando deixou o clube para atuar no exterior perdeu espaço no coração daquela torcedora. Pelo contrário, o retorno do atacante ao Brasil foi mais do que especial. Tornou-se inesquecível para a apresentadora (assista ao vídeo ao lado dos gols do clássico).
- Sempre fui fã do Roberto Dinamite. Então, meu jogo preferido foi a volta dele ao Vasco, depois de ele ter ido jogar no Barcelona. A partida terminou 5 a 2, com cinco gols do meu ídolo. Não estava preocupava se ele tinha ou não se adaptado lá fora. O importante é que o Roberto havia retornado. Acho que nem ele, na melhor das expectativas, poderia prever que ia marcar tantos gols em um só duelo. Foi inesquecível - afirmou.

Sendo assim, ela isenta o agora presidente vascaíno pela decadência do clube nos últimos anos.

- O Roberto está demorando a colocar o time para frente. Talvez porque falte dinheiro e devido às dificuldades de conseguir patrocinadores. Mas não o culpo pelo fato de o Vasco ter caído. Já era para ter sido rebaixado antes, o time vinha se arrastando e com muitos problemas. Ele recebeu o Vasco falido. O clube não respeitava a imprensa. Era uma dificuldade entrar e trabalhar lá. Isso envergonhava. O Vasco sempre foi um clube que se orgulha de ter colocado pela primeira vez um negro na equipe, com mil histórias no seu passado, mas com um presente de arrogância e intolerância que não combinava com a instituição nem com a torcida. Nesse caso, o fato de ter sido rebaixado não é nada - comparou.

Fátima Bernardes com monitor do Vasco (Foto: André Durão / GLOBOESPORTE.COM)
(Foto: André Durão / GLOBOESPORTE.COM)

Fátima Bernardes lamenta não poder frequentar os estádios. A vida corrida dificulta maior fidelização ao time. No entanto, um dos maiores sonhos dela é ver um título num dia em que esteja presente no Maracanã.
- Nunca vi o Vasco ser campeão no Maracanã. Vai custar, né, amigo? Agora vou ter que esperar até 2014, porque o Maracanã está fechado. Não é nem pela atual fase. Eu já estava querendo ver (esse título) em qualquer lugar. Podia ser lá na Rua Bariri, que estava bom. Não está rolando, mas eu sou otimista - brincou.

Rivalidade com o marido William Bonner

A jornalista conta como é assistir aos jogos ao lado do marido William Bonner. Apesar de ambos se respeitarem, existe uma certa rivalidade, principalmente quando Vasco e São Paulo se enfrentam.
- Cada um torce ferrenhamente para o seu time, só que o William fica mais quieto. Já eu torço mais para fora. Aliás, quando ele tenta se manifestar, eu digo que está secando. No fim levamos tudo na brincadeira. Um respeita o outro. Quando o Vasco não joga, torço para o São Paulo ganhar. Mas quando esses dois times se enfrentam, nada de ficar em cima do muro. Quero que o meu sempre vença - disse.
Preocupada com o desempenho ruim do Gigante da Colina nos últimos dez anos, Fátima Bernardes reconhece que está perdendo terreno em casa. Se antes os três filhos dela eram cruz-maltinos, agora pensam em debandar para o Tricolor paulista. 
- Eu estou triste porque as três crianças eram vascaínas, mas parece que o Vinícius não está resistindo à pressão. Estou firme e forte, só que é difícil. Agora ele diz que é são-paulino. Acho que não aguentou essa fase. Os meus filhos nasceram num ano muito legal, em 1997, quando o Vasco foi campeão brasileiro. Na época, até ganharam uma camisa autografada do Juninho Pernambucano.
Por outro lado, a apresentadora do "Jornal Nacional" tenta separar o passado de glórias da história recente vascaína. Motivos não faltam para ela crer que o clube está preto da redenção, a começar por uma das músicas preferidas dos torcedores.
- O fato de o Vasco ser marcado como o time da virada é um conforto para um torcedor que começa a ver um jogo e a equipe dele sai perdendo. Eu sempre tive esse estímulo para acreditar na vitória.

Jornalista se preocupa com a escassez de ídolos em São Januário
No entanto, Fátima lembra que o Vasco precisa se revigorar e, para isso, formar expoentes. Na opinião dela, não basta atrair craques. É necessário encontrar jogadores com a cara da instituição e da torcida. Tem que ter um ídolo de novo. Não podemos abrir mão de um homem de referência no Vasco. O último que tinha identidade com o clube foi o Juninho Pernambucano"
- Tem que ter um ídolo de novo. Não podemos abrir mão de um homem de referência no Vasco. O último que tinha identidade com o clube foi o Juninho Pernambucano. Nós tivemos grandes nomes, como o Romário, mas que passaram por muitos clubes. Isso dificulta para um garoto, por exemplo, formar opinião. Às vezes, uma criança gosta mais de um determinado jogador que ainda não tem uma ligação forte com o clube - ponderou. A paixão da apresentadora pelo Vasco é tão grande que contagiou a sua irmã mais nova. Ela conseguiu mudar o time da caçula da família na base da persuasão.
- Tinha uma irmã que era botafoguense por causa da minha mãe. Mas a gente sentiu que ela queria trocar de time. Então, eu disse para ela que naquela idade era comum mudar de clube. E aí ela passou a ser vascaína - recordou.

