Google+ Followers

LEIA O TEXTO EM OUTRAS LÍNGUAS / READ TEXT IN OTHER LANGUAGES

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

AFAMA ANUNCIA A 8ª CONFRATERNIZAÇÃO DOS ATALAIENSES



Participaram da Sessão Extraordinária do dia 23 de fevereiro o Presidente da AFAMA - Tadeu Castro Alves; a Corregedora - Liduina Lima; a 1ª Secretária - Maria Creuza; a 1ª Tesoureira - Danille Castro Alves; a 2ª Tesoureira - Jane Honório e a Suplente - Maria Ivete.

A Associação dos Filhos e Amigos Atalaienses Residentes em Manaus - AFAMA, após Sessão Extraordinária realizada no dia 23 de fevereiro, na Sede provisória da AFAMA, definiu a data da próxima e já tradicional festa da associação, denominada Confraternização dos Atalaienses. A 8ª edição do evento acontecerá no dia 6 de março de 2011, conciliando a comemoração do aniversário do município de Atalaia do Norte, a Pérola do Javari, o dia internacional da mulher e o período de carnaval. O local é o mesmo onde normalmente as festas são realizadas: Clube dos Oficiais da PM, na Av. André Araújo, conhecido como ladeirão do forró. O evento terá início por volta das 11h e várias atrações destacarão o aniversário da cidade e o carnaval.
De acordo com a Diretoria Executiva da AFAMA, não foi possível comemorar o aniversário no dia 23 de fevereiro, data da emancipação do município, tendo em vista as dificuldades encontradas para o apoio logístico. Porém, tudo estará pronto até o dia 6, tendo as seguintes atrações:
Comemoração e canto de parabéns pelo 56º Aniversário de Atalaia do Norte;
Abertura do "Grito de Carnaval": Atalaia também dá Samba";
Texto em homenagem a Atalaia do Norte
Texto em homenagem ao dia internacional da Mulher;
Banda de forró e cantores da região;
Apesar de a festa ser para os atalaienses e amigos, a AFAMA estende o convite a todos os conterrâneos de Benjamin Constant, Tabatinga e Silves, associações co-irmãs que têm abrilhantado os eventos organizados pelos atalaienses.
Apenas a bebida: cerveja, refrigerante e água estarão à venda, uma forma de arcar com os custos da festa.  O banquete para o almoço será fornecido pelos associados, pela Diretoria Executiva e pelos convidados que voluntariamente darão sua contribuição.
Participe. Confraternize-se. AFAMA: AÇÃO ENTRE AMIGOS.







Redação de Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA



segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Receita vai apertar fiscalização sobre despesas médicas falsas no IR


Informação é do secretário da Receita Federal, Carlos Alberto Barreto. Segundo ele, Fisco vai lançar campanha nacional para alertar contribuinte.

A poucos dias de iniciar a entrega de declarações pelos contribuintes, que começa dia 1º de março de 2011, a Receita Federal vai aumentar a fiscalização sobre os recibos médicos falsos, ou com valores errados, utilizados pelos contribuintes para receber restituições maiores, ou pagar menos tributo, na declaração de Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF). O prazo de entrega do documento, neste ano, começa em 1º de março.
"O objetivo é intensificar já os procedimentos de malha e fiscalização sobre aquilo que gera fraude, que é abatimento indevido de despesa médica. Vamos começar operações de fiscalização preventivas e deixar o contribuinte avisado sobre o uso deste procedimento utilizado por pessoas inescrupulosas", disse Barreto a jornalistas. O contribuinte que não conseguir comprovar despesa usada como abatimento pagará multa de 75% sobre o valor devido.
Segundo ele, o Fisco utilizará, para isso, a Declaração de Serviços Médicos (Dmed), que foi instituída em dezembro de 2009 e que poderá ser utilizada para um ano fechado, pela primeira vez, no IR deste ano. A Dmed deve ser apresentada pelas prestadoras de serviços médicos e de saúde e pelas operadoras de plano privado de assistência à saúde até o final de março. "Com a Dmed, está muito mais fácil detectar essa fraude", declarou Barreto, que informou que as informações da Dmed serão cruzadas com aquelas declaradas pelos contribuintes no IR.
De acordo com o comandante do Fisco, a Receita vai atacar mais fortemente, neste ano, o uso de recibos frios. "Existem mecanismos e procedimentos, de pessoas que saem vendendo recibos. O contribuinte acaba pagando por um recibo que vai ser cobrado tributo", disse ele.
Barreto informou que a Receita Federal vai atrás do fraudador e, também, do contribuinte que usa recibos falsos, ou com valores errados. "Vamos fazesr um alerta para a população para evitar esses mecanismos. Haverá uma campanha nacional para alertar em todos meios de comunicação", afirmou.
Segundo ele, os contribuintes poderão ter informações sobre sua declaração de IR, e eventuais inconsistências detectadas pelo Fisco, eletronicamente, de modo que ele poderá corrigir a informação, ou informar que a empresa de saúde enviou dados errados, sobre as despesas médicas. "Ele vai poder acessar o documento eletronicamente e dizer se está certo ou errado. Se estiver errado, faz uma auto-correção. Se ele achar que o dele está certo e o da empresa errado, vai informar para a Receita Federal", declarou.



Fonte: www.g1.com.br



Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

EPIDEMIA DE DENGUE EM MANAUS PREOCUPA O INTERIOR DO AMAZONAS

 

Surto da dengue ainda não chegou a Atalaia do Norte, Benjamin e Tabatinga, mas já causa preocupação à população

 

A Associação dos Atalaienses - AFAMA faz um importante alerta aos moradores de Manaus e especialmente aos de Atalaia do Norte, Benjamin Constant e Tabatinga. Dia a dia o número de casos de dengue cresce e em alguns casos já causou a morte de infectados pelo mosquito. O contágio por dengue em Manaus já pode ser considerado o mais grave dos últimos dois anos. Segundo dados divulgados na tarde desta quinta-feira (17) pela Secretaria de Estado da Saúde (Susam), nas primeiras nove semanas de 2011 foram notificados 4.264 casos da doença. Nos 12 meses de 2009 e de 2010 foram notificados, respectivamente, 1.307 e 3.131 casos na capital amazonense.
Fazendo outra comparação, desta vez entre os casos totais notificados em 2009 e os divulgados nesta quinta pela Susam, chega-se a um crescimento de mais de 220% nos números de casos na capital amazonense. E isso apenas nas nove primeiras semanas do ano.
Já em comparação com 2010, a proporção é um pouco menor, mas não menos preocupante: os casos notificados nesses 48 dias estão 36% maiores que os registros de todo o ano passado.
De acordo com a Susam, das mais de 4,2 mil notificações este ano, quase 50% foram de casos positivos. Desses, pelo menos sete terminaram em óbito para os pacientes acometidos pela doença.


Municípios
 
Apesar de não haver registros de casos de dengue em Atalaia, Benjamin e Tabatinga, o alerta foi intensificado para que a população fique livre dessa doença e tome os cuidados necessários que impeçam o surgimento do primeiro caso e consequentemente elimine qualquer possibilidade de fazer parte dos dados estatísticos. Em alguns municípíos do Amazonas, o dengue vem causando preocupações, considerando principalmente os casos de morte que já ocorreram em Manaus. O segundo município do Estado em casos notificados é Tefé (a 525 Km de Manaus), com 944. Desses, 142 foram confirmados. Na lista divulgada pela Susam em seguida vêm os municípios de Coari (260 casos), Lábrea (236) e Itacoatiara (124).
A Associação dos Atalaienses espera a mobilização dos órgãos competentes para que a orientação e as medidas preventivas cheguem à população, principalmente das áreas mais carentes da cidade.



Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA




 

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

47 MUNICÍPIOS DO AMAZONAS COM FICHA SUJA NO GOVERNO FEDERAL

 

 

 Sem o cumprimento das exigências os municípios do Amazonas perdem uma de suas principais fontes de investimento: as verbas conveniadas com o Governo Federal