O jogo inesquecívelO dia 4 de maio de 1980 ficou marcado na memória de Fátima Bernardes e da grande maioria dos vascaínos. Foi quando um dos maiores ídolos do Vasco, o atacante Roberto Dinamite, retornoudo Barcelona após três meses longe da Colina. Ele foi o destaque do clássico Vasco x Corinthians, no Maracanã, pelo Brasileirão. Balançou a rede cinco vezes nas seis oportunidades que teve e garantiu o goleada por 5 a 2, numa rodada dupla que antes teve Flamengo 3 x 0 Bangu. Os torcedores do rival que ficaram na arquibancada para secar o Vasco acabaram assistindo a um show de Dinamite.
Aos 11 minutos do primeiro tempo, o volante Caçapava fez 1 a 0 para o Timão, com uma bomba de fora da área. Mas a alegria durou pouco. Dois minutos depois, o artilheiro da noite roubou a bola de Basílio e bateu forte. 1 a 1. Ainda na etapa inicial, Roberto deixou sua marca mais três vezes. O segundo tento saiu em um chute certeiro da entrada da área. No terceiro, ele recebeu um lançamento de Guina e bateu no canto. No quarto, completou uma bola dentro da pequena área, na cara do goleiro Jairo. Com o placar de 4 a 1, Sócrates diminuiu de pênalti para os paulistas. Na volta do intervalo, Dinamite fez o quinto gol daquela tarde inesquecível.


Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA



Manaus-AM, 10 de março de 2011












segunda-feira, 7 de março de 2011

8ª CONFRATERNIZAÇÃO DA AFAMA: UMA FESTA INESQUECÍVEL



MANAUS - Não adiantou São Pedro mandar muita chuva (rsrsrsrsr). A 8ª Confraternização dos Atalaienses foi inesquecível. Cerca de 250 convidados prestigiaram esta que já é a mais importante das comemorações das representações dos municípios do Alto Solimões. Na ocasião, os 56 anos de emancipação de Atalaia do Norte e o dia Internacional da Mulher foram comemorados com muito carnaval, alegria e reencontros de velhos e novos conterrâneos que há muito tempo não se viam.
Um dos momentos mais marcantes ocorreu quando jovens atalaienses, com a ajuda dos convidados, cantaram o hino oficial de Atalaia. Para a velha guarda e fundadores da nossa iluminada terra ,o momento foi de grandes recordações, já que não se houve mais no dia a dia cantar o hino de Atalaia.
Outro não menos importante ficou marcado quando as mulheres, representadas pelas senhoras Tereza Chagas, Fátima Baima, Nazaré Barroso, Chagas Tenazor e Dona Bita, juntaram-se para apagar as velinhas dos 56 anos de Atalaia e de todas as mulheres.
A alegria foi contagiante mesmo debaixo de chuva. Quanto mais chovia, mais os convidados demonstravam que nada os atrapalharia. E nesse passo, a festa entrava pela noite com muito carnaval.
A Diretoria da AFAMA já fez uma avaliação da festa e concluiu que esta foi uma das melhores já realizadas, pois a participação de atalaienses, amigos e conterrâneos foi significativa. O Presidente Executivo, o atalaiense Tadeu, afirma que as festas da associação só são realizadas porque empresários amigos colaboram incondicionalmente. Para a realização da 8ª confraternização, por exemplo, essa parceria foi fundamental, pois o banquete, os brindes, a decoração do clube e todos os preparativos foram presenteados por eles. Ressalta ainda que qualquer pessoa pode colaborar voluntariamente. Quem quiser, pode deixar o contato ao fazer seu comentário sobre este artigo ou ligar para (92) 8160-7721 ou (92) 9275-5989.
Ao final, disse o presidente que ficou muito feliz porque tudo deu certo e espera contar com a participação de todos na próxima festa, já prevista para o mês de junho de 2011 e dos colaborares, sem os quais seria difícil realizar evento do porte que a AFAMA realiza.
AFAMA: AÇÃO ENTRE AMIGOS.


Editado e postado por Danille Castro Alves

Tesoureira da AFAMA


Manaus-AM, 7 de março de 2011