O Governo estadual  e 76% dos municípios do Amazonas estão impedidos de assinar convênios com o Governo Federal por possuírem pendências no Cadastro Único de Convênio (Cauc). Das 62 prefeituras do Estado, 47 têm irregularidades que atravancam a contratação de projetos com União.
A lista de restrições inclui indícios de malversação do dinheiro público, problemas  nas prestações de contas, falta  de recolhimento das contribuições à Previdência Social, não envio de relatórios de gestão fiscal e de execução orçamentária. O cadastro é atualizado diariamente. Na última sexta-feira, as prefeituras amazonenses totalizavam 157 itens pendentes.
O CAUC faz parte do Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal (Siafi) e pode ser acessado por meio do site da Secretaria do Tesouro Nacional: www.tesouro.fazenda.gov.br. O cadastro foi criado para dar mais transparência à gestão pública. Para ter a ficha de limpa de restrições as gestões estaduais e municipais precisam cumprir  25 itens exigidos pela Constituição Federal, pela Lei de Responsabilidade fiscal e Lei de Diretrizes Orçamentais, entre outras.
Sem o cumprimento dessas exigências os municípios do Amazonas, que vivem basicamente dos repasses constitucionais do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e do Imposto sobre circulação de mercadorias (ICMS),  perdem uma de suas principais fontes de investimento: as verbas conveniadas com o Governo Federal. Para se ter idéia da importância e do volume desses recursos, de janeiro de 1996 até o dia 7 deste mês, a União repassou R$ 4,4 bilhões para o Amazonas.
A ficha suja no CAUC também inviabiliza o direcionamento às prefeituras das emendas ao Orçamento da União  pelos membros da bancada amazonense no Congresso Nacional.  E impede o município de fazer empréstimos nos bancos oficiais como a Caixa Econômica Federal, o Banco do Brasil e o Banco da Amazônia (BASA). “Quem perde com isso é a sociedade. O município fica sem poder de investimento”, disse o presidente da Associação Amazonense dos Municípios e prefeito de Manaquiri, Jair Souto. 
Para Souto, mais do que malversação dos recursos, o principal entrave para a regularização do CAUC é a carência de técnicos nos municípios para dar conta da burocracia. “Manter o CAUC limpo exige acompanhamento diário. Não se pode perder nenhum prazo. E tem que cumprir as aplicações constitucionais em Educação e Saúde. Há dificuldade para contratar pessoas com formação superior para atuar nos municípios. A associação vai celebrar um convênio com o TCE para formar técnicos”, afirmou o prefeito.
O Governo do Amazonas possui restrições em dois itens do CAUC. Um referente a certidões do Fundo de Garantia por tempo de serviço. E outro por problemas na prestação de contas de convênios.
Três secretarias estaduais estavam inadimplentes ontem com órgãos do Governo Federal: as de Segurança (SSP) e de Infraestrutura (Seinf), e a Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur).
O motivo da restrição em nome da SSP é a instauração de tomada de contas especial para analisar a execução de convênio no valor de R$ 8,3 milhões firmado  em dezembro de 2002 com a Secretaria Nacional de  Segurança Pública.
A falta de apresentação de documentos sobre a construção do porto de Boca do Acre, orçado em R$ 4,7 milhões, contratado em junho de 2009 com o Ministério dos Transportesgerou pendência para a Seinf. A Amazonastur também deixou de apresentar documentos de convênio de R$ 22,4 mil. 
Dos 47 municípios do Amazonas com pendências no Cauc, 23 têm irregularidades  nas prestações de contas de convênios assinados com órgãos do Governo Federal.
A campeã de restrições nesse quesito é a prefeitura de Barcelos. Possui seis prestações de contas, no valor de R$ 1,2 milhões,  com problemas. Os convênios sob suspeita foram firmados entre novembro de 2000 e dezembro de 2005. Envolvem projetos para melhorias sanitárias, programa sentinela, construção de ancoradouro flutuante e compra de veículo para transporte escolar.
Fonte Boa apresenta três contas com pendências. Mas o valor delas supera as de Barcelos. São projetos no valor inicial de R$ 1,5 milhão para reforma de unidade de saúde, abertura de estradas vicinais, compra de um veículo para transportar doentes. Tapauá e Ipixuna possuem três prestações de contas, cada, com problemas.


 Fonte: www.acritica.com.br (Aristide Furtado)



Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

NÃO HÁ MAIS ESPAÇO PARA DITADORES NA ATUALIDADE




A democracia foi um regime implantado pelo Governo onde permite que os cidadãos interajam com a política, isto é, através de votos para a eleição de representante, deem opiniões, seja de maneira direta ou indireta. Este regime é encontrado em um sistema parlamentarista (depende do apoio direto ou indireto do parlamento para ser constituído), presidencialista (tem como chefe de governo e estado o Presidente), republicano (uma forma de governo na qual o presidente é escolhido pelo povo para ser o chefe de país) ou monárquico (um indivíduo governa como chefe de Estado, geralmente de maneira vitalícia ou até sua abdicação). De mogo geral, é isto que ocorre em todo o país nos governos federal, estadual e municipal.
A principal característica da democracia é a figura do povo como centro, isto é, os cidadãos têm direitos e deveres dentro da sociedade, sendo que há dois tipos de democracia: a direta e indireta ou democracia pura, em que o povo expressa sua vontade através de voto direto em cada assunto de maneira particular, e democracia representativa, em que expressa sua vontade através da eleição de representantes.
Já a ditadura é completamente o inverso da democracia, foi  um regime político onde o governante não respeitava a lei ou/e não possui legitimidade relacionada a escolha popular. As pessoas não eram vistas como cidadãos, pois não continham nenhum tipo de direito para com nenhuma atividade. A população era obrigada a realizar tudo o que o Governo desejava , sem reclamações e sem opiniões, sem voto.
As manifestações da população do Egito noticiadas no mundo inteiro nos últimos dia  reflete os anseios de uma sociedade cansada de decisões tiranas, que não os beneficiam em nada. Essas manifestações, que estão sendo realizadas por milhares de egípcios carregam o desejo de um povo  pela liberdade, com direitos e deveres, pela predominancia da ordem e da tranquilidade pública, e principalmente pelo equilíbrio, em que cada cidadão será respeitado na sua dignidade humana.
A Associação dos Atalaienses destaca aqui o apoio incondicional ao povo egípicio, torcendo para que no mais curto espaço de tempo aquele belo país volte à normalidade e todos possam usufruir dos benefícios de um país democrático.
Fazemos também um apelo aos que pensam ou agem seguindo a mesma linha dos poucos e insiginificantes déspotas, para que sejam os verdadeiros legítimos do povo e promovam a paz, o respeito à vontade de seus munícipes e às leis. Queremos na verdade alimentar a esperança e fomentar o desenvolvimento e o progresso para que os jovens de Atalaia do Norte possam ter oportunidade, possam realizar, possam ter conquistas, superar os obstáculos e alcançar seus objetivos, seus anseios.
Nâo aos tiranos, não aos déspotas, não aos ditadores. Viva a democracia.


Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA



quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Nove municípios do AM decretam emergência por conta da dengue




MANAUS - O governador do Amazonas, Omar Aziz, decretou nesta quarta-feira (9) estado de emergência para dengue em nove municípios amazonenses. Dados atualizados pela Secretaria de Estado da Saúde (Susam) apontam que a associação do número de casos com o índice de infestação pelo Aedes aegypti no mês de janeiro indicam gravidade epidemiológica nas cidades e exigem atuação imediata  das autoridades.
Manaus, Humaitá, Nova Olinda do Norte, Barcelos, Lábrea, Tefé, Coari, Codajás e Itacoatiara emitiram o alerta. A capital é o município com o maior número de notificações: 3.082. Desse total, 1.161 casos já foram confirmados de dengue. Em Tefé, as notificações chegaram a 526, embora haja apenas um caso confirmado da doença. Em Coari, existem 185 casos notificados e em Lábrea, 170.
As nove cidades definirão planos emergenciais para combater o mosquito Aedes aegypti e controlar a doença. De acordo com o secretário estadual de Saúde, Wilson Alecrim, a Secretaria de Saúde de Manaus já foi orientada a definir um novo plano de controle para a capital. Prefeitos e secretários de saúde dos demais municípios atingidos pelo decreto reúnem-se ainda nesta semana para elaborar planos emergenciais.
A Susam afirmou que os planos deverão considerar o cenário atual e conter as estratégias para intensificar as ações nas áreas de vigilância epidemiológica, atenção ao paciente, controle do mosquito, mobilização social, notificação de casos, capacitação de pessoal, interação institucional e coleta de lixo.
Segundo Wilson Alecrim, a ocorrência de mortes também preocupa a Secretaria de Saúde. Além das quatro mortes registradas até a semana passada, mais duas que estavam em investigação, foram confirmadas ontem (8).

Epidemia

Sete dos nove municípios em estado de emergência já haviam sido considerados pela Susam de alto risco para uma epidemia. As cidades receberam orientações da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS) para adequação de seus planos de contingência.
Outros sete municípios do interior do Amazonas também são monitorados com prioridade, apesar de apresentarem menor risco de transmissão da doença: Tabatinga, Boca do Acre, Novo Aripuanã, Borba, Manacapuru, Novo Airão e São Gabriel da Cachoeira.
Segundo o secretário Wilson Alecrim, a interiorização da dengue se intensificou em 2010, quando os municípios passaram a contribuir com 62% do total de casos do Estado. Em 2009, Manaus concentrava 80% do total de registros. O último Levantamento do Índice Rápido de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa), realizado em janeiro, mostra que nos nove municípios os índices variam de 4,2% (Coari) a 6,1% (Lábrea). Os índices são considerados de muito alto risco.

Amazonas
O Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN/AM), atualizado nesta terça-feira (8) mostra que em todo o Estado, desde o dia 1º de janeiro deste ano, foram notificados 4.671 casos de dengue, dos quais 1.173 confirmados. O número de notificações já alcança o total de casos confirmados em 2010 (4.182) e representa a metade dos registros de 2008 (8,5 mil casos confirmados).
O Amazonas está incluído no grupo dos 16 estados brasileiros com maior risco de epidemia, segundo critérios do Ministério da Saúde. Entre os motivos está a vulnerabilidade da população principalmente aos sorotipos 1 e 3, com pouca circulação, a recente entrada do vírus tipo 4. Além disso, contribuem para os risco a presença do mosquito em 28 dos 62 municípios, e a alta mobilidade populacional. (IP)



Fonte: www.portalamazonia.com


Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA





sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

A SATISFAÇÃO DE REVER FAMILIARES E AMIGOS É IMENSURÁVEL

COMO É BOM VOLTAR À TERRA NATAL


MANAUS - Faz 16 anos que Manaus é minha segunda casa. Segunda? Sim. Apesar de viver há 16 anos em Manaus, Atalaia do Norte nunca perdeu o posto de primeira casa. Não tinha a idéia de que viver longe dela me causaria tanta saudade: saudade da minha família (mãe, irmãos, sobrinhos, primos), dos meus amigos e de tantas outras pessoas que me consideram, que me respeitam, que tem por mim uma estreita, duradoura e especial amizade,  pelas quais tenho também grande consideração, sentimento significativo e importante da relação entre conterrâneos.
No período de 12 a 22 de janeiro deste ano, tive a oportunidade de mais uma vez retornar a essa maravilhosa terra, Atalaia do Norte. Pra minha sorte, cheguei no período dos Festejos em Honra ao Padroeiro São Sebastião, uma festa tradicional em que a população atalaiense, bem como os visitantes de Benjamin Constant e Tabatinga, além dos jovens estudantes  de Atalaia que moram em Manaus, aproveitam para pagar suas promessas, agradecer e pedir a intercessão desse Santo milagroso, junto ao Senhor nosso Deus. É uma festa valiosa pelo carisma que todos têm pelo Santo padroeiro, pela receptividade que os atalaienses oferecem aos visitantes , pelo clima de harmonia que prevalece durante todo o dia, com rotina tranquila da população durante o dia e pela agitação equilibrada  e serena durante a noite. É algo fora do sério.
Em Atalaia do Norte ainda se pode respirar um ar límpido, puro, saudável. Em minha querida terra natal ainda é possível em poucos minutos sentir o encantamento e o sabor da floresta com seus magnifícos frutos, rios, lagos e uma sensação de vida com Deus sem igual. Pra falar a verdade, essa sensação só é verdadeiramente sentida por quem é da terra. Aliás, quem é de Atalaia do Norte,  por quem nasceu em Atalaia, ou ainda que não seja, por quem mora e vive próximo dela, divide momentos e problemas conosco, conhece a nossa rotina, sabe da necessidade das nossas famílias, ajuda-nos e sabe o que representa ser ou fazer parte dessa cidade. A vida honesta e humilde é predominante fator desse povo que aprendeu a viver na simplicidade da vida interiorana.
Fazendo nova referência aos Festejos da cidade, tenho muito a agradecer aos atalaienses, pois a todo instante eu reencontrava um grande amigo (a), a quem com todo respeito e consideração eu e minha esposa o cumprimentava. Via ali o verdadeiro sentimento de amizade. Via ali o verdadeiro sentido de ser atalaiense. Nunca antes senti tanta alegria em rever meus amigos, gente de bom coração.
Minha passagem por Atalaia do Norte foi muito festejada por meus familiares, meus amigos e até por poucos conhecido. Um grande motivo para comemorar. Mas, apesar de tudo, uma grande tristeza em mim aflorou por ver, por sentir e por vivenciar uma realidade ainda um pouco distante daquilo que almejamos. Vi crianças e adolescente sem a devida orientação, tanto por parte da família quanto por parte do poder público, bem como tantas outras situações adversas. Torço muito para que Atalaia do Norte dê certo, progrida, evolua, cresça. Ainda sonho, e sonho por um amanhã melhor; ainda acredito que tudo vai mudar para melhor, acredito que Atalaia vai se desenvolver e dar condições dignas de vida aos atalaienses. Eu acredito em Deus.



Sou atalaiense, sou feliz.




Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA

MAIS DETALHES PARA FACILITAR SUA INSCRIÇÃO NO CONCURSO DA POLÍCIA MILITAR DO AMAZONAS


 


A Policia Militar do Amazonas divulgou quatro editais de concurso que somam 2.473 postos disponíveis nos quadros da corporação.
Para concorrer a todas as funções é preciso ter entre 18 e 28 anos (exceto para área da saúde, que aceita candidatos até 35 anos), medir pelo menos 1,65 m (homens) e 1,60 m (mulheres), estar habilitado para dirigir veículo de qualquer categoria (exceto para a área da saúde), além de outros requisitos específicos.
Soldado – A maior parte das vagas é para soldado PM, cargo para o qual serão selecionados 2.000 candidatos de nível médio, sendo 200 do sexo feminino. Durante o curso de formação os soldados terão direito a remuneração de R$ 1.104,81, e depois passam a receber R$ 1.637,33.

Oficial – Já para o quadro de oficiais combatentes são 405 oportunidades, divididas entre estágio probatório (167), para os que já fizeram o curso de formação de oficial PM; curso intensivo de formação (188) para os que têm graduação em direito; e curso de formação de oficial regular (50), destinado a quem tem o ensino médio.
Neste cargo também há exigência de habilitação em todas as categorias. Candidatas do sexo feminino têm 10% de vagas reservadas.
Durante o curso de formação os oficia têm salário de R$ 3.274,66 e depois que passam a aspirante ganham R$ 3.400,60.

Especialista – Outras 29 chances são oferecidas para o quadro de praças especialistas, nos cargos de auxiliar de enfermagem (10), auxiliar de odontologia (6), auxiliar veterinário (3) e músicos instrumentistas com especialidade em clarinete (3), saxofone (1), trombone (2), trompa (2) e corneta (2).
Os alunos do curso de formação de praças têm vencimentos de R$ 1.685,06.

Saúde – O quadro de oficiais de saúde dispõe de 18 vagas de oficial médico em diversas especialidades, oficial dentista (8), oficial veterinário (1), oficial farmacêutico-bioquímico (1), oficial enfermeiro (4), oficial psicólogo (5) e oficial fisioterapeuta (2).
Esses postos poderão ser ocupados por aqueles que tiverem o curso superior completo, com especialização, mestrado ou doutorado na área escolhida.
O salário base inicial para os alunos do curso é de R$ 3.600,40.

Como participar
As inscrições serão recebidas pelo site www.isaeamazonia.org.br/pmam02, das 9h de 3 de fevereiro às 20h de 10 de março.
As taxas são de R$ 50 (soldado) e R$ 70 (demais cargos). Poderão solicitar isenção aqueles que tiverem renda familiar de até três salários mínimos, encaminhando a documentação informada no edital até 7 de fevereiro para o endereço informado no item 9 dos editais.
Todos os inscritos passarão por aprovação nas seguintes etapas: prova objetiva, inspeção de saúde, teste de aptidão física, avaliação psicológica, apresentação de documentos, curso de formação e investigação social, funcional, cível e criminal.
Algumas funções de praça especialista farão também prova prática.
As provas serão realizadas nas cidades de Barcelos, Boca do Acre, Coari, Eirunepé, Humaitá, Itacoatiara, Lábrea, Manaus, Manacapuru, Parintins, São Gabriel da Cachoeira, Tabatinga e Tefé, em data e horário que serão informados a partir de 15 de abril.

Maysa Correa


Fonte: www.bol.com.br



Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA



quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

O Concurso PMAM é para o preenchimento de 2.473 vagas em cargos de níveis médio e superior. O salário é de até R$ 3.400,60.




A Polícia Militar do Estado do Amazonas – PMAM, lançou quatro editais para realização de concursos públicos. O Concurso PMAM 2011 é para o preenchimento de 2.473 vagas em cargos de níveis médio e superior. O salário é de até R$ 3.400,60.
O candidato poderá solicitar a sua inscrição, somente via Internet, pelo endereço eletrônico: www.isaeamazonia.org.br, no período que irá das 9 horas do dia 03 de fevereiro de 2011 às 20 horas do dia 10 de março de 2011.
O candidato deverá efetuar o pagamento da taxa de inscrição, que varia de R$ 50,00 a R$ 70,00, unicamente, por meio de boleto bancário, impresso a partir do endereço eletrônico www.isaeamazonia.org.br, pagável em qualquer agência bancária ou através de qualquer “Internet banking”, até a data constante no boleto.
A data, local e horário das provas serão divulgados pelo cartão de confirmação que estará disponível a partir de 15 de abril de 2011, no endereço eletrônico: www.isaeamazonia.org.br. O gabarito preliminar da prova objetiva será divulgado no endereço eletrônico: www.isaeamazonia.org.br.
O prazo de validade do Concurso PM Amazonas será de 2 anos, a contar da data de publicação deste Edital, sendo prorrogável por igual período uma única vez.


Confira os editais do Concurso da Polícia Militar do Amazonas no site http://concursosnobrasil.com.br/edital-concurso/edital-concurso-pmam-2011/para o:

■Curso de Formação de Oficiais
■Curso de Formação de Soldado
■Curso de Formação de Praças Especialistas
■Curso de Formação Profissional para ingresso nos Quadros de Oficiais de Saúde




Fonte: http://www.concursosnobrasil.com.br/



Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

A cada 2 dias, um profissional de enfermagem é acusado de erro






Foram 980 queixas entre 2005 e 2010, 250 delas no ano passado; desses casos, 20 causaram morte ou dano definitivo



Preocupada com a atual situação pela qual passam os profissionais  de enfermagem no Brasil, a Associação dos Atalaienses vem alertar a todos para redobrar a atenção na execução das atividades inerentes a função que exercem. Nos últimos dias, a mídia nacional tem dado destaque à preocupação da sociedade brasileira, tendo em vista erros praticados por profissionais da saúde durante o trabalho. Considerando que Atalaia do Norte tem recebido significativo número de profissionais da saúde, a Associação dos Atalaiense publica o artigo abaixo a fim de despertar maior responsabilidade, evitando assim riscos para a saúde dos atalaienses, pois os índices são alarmantes.

Veja abaixo o que publicou o Jornal o Estadão de São Paulo:


"A cada dois dias, um profissional de enfermagem do Estado é acusado de erro durante atendimento médico. Foram 980 queixas entre 2005 e 2010 (250 delas no ano passado). Os dados são do Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo (Coren-SP). Em 20 desses casos, a falha resultou na morte do paciente ou em danos definitivos.
O balanço foi divulgado ontem, em meio à denúncia de que uma criança de 1 ano teve parte do dedo mindinho decepada por uma auxiliar de enfermagem do Hospital do Mandaqui, administrado pelo governo, enquanto retirava um curativo. A enfermeira, afastada de suas funções, alega que o acidente foi causado por erro na forma como o curativo foi feito, segundo seus familiares. A menina deve ser encaminhada nesta semana para o setor de reimplantes do Hospital das Clínicas, informou o governo.
O presidente do Coren, Claudio Alves Porto, não soube dizer quantas denúncias terminam em punições para os enfermeiros. "Em todos os casos é instaurado procedimento administrativo. O profissional e a instituição são investigados e têm direito à defesa. Se comprovada falha na instituição, a denúncia é levada ao Ministério Público. Se o erro é do profissional, ele é punido." Porto culpa a escalada de erros de enfermeiros e técnicos e auxiliares de enfermagem à má formação.
Vaselina. A Santa Casa demitiu por justa causa a auxiliar de enfermagem que, no ano passado, aplicou vaselina líquida em vez de soro fisiológico na veia de uma paciente de 12 anos, que morreu. O erro ocorreu no Hospital São Luiz Gonzaga, na zona norte. O desligamento da funcionária foi feito no começo do mês, após o término da sindicância que apurou o caso. A Santa Casa, responsável pelo hospital, não quis comentar a saída da profissional, que responde por homicídio culposo. / COLABOROU CAMILLA HADDA."



Fonte: www.estadao.com.br



Postado por Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA