Google+ Followers

LEIA O TEXTO EM OUTRAS LÍNGUAS / READ TEXT IN OTHER LANGUAGES

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Ibope mostra Dilma com 57% dos votos válidos e Serra com 43%

Pesquisa Ibope divulgada nesta quinta-feira (28) aponta Dilma Rousseff (PT) com 57% dos votos válidos e José Serra (PSDB) com 43% na disputa em segundo turno pela Presidência da República.
Como a margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais, Dilma pode ter entre 55% e 59%, e Serra, entre 41% e 45%. O critério de votos válidos exclui as intenções de voto em branco e nulo e os indecisos.
Na pesquisa anterior do Ibope, divulgada no último dia 20, Dilma aparecia com 56% dos votos válidos e Serra com 44%.
O Ibope entrevistou 3.010 eleitores, de 26 a 28 de outubro. A pesquisa foi encomendada ao instituto pela TV Globo e pelo jornal "O Estado de S. Paulo". Está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número de protocolo 37596/2010.

Votos totais

Pelo critério de votos totais (que incluem no cálculo brancos, nulos e indecisos), Dilma Rousseff soma 52% das intenções de voto, e José Serra, 39%. As intenções de voto em branco ou nulo acumulam 5%, segundo o Ibope. Os eleitores indecisos são 4%.
Nos votos totais da pesquisa anterior do Ibope, do último dia 20, Dilma tinha 51%, e Serra, 40%. Brancos e nulos eram 5%, e indecisos, 4%.



Fonte: http://www.g1.com.br/




Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA

Apesar de empate, STF confirma validade da Lei da Ficha Limpa


Após placar de 5 a 5, ministros decidem que deve vigorar decisão do TSE.
Com isso, deputado federal Jader Barbalho perde registro de candidatura.



O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quarta-feira (27) que a Lei da Ficha Limpa vale para as eleições deste ano e se aplica a casos de renúncia de políticos a mandato eletivo para escapar de processo de cassação, mesmo nas situações ocorridas antes da vigência da lei. Diante do impasse causado pelo empate em 5 a 5, os ministros optaram por manter a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sobre a norma.
“Quando um caso tem repercussão geral, a conduta da corte tem sido a de dar o mesmo destino para os casos semelhantes. Em tese, salvo alguma particularidade do caso concreto todos os demais casos assemelhados terão que ter o mesmo destino”, afirmou o presidente do TSE e ministro do STF, Ricardo Lewandowski.
Nas situações de candidatos com condenação por decisão colegiada de juízes ou entidade de classe, os recursos serão analisados caso a caso. “Há uma série de recursos, cerca de 12, que ainda serão julgados pelo Supremo e que dizem respeito a outras alíneas da lei. Cada caso é um caso e será examinado", disse Lewandowski.
O STF analisou nesta quarta o recurso do deputado federal Jader Barbalho (PMDB-PA), barrado na disputa a uma vaga de senador pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com base na Lei da Ficha Limpa. Mesmo com registro indeferido, Jader Barbalho recebeu 1.799.762 de votos e, caso não tivesse sido barrado, seria eleito em segundo lugar para uma vaga no Senado.
O deputado teve a candidatura questionada porque renunciou ao mandato de senador, em 2001, para evitar um processo de cassação em meio às investigações do caso que apurava desvios no Banpará e também por denúncias de envolvimento no desvio de dinheiro da Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam).
A questão já foi amplamente debatida. Durante 11 horas no primeiro julgamento e, agora, mais cinco [horas] e a proposta é que adie mais uma vez? Nós estamos aqui a brincar"Ministro Joaquim Barbosa, relator de recurso de Jader Barbalho (PMDB-PA) no STF, após empate no julgamentoO candidato sempre negou irregularidades. Sua defesa afirma que a renúncia não representou atentado à moralidade pública porque o então senador foi alvo apenas de denúncias publicadas na imprensa.
Com a decisão do Supremo, o Tribunal Regional Eleitoral do Pará pode convocar novas eleições para o Senado no estado. A soma dos votos obtidos pelo deputado Jader Barbalho e pelo terceiro colocado na disputa – o petista Paulo Rocha, também barrado pela ficha limpa – ultrapassam 50% dos votos válidos. Nesse caso, os votos são anulados, o que, pela legislação eleitoral, abre a possibilidade de realização de novas eleições.
“Primeiro temos que esperar decisão do TRE para depois nos pronunciar, nós TSE”, disse Lewandowski. "O que me preocupa agora é o processo do mesmo estado em relação à mesma vaga de senador", disse o presidente do STF, Cezar Peluso.

Regimento do Supremo

A alternativa dos ministros do STF, de manter a decisão contrária ao recurso de Jader, está prevista no regimento interno do Supremo e já havia sido sugerida na primeira vez que o tribunal analisou a ficha limpa, em setembro.
De acordo com o artigo 205 do regimento interno do STF, “havendo votado todos os ministros, salvo os impedidos ou licenciados por período remanescente superior a três meses, prevalecerá o ato impugnado”.
A possibilidade já havia sido aventada quando o STF analisou o recurso do ex-candidato do governo do Distrito Federal Joaquim Roriz (PSC). Ele também teve o registro negado pelo TSE por ter renunciado ao mandato de senador, em 2007, para escapar de cassação. Na apelação ao STF, o julgamento terminou empatado e Roriz desistiu da disputa eleitoral.
O STF está com um integrante a menos desde agosto, quando o ministro Eros Grau se aposentou. A indicação de um novo ministro é feita pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o que não tem data para ocorrer.

Solução para o impasse

Após o empate no julgamento, o advogado de Jader, Eduardo Alckmin, propôs ao plenário a suspensão da análise do recurso para que ele fosse analisado na mesma sessão que vai decidir sobre recurso de Paulo Rocha.
Por 7 votos a 3, os ministros decidiram concluir o julgamento, mas a sugestão levou a uma discussão generalizada no plenário. "A questão já foi amplamente debatida. Durante 11 horas no primeiro julgamento e, agora, mais cinco [horas] e a proposta é que adie mais uma vez? Nós estamos aqui a brincar?", questionou o relator do recurso, Joaquim Barbosa.
Em meio ao debate, a ministra Ellen Gracie pediu que Marco Aurélio Mello concluísse o voto sobre a proposta da defesa. Ele respondeu em tom de ataque. “Vossa Excelência está presidindo este tribunal? Ministra, não me cobre definição. Se há alguém que se posiciona com coerência sou eu. Ou Vossa Excelência tem viagem marcada?”. A ministra rebateu o colega na mesma hora. "Ainda que tivesse, o respeito pelo tempo alheio é cortesia que se impõe."




Fonte: http://www.g1.com.br/




Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

BEBÊ SOBREVIVE APÓS PASSAGEM DE TSUNAME, MAS FICA ÓRFÃO




EDITORIAL


Não resta dúvida que Deus existe. Deus é pai e ninguém pode questionar sua existência. Basta que olhemos para a Indonésia, país castigado pela força da natureza nos últimos anos. Podemos dizer que foi um milagre: uma criança (vide foto acima), apesar dos ferimentos no corpo em função da força das águas, sobreviveu e deu o ar de sua graça ao mundo.
Muito embora esteja escrito e previsto na Sagrada Escritura o caos pelo qual o mundo irá passar, ou pelo qual já está passando, Deus nosso pai ainda faz por nós.
Poderíamos dizer que a vida dessa criança é mais ou menos importante do que a dos mais de 200 mortos até o momento? Poderíamos perguntar a Deus se existe escolha de vida a ser salva? É claro que não. Deus não fez isso porque aquela criança mericia mais que os demais, apenas fez uma demonstração do seu Poder, pois a liberdade e o livre arbítrio que Ele nos concedeu por sermos mortais é o que configura o nosso destino.
Devemos sim orar, rezar e agradecer todos os dias a Deus. Agradecer pela nossa saúde, pelo nosso trabalho, pela nossa família, por todos os benefícios que recebemos diariamente. Devemos orar para termos sempre Deus em nosso coração.
Isto também será um milagre, cuja origem dará glórias ao Senhor.
A vida dessa criança carrega um exemplo forte de que a vida humana deve sua existência a Deus. Por isso, alimentar nossa fé é apenas um ponto que marcará nossa tranquilidade junto a Deus.



Rubem Tadeu - \Presidente da AFAMA

Reta final: a dez dias do Enem, leitura de noticiário pode ajudar estudantes


O crescimento econômico da China é candidato a tema

Faltam dez dias para o Enem 2010 (Exame Nacional do Ensino Médio) e muitas dúvidas ainda podem estar na cabeça dos candidatos. Como é a prova? Qual a melhor estratégia para resolver os testes? O que ainda dá tempo de fazer antes da data? O UOL Educação conversou com coordenadores de cursinhos pré-vestibular de São Paulo e traz algumas orientações importantes.
Não deixe de conferir também a lista de perguntas e respostas preparada pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais), órgão do Ministério da Educação responsável pelo Enem).

Como é a prova

A principal característica das provas do Enem é o foco na interpretação de dados e resolução de problemas. As questões exigem leitura de textos e compreensão de mapas, gráficos e tabelas. A interdisciplinaridade aparece em questões que abrangem conhecimentos, ao mesmo tempo de matemática e física, ou biologia e geografia, por exemplo.
O grau de complexidade dos testes é baixo, na opinião dos coordenadores consultados. Portanto, é preciso balancear o domínio dos conteúdos programáticos com a atenção ao enunciado das perguntas e sua compreensão. “A sistemática de elaboração das questões do Enem é diferente da observada nos vestibulares, mas tem que conhecer matemática, física, química, biologia, geografia, história e língua portuguesa”, afirma o coordenador de vestibular do Anglo, Alberto Francisco do Nascimento.
Nascimento orienta que os estudantes mantenham o ritmo de estudos nos próximos dias. “É importante dar atenção para as matérias em que cada aluno tem mais dificuldade e fazer uma revisão geral”.
“Os candidatos que já estão estudando para os grandes vestibulares automaticamente estão se preparando para o Enem”, afirma Vera Lúcia da Costa Antunes, coordenadora do Curso e Colégio Objetivo, considerando que a prova abrange os mesmos conteúdos programáticos exigidos na maioria dos processos seletivos, relativos ao ensino médio.



Fonte: http://www.uol.com.br/




Rubem Tade - Presidente da AFAMA

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Número de mortos por tsunami na Indonésia sobe a 40



Número de mortos por tsunami na Indonésia sobe a 40
Ondas gigantes foram causadas por terremoto de magnitude 7,7 na véspera.
Há 380 desaparecidos, e número de vítimas deve subir, dizem autoridades.


Pelo menos 40 pessoas morreram e 380 estão desaparecidas após um tsunami ter atingido várias ilhas na Indonésia, segundo a Agência Nacional de Gestão de Desastres, citada pela agência Antara.
Dez povoados foram destruídos. As autoridades temem que o número de mortos aumente nas próximas horas.
As ondas gigantes, de até três metros de altura, seguiram-se a um terremoto na costa da Ilha de Sumatra na véspera.
O tremor de magnitude 7,7 ocorreu a cerca de 33 km de profundidade e a 78 km a oeste de Pagai Sul, nas Ilhas Mentawai, na noite de segunda, e destruiu casas na cidade costeira de Betu Monga e em outras localidades, segundo autoridades locais.
Três fortes réplicas de magnitude 6,1, 6,2 e 5,3 foram registradas durante a madrugada e esta terça-feira, segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos, que vigia a atividade sísmica no mundo todo.

Mapa localiza o epicentro. (Foto: Arte G1)Das 200 pessoas que moram na região de Betu Monga, só 40 foram encontradas. A maioria dos desaparecidos são mulheres e crianças.
"Temos pessoas relatando ao posto de segurança daqui que não conseguiram segurar suas crianças, que elas foram arrastadas. Muita gente está chorando", disse um funcionário local.
Em Malakopa, uma pessoa morreu, e duas estão desaparecidas. Cerca de 80% das casas estão destruídas.
A polícia está à procura dos desaparecidos e socorrendo os desabrigados.
Pelo menos dez turistas autralianos que estavam em um barco estariam entre os desaparecidos.
O resort Macaronis, frequentado por surfistas na ilha de Pagai do Norte, também sofreu grandes danos. Em nota, a empresa World Surfaris disse que o resort "experimentou um grau de devastação que o tornou inoperável".



Fonte: http://www.g1.com.br/




Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA






Eleitor só poderá ser preso a partir desta terça-feira em casos de flagrantes



MANAUS- A partir desta terça-feira (26), nenhum eleitor poderá ser preso ou detido, salvo em flagrante ou em virtude de sentença criminal condenatória por crime inafiançável, ou ainda por desrespeito a salvo-conduto. A determinação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é válida até a próxima terça-feira (2), 48 horas depois do segundo turno das eleições, marcado para o dia 31.
A legislação eleitoral também exige que a propaganda política se encerre na quinta-feira (28). Um dia depois, na sexta-feira (29), será exibida a última propaganda eleitoral no rádio e na televisão e também as últimas propagandas pagas nos jornais impressos e aquelas feitas na internet. A data também é o prazo final para a realização de debates entre os candidatos.

Segundo turno

Neste segundo turno, todos os eleitores amazonenses deverão votar para presidente da República. O TSE permite o uso de colas eletrônicas, para facilitar o eleitor a lembrar o número de seu candidato. A estimativa do TSE é que nos estados onde ocorrerá segundo turno, cada eleitor demore, em média 30 segundos na urna.
No dia da votação, o eleitor poderá usar a camiseta de seu partido ou adesivo de candidato, mas a manifestação de voto deverá ser silenciosa e individual. O eleitor que não votou no primeiro turno, poderá votar normalmente no segundo. Aqueles que viajarem e não tiverem se inscrito para votar em trânsito, deverão justificar a ausência de voto.
A justificativa pode ser apresentada em qualquer cartório eleitoral no dia da eleição ou até 60 dias depois do pleito. O eleitor que não votar nem justificar sua ausência será multado pela Justiça Eleitoral.
Caso não vote e nem pague a multa, não poderá se inscrever em concurso público, tirar passaporte ou carteira de identidade, renovar matrícula em estabelecimentos de ensino público, obter empréstimos em estabelecimentos de crédito mantidos pelo governo ou participar de concorrência. Caso não vote em três eleições consecutivas, terá o título cancelado. (JK)




Fonte: http://www.portalamazonia.com/




Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Dilma aparece 14 pontos à frente de Serra, mostra pesquisa da Vox Populi




Candidata do PT tem 57% de votos válidos, contra 43% do tucano




A candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, aparece 14 pontos à frente de José Serra (PSDB) na disputa do segundo turno. Pesquisa Vox Populi divulgada na madrugada desta terça-feira (19) mostra Dilma com 57% dos votos válidos (quando os votos brancos e nulos são descartados), contra 43% de Serra.
Quando são consideradas as intenções de voto, Dilma tem 51%, e Serra aparece com 39%. Votos brancos e nulos, neste caso, somam 6%, e indecisos, 4%. A margem de erro da sondagem é de 1,8 ponto percentual, para mais ou para menos.
Na pesquisa mais recente para o segundo turno, divulgada no dia 15, Dilma aparecia oitos pontos à frente de Serra. O Datafolha mostrou a petista com 54% dos votos válidos, contra 46% do adversário.
O Vox Populi ouviu 3.000 eleitores do dia 15 ao dia 17 de outubro. A sondagem foi feita a pedido do portal iG. O registro no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) foi feito com o número 36193/2010.



 
 
Fonte: http://www.r7.com/
 
 
 
 
 
Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA
 
 

Intelectuais e artistas se unem em ato pró-Dilma


Oscar Niemeyer, Chico Buarque e várias personalidades viveram um clima de volta ao passado, como na campanha de Lula em 1989. Volta ao passado. Personalidades da música, da política, atores e intelectuais se encontraram no Teatro Casa Grande para dar apoio a candidata petista à Presidência da República como foi feito na campanha de Lula



RIO - Com a rara presença do cantor e compositor Chico Buarque de Hollanda, que só perdeu em aplausos para o arquiteto Oscar Niemeyer, mais de mil artistas, intelectuais e militantes reuniram-se ontem em um ato em apoio à candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, no Teatro Casa Grande, tradicional ponto de encontro e espetáculos da esquerda carioca, na zona sul do Rio. Os manifestantes entregaram à Dilma um documento com mais de 10 mil assinaturas, muitas delas de eleitores de Marina Silva (PV) e Plínio de Arruda Sampaio (PSOL), no primeiro turno.
Chico Buarque fez um rápido pronunciamento com elogios à Dilma e ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva. "Essa mulher de fibra, que já passou por tudo, não tem medo de nada. Vai herdar o senso de justiça social, um marco do governo Lula, um governo que não corteja os poderosos de sempre, não despreza os sem-terra, os professores, garis. Um governo que fala de igual para igual com todos, que não fala fino com Washington, nem fala grosso com a Bolívia e o Paraguai", disse Chico, muito aplaudido pela plateia. Antes de falar, Chico mostrou-se surpreso: "Pensei que fosse ficar apenas como papagaio de pirata do Boff", brincou.
A presença de Niemeyer, de 102 anos, que chegou em cadeira de rodas e ficou durante todo o ato público no palco, foi saudada, entre muitos outros, pelo teólogo Leonardo Boff: "Hoje pela manhã eu pedi um sinal a Deus. Se Oscar Niemeyer for ao encontro será um sinal infalível que a vitória está garantida", contou. Neste momento, o arquiteto foi ovacionado pela plateia que gritava seu nome. Boff, citou a solidariedade como uma marca do governo Lula que será mantida por Dilma Rousseff, se for eleita.
O teólogo também fez uma referência indireta à onda de informações sobre um suposto apoio de Dilma à legalização do aborto e rejeição à união civil de homossexuais. "Se com Lula a esperança venceu o medo, com Dilma a verdade vai vencer a mentira", afirmou Boff. Em referência ao candidato do PSDB José Serra, Boff afirmou que "o projeto que se articula com a privatização e com os negócios encurta a população brasileira e não podemos permitir que ele volte".
Entre os artistas presentes estavam as cantoras Alcione e Beth Carvalho, os atores Osmar Prado e Paulo Betti, os diretores José Celso Martinez Corrêa e Ruy Guerra e os escritores Fernando Morais e Eric Nepomuceno. Foram também à manifestação, os ex-ministros Márcio Thomaz Bastos, Humberto Costa, Edson Santos e os atuais José Gomes Temporão, Nilcéa Freira e Juca Ferreira.
No Teatro Casa Grande, os manifestantes viveram um clima de volta ao passado, relembrando grandes encontros de artistas em torno do petista Luiz Inácio Lula da Silva, ocorrido nas campanhas desde 1989 até a vitória em 2002. Dilma foi aclamada com adaptações de velhos jingles como "Olê, olê, olá, Dilma, Dilma".
Em seu discurso, Dilma procurou marcar as diferenças de sua candidatura e a de Serra: "Nós não achamos que crescimento social é uma alegoria de mão ou um anexo. É isso que nos distingue radicalmente dos nossos adversários", afirmou. Dilma insistiu no discurso de que os tucanos retomariam o processo de privatização se voltassem ao poder. "O que está em questão nessa eleição é o que eles farão com o pré-sal e também com a Petrobrás. A Petrobrás (no governo Fernando Henrique Cardoso) era para ser partida, esquartejada e ter suas partes vendidas", disse.
A candidata exaltou como característica do povo "a capacidade de conviver com a diversidade religiosa e racial". "Não somos um país que desfila ódio", discursou Dilma. A candidata disse que 28 milhões de pessoas saíram da pobreza no governo Lula. "Não é um dado que pode ser alvo de disputa eleitoral".
Além do manifesto de artistas e intelectuais, a petista Dilma Rousseff recebeu outros dois documentos de apoio à sua candidatura - um organizado por advogados e outro por religiosos.




Fonte: http://www.estado.com.br/




Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA

sábado, 16 de outubro de 2010

Mulher de Serra disse que fez aborto, afirmam ex-alunas




Candidato diz ser contra aborto por "valores cristãos" e é questionado por mulheres



BUEMBA!!!



A mulher de José Serra, Monica Serra, disse que fez um aborto quando estava no exílio com o marido, segundo ex-alunas dela do curso de dança da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas). A informação, publicada neste sábado (16) no jornal Folha de S.Paulo, é da colunista Mônica Bergamo.
O candidato tucano diz ser contra o aborto por "valores cristãos", que impedem a interrupção da gravidez em quaisquer circunstâncias. Esse discurso é questionado por essas mulheres, segundo o jornal.
De acordo com a colunista, a publicação localizou uma ex-aluna de Monica, que confirmou a informação sob a condição de anonimato. Segundo essa professora de dança em Brasília, Monica disse ter feito o aborto por causa da ditadura.
Depois do golpe militar no Brasil, Serra se mudou para o Chile, onde conheceu a mulher.
A Folha tentou falar com Monica Serra durante dois dias para comentar o relato das ex-alunas, mas não obteve retorno.
O jornal relata ainda que, um dia depois do debate da TV Bandeirantes, no domingo passado (10), a bailarina Sheila Canevacci Ribeiro, outra ex-aluna de Monica, postou uma mensagem em seu Facebook para deixar sua "indignação pelo posicionamento escorregadio de José Serra" em relação ao tema.
- Não sou uma pessoa denunciando coisas. Mas [ela é] uma pessoa pública, que fala em público que é contra o aborto, é errado. Ela tem uma responsabilidade ética.
Ela escreveu, segundo a Folha, que Serra não respeitava "tantas mulheres, começando pela sua própria mulher". A colunista relata outro questionamento de Sheila: "Devemos prender Monica Serra caso seu marido fosse [sic] eleito presidente?"
A reportagem do R7 procurou as assessorias de imprensa da campanha de José Serra e de sua mulher. Mas, em nenhum dos casos, obteve retorno. Foram deixadas mensagens nas caixas postais dos assessores às 10h14 e às 10h22, respectivamente.



Fonte: http://www.r7.com/



Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

UNE anuncia campanha pró-Dilma e critica política do PSDB





O presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE), Augusto Chagas, atribui a "polarização do segundo turno" à decisão da entidade de declarar voto à petista Dilma Rousseff, posição também adotada pela União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES). As organizações, que na primeira etapa da corrida presidencial afirmaram que não apoiariam um determinado candidato em respeito à "pluralidade" de seus integrantes, criticaram, em notas individuais, o que entendem como viés "privatista" e "neoliberal" representado pelo tucano José Serra.


Em ambas as notas, os estudantes são "convocados" a participar do processo.

- No ambiente de polarização que se configura na atual quadra política, é fundamental que essa geração tome posição e derrote o setor conservador representado na candidatura de José Serra - diz o texto assinado pela UNE. Já a UBES evoca os "caras-pintadas", que entraram em cena durante o impeachment do ex-presidente Fernando Collor.
- E é por isso que a histórica União Brasileira dos Estudantes Secundaristas mais uma vez colocará os caras-pintadas nas ruas para impedir a volta da direita ao poder.
Apesar de ter afirmado, em abril passado, que não era tradição da UNE apoiar candidaturas, Chagas ressalta que o voto declarado à Dilma é uma postura coerente com o histórico da entidade.
- Num segundo turno, é mais natural que a entidade se posicione. É um momento em que as organizações sociais precisam emitir uma opinião mais concreta.
Tem a ver com oferecer para a sociedade a opinião da UNE, mostrar que ela está embasada no que sempre lutou. Se você olhar para os últimos 30 anos, desde que a UNE se reorganizou em 1979, e fizer um retrospecto das bandeiras que a entidade defende, você vai entender as razões pelas quais, num cenário de polarização como esse, a UNE se posiciona nesse momento.




Fonte:  http://www.terra.com.br/




Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA

UM DIA MUITO ESPECIAL PELA SUA ESSÊNCIA: DIA DO PROFESSOR

EDITORIAL


Manaus - Na minha segunda edição de um artigo para esse blog, abro espaço para manifestar meus mais sinceros agradecimentos e felicitações ao professor pela passagem do seu dia. Primeiramente porque eu tenho orgulho de ser um professor, ainda que hoje não a exerça plenamente, já que houve em certo momento da minha vida a necessidade de galgar novos degraus. Apesar da mudança, sinto-me honrado por ser um professor. Muito embora hoje eu seja um policial militar, nas ocasiões especial, eu sou chamado para ministrar instruções a grupos de alunos dos cursos de formação da Polícia Militar.
Hoje, 15, de outubro de 2010, quero destacar a beleza de ensinar e transformar a vida de muitos jovens através da educação, pois o professor mais que um mero professor é educador. Posso afirmar por causa do convívio que já tive. Foram oito anos de labuta, de esforço, de dedicação, de noites e finais de semanas consumindo parte do descanso a que fazia jus. Mas entendam, isso não é uma reclamação é uma realidade. E claro, paralelo a isso, e muito profundamente enalteço o brilho dos olhos, a felicidade, a satisfação de saber que você faz parte ou já fez parte da formação intelectual de crianças, adolescentes e adultos. Para falar a verdade, ensinar, educar, transformar pessoas é algo que não tem preço. A valoração é imensurável, ainda que o valor do trabalho, aquele realizado sem medida, com total dedicação, esmero, empenho e de corpo e alma ainda não tenha sido realmente valorizado como deve ser, considerando principalmente pelo que representa a educação para uma nação. Basta observarmos os grandes exemplos: Japão, Coréia, Estados Unidos e Chile.
De todo modo, o dia do professor deve ser especialmente lembrado, comemorado, valorizado. Se ainda não realizamos alguns sonhos com a valorização do professor por meio do Poder Público, demos fomentar no seio da sociedade, dos pais e dos alunos o compromisso que temos com o professor com um trabalho paralelo que contribua com a formação intelectual dos jovens.
Devemos todos nós relembrar o professor não só no dia 15 de outubro, mas em todas as fases do processo educativo, que vai desde a presença em uma reunião de pais, para contribuir com a formação dos nossos filhos, mas também até o momento de chegar a ele e afimar o quanto o trabalho dele é importante; o quanto na prática ele é fundamental para a vida das pessoas. Não importa a fase da formação, seja no ensino infantil, seja no fundamental, seja no secundário seja no ensino superior, a presença do professor é tudo. Basta você se lembrar daquele pseudoprofessor: quantas vezes você reclamou dele? Então...!! São exemplos como esse que nos faz dia-a-dia respeitar e valorizar o trabalho do professor, respeitar e valorizar o professor.
Para o professor, para o educador, para o norteador intelectual e formador de opiniões, trago um pequeno texto de autor desconhecido para homenageá-lo:


AO MESTRE , COM CARINHO!

Mestre,
É aquele que caminha com o tempo,
propondo paz, fazendo comunhão,
despertando sabedoria.

Mestre é aquele que estende a mão,
inicia o diálogo e encaminha
para a aventura da vida.


Não é o que ensina fórmulas, regras,
raciocínios, mas o que questiona
e desperta para a realidade.

Não é aquele que dá de seu saber,
mas aquele que faz germinar
o saber do discípulo.

Mestre é você, meu professor amigo
que me comprende, me estimula,
me comunica e me enriquece com
sua presença, seu saber e sua ternura.

Eu serei sempre um seu discípulo
na escola da vida.
Obrigado, professor!





Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA

POR QUE SE COMEMORA O DIA DO PROFESSOR?




O Dia do Professor é comemorado no dia 15 de outubro. Mas poucos sabem como e quando surgiu este costume no Brasil.
No dia 15 de outubro de 1827 (dia consagrado à educadora Santa Tereza D’Ávila), D. Pedro I baixou um Decreto Imperial que criou o Ensino Elementar no Brasil. Pelo decreto, “todas as cidades, vilas e lugarejos tivessem suas escolas de primeiras letras”. Esse decreto falava de bastante coisa: descentralização do ensino, o salário dos professores, as matérias básicas que todos os alunos deveriam aprender e até como os professores deveriam ser contratados. A idéia, inovadora e revolucionária, teria sido ótima - caso tivesse sido cumprida.
Mas foi somente em 1947, 120 anos após o referido decreto, que ocorreu a primeira comemoração de um dia dedicado ao Professor.
Começou em São Paulo, em uma pequena escola no número 1520 da Rua Augusta, onde existia o Ginásio Caetano de Campos, conhecido como “Caetaninho”. O longo período letivo do segundo semestre ia de 01 de junho a 15 de dezembro, com apenas 10 dias de férias em todo este período. Quatro professores tiveram a idéia de organizar um dia de parada para se evitar a estafa – e também de congraçamento e análise de rumos para o restante do ano.
O professor Salomão Becker sugeriu que o encontro se desse no dia de 15 de outubro, data em que, na sua cidade natal, professores e alunos traziam doces de casa para uma pequena confraternização. Com os professores Alfredo Gomes, Antônio Pereira e Claudino Busko, a idéia estava lançada, para depois crescer e implantar-se por todo o Brasil.
A celebração, que se mostrou um sucesso, espalhou-se pela cidade e pelo país nos anos seguintes, até ser oficializada nacionalmente como feriado escolar pelo Decreto Federal 52.682, de 14 de outubro de 1963. O Decreto definia a essência e razão do feriado: "Para comemorar condignamente o Dia do Professor, os estabelecimentos de ensino farão promover solenidades, em que se enalteça a função do mestre na sociedade moderna, fazendo participar os alunos e as famílias".



Fonte: http://www.portaldafamilia.org/



Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA

Nível do Rio Solimões bate recorde histórico registrado em 1982


MANAUS - O nível de água no Rio Solimões atingiu baixa recorde. Dados do Serviço Geológico do Brasil (CPRM) para a estação de Tabatinga (AM), na entrada do rio no país, indicam que o Solimões registrou a marca de 86 centímetros negativos nesta segunda-feira (11) na régua instalada no local.
O nível é o menor observado na estação desde 1982, quando começaram as medições. Em setembro, a taxa também bateu recorde histórico, com nível negativo de 32 cm. Antes disso, o nível mais baixo havia sido observado em 2005, quando a Amazônia enfrentou uma das piores secas de sua história.
De acordo com o gerente de hidrologia do CPRM, Daniel Oliveira, o nível do Rio Solimões próximo a Tabatinga voltou a subir nesta terça-feira (12) e as réguas na estação estão em 70 cm negativos nesta quinta-feira (14).
"Os rios na margem direita do Solimões, como o Purus e o Javari, também são influenciados pela seca", diz ele. Segundo Oliveira, o Purus é o que apresenta nível mais baixo entre eles - o rio registrou a marca de 4,16 m nesta quinta-feira na estação de Boca do Acre (AM), 67 cm acima da mínima histórica, observada em 1998.

Seca

O reflexo da seca atinge cidades abastecidas pelo Solimões ou afluentes, como Uarini (AM). "O rio secou inteiro diante do município. Do alto, você consegue ver que ele foi bem atingido", diz o fotógrafo Rodrigo Baleia, que percorre a região amazônica em busca de imagens há cerca de 10 anos.
No fim de setembro, ele sobrevoou áreas banhadas pelo Solimões, Juruá, Purus e Negro para fotografar os efeitos da seca na Amazônia. "Quero focar mais na vida que existe na floresta depois de passar anos registrando áreas de destruição no Pará e em Mato Grosso", diz ele, que clicou um barco encalhado em um grande banco de areia formado pela seca perto da cidade de Tefé (AM).

Rio Negro

As réguas do CPRM no Rio Negro perto de Manaus indicam nível de 15,31 cm nesta quinta-feira. A taxa está próxima da mínima histórica, de 13,64 cm, observada em 1963.
"O nível de água no Negro continua baixando. A última vazante grande assim aconteceu em 2005, quando o nível chegou a 14,75 cm", diz Oliveira. De acordo com ele, a taxa detectada agora para o Rio Negro representa a 12ª maior vazante na série histórica da estação de Manaus, feita desde 1902.



Fonte: http://www.acritica.com.br/



Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Horário de verão começa à 0h de domingo


Horário de verão deve gerar economia de 5% de energia nos horários de pico




SÃO PAULO - A partir da 0h do próximo domingo, os ponteiros dos relógios das Regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste deverão ser adiantados em uma hora para o horário de verão, que vai até 20 de fevereiro.
Ao mesmo tempo que os dias ficam mais longos, aumenta a dificuldade para acordar nos primeiros dias do horário de verão. No entanto, Flavio Alói, neurologista do Hospital das Clínicas de São Paulo, diz que a mudança do horário tem pouca interferência para o relógio biológico.
"As pessoas atribuem a sensação de mais cansaço ao acordar ao novo horário, sem considerar o estresse diário, a ingestão de café ou de álcool em excesso ou o sedentarismo", diz. "Acaba sendo só um disparador de que o ritmo do organismo não vai bem."
Para contornar os efeitos, ele sugere, além de mudança de hábitos, dormir progressivamente mais cedo. "Quem deita à meia-noite pode ir às 23h45, depois às 23h30, e assim até as 23 horas." Para as crianças, a alteração dos ponteiros é mais significativa só nos três primeiros dias. "Embora necessitem de horas de sono para o desenvolvimento, elas têm uma vida mais saudável e sem tantas preocupações", afirma Alói.
São Paulo. Para que os paulistanos aproveitem os dias mais longos, 17 parques da capital paulista fecharão uma hora mais tarde. O Parque da Independência, no Ipiranga, por exemplo, vai fechar às 21 horas. O Villa-Lobos, no Alto de Pinheiros, o Alfredo Volpi, no Morumbi, o Carmo, no Parque do Carmo, e o Piqueri, no Tatuapé, só fecharão às 19 horas.




Fonte: http://www.estadao.com.br/



Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA

terça-feira, 12 de outubro de 2010

Dilma anuncia plano para estimular e acelerar adoção


Candidata do PT foi a evento infantil no Dia das Crianças e retrucou boatos
contra ela que citam o tema do aborto


A candidata do PT à presidência, Dilma Rousseff, promoveu hoje, em Brasília, novo evento para aproximar sua imagem ao bem estar das crianças. Em plena campanha marcada por ataques contra ela em que se questiona sua posição sobre o aborto, Dilma foi comemorar o Dia das Crianças no Plano Piloto do Distrito Federal, onde conversou com famílias de militantes.
Dilma anunciou que promoverá, se eleita, projeto de parceria entre governo e sociedade civil para estimular a adoção de crianças no Brasil. Dilma lembrou que, em idades relativamente mais avançadas, como 6 ou 7 anos, o potencial de crianças órfãs serem adotadas no país cai muito e, quando isso ocorre, elas são costumeiramente adotadas por estrangeiros.
Na semana passada, Dilma visitou, também em Brasília, o orfanato Lar da Criança Casa de Ismael. “Queremos também acelerar o processo de adoção”, disse a candidata.
Dilma também prometeu investimentos para desenvolver as creches no país. Em seu plano de governo, a candidata do PT promete criar 6 mil creches no Brasil. “A creche é o primeiro pilar da educação. O Brasil do futuro depende das crianças.”

Reação a onda de boatos

Ainda sobre o tema do aborto, Dilma voltou a atacar o que classifica como uma série boatos contra ela e lembrou, novamente, que a esposa do candidato José Serra (PSDB), Mônica, teria dito que ela “mataria criancinhas”. A candidata considerou os boatos "agressivos" e "absurdos".
O presidente do PT, José Eduardo Dutra, também criticou a onda de boatos que, segundo ele, atinge a campanha de Dilma. Dutra informou que o PT pediu inquérito policial para investigar a distribuição de folhetos conservadores que atacavam Dilma, em evento tucano. Segundo Dutra, os folhetos traziam inscrição da organização Tradição, Família e Propriedade (TFP).
Dutra lembrou que apenas quando um inquérito policial aponta responsável por determinado boato ou ataque, é possível ao partido acionar a Justiça. “Mas essa é uma campanha clandestina e só conseguimos acusar o candidato Serra uma vez, quando ele falou uma calúnia. Por isso ele é réu em uma ação judicial.”



Fonte: http://www.ig.com.br/



Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

O BRASIL PRECISA DECIDIR E OPTAR PELO MELHOR

EDITORIAL

Manaus - Caro leitor, estamos em pleno processo eleitoral vigorando no Brasil. O 1o Turno das eleições já passou e nos resta agora o 2o Turno, tendo que escolher agora o(a)  melhor candidato(a) para ocupar o cargo de Presidente(a) do Brasil. Estão na disputa a candidata do PT, Dilma Rousseff e o candidato do PSDB, José Serra. Ambos aprovados em 1o Turno, com 47 milhões e 33 milhões, respectivamente.
É a primeira vez que faço um editorial para manifestar meu pensamento acerca desse processo e sobre o candidato que melhor vejo para administrar o nosso país.


A descoberta do pré sal aumenta a capacidade da petrobrás como uma empresa comprometida com os interesses do povo brasileiro

Decerto que, além do discernimento que possuo como cidadão-eleitor, busquei conhecer os argumentos dos dois candidatos. Observei o que os dois têm a realizar, o que dizem, e principalmente a que família partidária pertecem. Sim, não posso deixar de avaliar a história partidária, o caminho que cada um já percorreu e suas verdadeiras intenções. Nisso busco defender o povo brasileiro e principalmente o povo amazonense.
Em primeira mão, vejo de um lado uma candidata que representa a situação, isto é, representa o Brasil atual, o Brasil da economia estabilizada; o país, que pela sua força econômica e por sua democracia, destaca-se como líder na América Latina e perante as outras liderança mundiais; o país do bolsa-família; o país da maior empresa petrolífera e suas descobertas do pré-sal; o país da redução da miséria e da pobreza; o país da melhoria na distribuição de renda; o país da geração de emprego (vale ressaltar que ainda há muita gente desempregada por causa da falta de mão de obra qualificada); enquanto o mundo encontrava-se desesperado com a crise mundial, o Brasil não se abalava, tudo porque tinha estabilidade econômica, financeira e política e a inflação totalmente controlada, ou seja, o nosso dinheiro sempre valeu o que desejávamos, pois não é fácil dormir com 100 reais e acordar com 90 reais por força da desvalorização da moeda, como outrora acontecia (vale ressaltar que ainda hoje muitos países lutam para sair da crise, dentre eles os Estados Unidos); a candidata que representa a realidade, o momento do acerto e que carrega a responsabilidade de trabalhar em prol da contunuidade. Para isso, o Plano de Aceleração do Crescimento-PAC está em plena concretização. Imaginem a facilidade que o Estado do Amazonas encontrou para realizar o Programa de Saneamento dos Igarapés de Manaus-PROSAMIM, por meio da credibilidade que o Brasil hoje tem com os países a fora. Tal credibilidade rendeu empréstimos para este, que é o maior projeto de urbanização do Brasil. Vejamos ainda e da mesma forma o empréstimo para a construção da primeira grande ponte no Amazonas - Manaus / Cacau Pirera - obra que levará com maior facilidade progesso e desenvolvimento para o interior do nosso Estado.



Ponte Luís Inácio Lula da Silva - vai ligar Manaus a Cacau Pirera, Iranduba, Novo Airão e Manacapuru


O Distrito Industrial não só ganhou espectativas de longevidade, mas também assegurou emprego e renda para a população local. E pasmem, dentro de dois anos, apreciaremos ao maior banho de água já visto por muitos nordestinos: o prolongamento (desvio) do Rio São Franscisco em direção ao Sertão. Isto significa vida, força, alimento, dignidade para muitos brasileiros, que sempre viveram abandonados. Complementando tal feito, o programa luz para todos, abrindo espaço para o trabalho noturno, vida noturna, e o mais importante: alimento e liberdade.
Num adendo, quero dizer e que fique muito claro: nunca antes um governo trabalhou tanto para a classe operária. Nunca antes haviam dado oportunidade de emprego para tanta gente, com isso melhor distribuição de renda. O resultado disso foi o crescimento da classe média no Brasil, ou seja, as pessoas mudaram de vida, mudaram pra melhor. E a tendência natural é esse processo continuar.
Por outro caminho encontramos a oposição tomada à frente pelo PSDB. Tal partido tem feito seu trabalho de oposição, como todo partido faria, se nessa condição se encontrasse. Mas, faz mister destacar o excesso, o desnecessário, o volume de cobrança sem nexo, sem valoração, sem o princípio fundamental da eficiência. Mas isso não se compara à gestão do governo FHC, um governo que fez pela educação projetos que podem ser louvados. Fez ainda um trabalho de distribuição de renda através de um projeto de renda mínima para apopulação de baixa renda. Criou o plano real que até hoje perdura. Não obstante, o governo FHC privatizou quase tudo que pode, ou seja, vendeu o Brasil para empresários estrangeiros. Um exemplo negativo disso está claro no péssimo serviço de telefonia, na má gestão de fornecimento de água. Mas alguém poderia dizer que se esses serviços fossem prestados pelo governo estaria do mesmo jeito. Sim, mas o que mudou privatizando quase tudo? Gerou desemprego, pois as empresas enxugaram o que puderam seu quadro de funcionários. Contrário a isso, o governo Lula já decretou: até 2012, serão abertos 24 mil novos cargos através de concurso. Isto naturalmente leva à necessidade de estudar, de aprender de ser o melhor e conquistar uma vaga no serviço público, de outro modo, estamos falando de desenvolvimento, evolução, crescimento pessoal, profissional, intelectual e melhoria de vida.
Ao se fazer uma avaliação geral da situação pela qual o Brasil passa, vemos que há muito a fazer, há muito a melhorar. Mas é necessário reconhecer o quanto o nosso país evoluiu com o atual goverdo (LULA). Mas seria o único responsável por isso o nobre Presidente Luis Inácio Lula? Aí está a diferença, não é o Lula, a Dilma, o Serra ou o FHC que irá mudar o Brasil, mas uma equipe altamente preparada, homens e mulheres inteligentes que mudaram e podem continuar a dirigir o Brasil. O governo FHC já teve oportunidade de administrar o país, mas o que vimos foram muitas dificuldades enfrentadas, pois não havia uma equipe de assessores capazes de dar ao Brasil o que o Brasil tem hoje. Governar sozinho não resolve. Por esse motivo, é que afirmo que devemos dar apoio ao time que está ganhando, que está dando oportunidades a todos: "Brasil, um país de todos". Queremos, portanto, a continuidade do desenvolvimento, queremos o progresso, queremos o melhor para o povo, queremos DILMA para Presidente do Brasil.
Nós precisamos recordar 10 anos atrás. Nós precisamos nos lembrar de quantas vezes o governo FHC visitou o Amazonas. precisamos observar quantas vezes o Governo FHC valorizou o Distrito Industrial. Precisamos recordar se algum dia as Regióes Norte e Nordeste, onde se encontram as maiores parcelas de pessoas simples, humildes do Brasil. Precisamos fazer uma avaliação reflexiciva, equilibrada, racional. Conclamo a todos para que façam do Brasil, o Brasil que queremos e não o que não desejamos mais.
Em nova oportunidade, tecerei mais comentários para mostrar a você o porquê de fazer essa escolha. Não queremos perder o que conquistamos com muito suor, com muito sacrifício. Não queremos voltar para o passado e viver momentos de grandes aflições, de turbulência, de dissabores políticos.
Eu acredito neles sendo grandes opositores. Portanto, que continuem sendo oposição no Brasil, de um governo que faz, que vai fazer que vai dar ao posso que merece.



Rubem Tadeu - Bacharel em Direito



Receita libera hoje consulta ao maior lote do IR

 
A Receita Federal do Brasil vai liberar nesta sexta-feira (8) a consulta ao seu maior lote do Imposto de Renda. Um total de 2.774.761 contribuintes receberá de volta o dinheiro mordido pelo leão. Esse número de pessoas é maior do que os 2,45 milhões de contribuintes que tiveram de volta suas restituições em julho passado, até então o maior da história do fisco.
As consultas poderão ser feitas no site da Receita (www.receita.fazenda.gov.br), a partir das 9h, ou pelo número 156. A grana só deve cair na conta no dia 15 deste mês.
Serão devolvidos um total de R$ 2,482 bilhões. Segundo a Receita, o único lote que devolveu mais dinheiro do que este foi o de dezembro do ano passado, quando foram depositados R$ 2,5 bilhões aos contribuintes.

Até agora, o órgão liberou 5.106.621 restituições, no valor total de R$ 5,246 bilhões.

O lote liberado hoje inclui restituições de três exercícios: a quinta devolução do IRPF 2010 (Imposto de Renda Pessoa Física), ano-base 2009, e dois lotes residuais de 2009 (para as declarações do exercício de 2008) e de 2008 (a partir do ano-base 2007).
Só para o exercício de 2010, serão creditadas restituições para um total de 2.712.889 contribuintes com imposto a restituir, totalizando um montante de R$ 2.399.458.686,42. Esse montante já vem corrigido pela taxa básica de juros acumulada no período - 5,14% entre maio e outubro de 2010.
No grupo, 9.033 contribuintes foram priorizados pelo estatuto do idoso e vão receber R$ 21.273.741,05.

Lote residual

Com relação ao lote residual do exercício de 2009, serão creditadas restituições para um total de 49.026 contribuintes com imposto a restituir. Será pago um total de R$ 62.920.865,24, já atualizados pela Selic de 13,60% (referente ao período de maio de 2009 a outubro de 2010).
Já pelo lote residual do exercício de 2008, serão creditadas restituições para um total de 12.846 contribuintes com imposto a restituir, totalizando um montante de R$ 19.620.448,34, já atualizados pela taxa Selic de 25,67% (referente ao período de maio de 2008 a outubro de 2010).
A Selic está, hoje, em 10,75%. Os valores não sofrerão quaisquer acréscimos, independentemente da data em que o contribuinte receba a sua restituição e estarão disponíveis no Banco do Brasil (BB).
A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-lo mediante o Formulário Eletrônico - Pedido de Pagamento de Restituição, disponível na internet.
Caso o contribuinte não concorde com o valor da restituição, poderá receber a importância disponível no banco e reclamar a diferença na unidade da Receita de sua cidade.



Fonte: http://www.r7.com/




Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Em plano de governo, Dilma prioriza ambiente, imprensa e fé




A campanha de Dilma Rousseff (PT) à Presidência lança na próxima semana o programa de governo da candidata, deixado de lado no primeiro turno. Além de defender a democracia, liberdade de expressão e religiosa e o direito a vida, o documento terá ênfase na sustentabilidade e no meio ambiente.
A divulgação, quatro meses após o início da campanha, de um programa com ênfase ambiental tem por objetivo atrair o voto dos eleitores de Marina Silva (PV).
Agora prioritária, a questão ambiental aparecia de forma genérica nos dois programas apresentados no registro da candidatura.
Segundo a avaliação de aliados, o destaque para questões ambientais no documento evitaria que o debate fosse pautado pelo PV e pelos "marineiros".
Ao ressaltar a liberdade de imprensa no documento, a campanha visa neutralizar o desgaste causado pelos ataques da candidata e do presidente Lula à imprensa.
Ontem, o candidato a vice Michel Temer afirmou que o primeiro ponto será o compromisso com a "democracia, liberdade de expressão e religiosa e o direito à vida".

VACINA

A defesa da liberdade religiosa é uma tentativa de estancar a perda de votos no eleitorado religioso, devido à mudança de posição de Dilma em relação ao aborto.
Segundo o coordenador do programa de governo, Marco Aurélio Garcia, o texto não se estenderá no tema do aborto porque não há intenção de dar ênfase às polêmicas religiosas, mas à comparação dos projetos do governo atual e o tucano, de Fernando Henrique Cardoso.
"Essa discussão [sobre o aborto] é uma tentativa de setores da oposição de dividir votos religiosos. É usar a religião como fator de divisão, quando ela é na realidade um fator de união", disse.

O programa será batizado de "13 Compromissos de Dilma com o Brasil".

A campanha petista afirma que chegou a elaborar 13 pontos para um programa de governo ainda no primeiro turno, mas eles não chegaram a ser divulgados.
Em julho, o PT registrou no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) como programa de governo um documento aprovado em congresso nacional do partido, em fevereiro.
O texto continha reivindicações das alas mais à esquerda do PT --como tributação de grandes fortunas, redução da jornada de trabalho e combate "ao monopólio" dos meios de comunicação.
Após repercussão negativa, o partido retirou o texto e fez uma versão mais amena.

 
 
Fonte: http://www.g1.com.br/
 
 
Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA
 
 

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Dilma Rousseff entra na lista das cem mais poderosas da Forbes






A ex-ministra-chefe da Casa Civil e atual candidata à Presidência da República, Dilma Rousseff (PT), está na lista das cem mulheres mais poderosas do mundo da revista americana Forbes, divulgada nesta quarta-feira (6).
Segundo o editorial da revista, nesta seleção estão ícones da política, banqueiras, atletas e artistas que mais influenciam as pessoas na atualidade com seu poder e criatividade.
Dilma alcançou a 29ª posição na categoria “políticos” (95º lugar da lista completa). Em seu perfil, publicado no site da Forbes, ela é descrita como a favorita nas eleições brasileiras de 31 de outubro, onde tem como rival é José Serra (PSDB). A revista destaca que ela poderá ser a primeira mulher presidente na história do país.
- Ela foi escolhida a dedo como a candidata do Partido dos Trabalhadores pelo popular presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que já a nomeou ministra de Energia e ministra-chefe da Casa Civil.
Outra brasileira incluída pela Forbes é a modelo Gisele Bündchen, que ficou na 72ª posição.
Já quem está no topo da lista é a primeira-dama americana, Michelle Obama, seguida pela também americana Irene Rosenfeld, executiva da gigante de alimentos Kraft Foods, e a influente apresentadora Oprah Winfrey, considerada a mais bem-sucedida mulher da mídia.


Fonte: http://www.r7.com/




Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA

Greve dos bancários fecha 39% das agências e é a maior em 20 anos, diz sindicato

A greve nacional dos bancários chegou nesta quarta-feira ao oitavo dia, com a ampliação do movimento. Ficaram paradas 7.723 agências nos 26 Estados e no Distrito Federal, o que representa 39% dos 19.800 postos existentes, segundo a Contraf-CUT (Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro).
De acordo com a confederação, a greve deste ano já pode ser considerada a maior nas últimas duas décadas. Em 2009, os bancários paralisaram 7.222 unidades no dia de maior mobilização do movimento.

Saiba como pagar as contas durante a greve

No balanço de hoje, há 286 agências fechadas a mais do que ontem. Em relação ao primeiro dia da greve, iniciada na última quarta-feira (29), o número quase dobrou.
"O aumento contínuo da paralisação mostra a crescente indignação dos bancários com o desrespeito dos bancos. Mesmo com o lucro de mais de R$ 25 bilhões somente no primeiro semestre, só ofereceram de reajuste a reposição da inflação de 4,29% e rejeitaram todas as outras reivindicações dos trabalhadores", afirma Carlos Cordeiro, presidente da Contraf-CUT e coordenador do comando nacional dos bancários.
Em São Paulo, Osasco e região 717 agências bancárias e 13 centros administrativos fecharam. "Estima-se que 32,5 mil trabalhadores participaram das paralisações neste oitavo dia de greve", segundo o sindicato da categoria na região.

PAUTA

Os bancários, com data-base em 1º de setembro, reivindicam aumento de 11% no salário, PLR (Participação nos Lucros e Resultados), vale-refeição, vale-alimentação, auxílio-creche e pisos maiores, além de auxílio-educação para todos e melhores condições de saúde.
A greve por tempo indeterminado foi aprovada em assembleia realizada na noite de terça-feira (28), depois de a categoria rejeitar a proposta da Fenaban (Federação Nacional dos Bancos).
A Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) informou na segunda-feira que aguarda a volta dos bancários à mesa de negociações e disse que a proposta de reajuste salarial --que previa apenas a reposição da inflação (4,29%)-- era somente o início.

ALTERNATIVAS

Os clientes que tiverem dificuldades em pagar contas nas agências devido à greve dos bancários podem recorrer aos canais de atendimento remoto, como os caixas eletrônicos e os correspondentes não bancários como casas lotéricas, farmácias, agências dos Correios, redes de supermercados e outros estabelecimentos comerciais credenciados.

Para quem tem acesso, os bancos ainda oferecem o serviço na internet.

Para localizar uma agência ou posto de atendimento bancário em qualquer ponto do país, a Febraban (Federação Brasileira de Bancos) disponibiliza em seu site na internet uma ferramenta de busca e localização de endereços.

DEFESA DO CONSUMIDOR

A Fundação Procon-SP alerta o consumidor para efetuar o pagamento de faturas, boletos bancários ou qualquer outra cobrança para não ser cobrado de eventuais encargos e para que seu nome não seja enviado aos serviços de proteção ao crédito.
A recomendação da entidade é entrar em contato com as empresas e solicitar outros locais e formas para efetuar o pagamento. Caso não haja, o consumidor deve documentar a tentativa de quitar o débito, podendo até registrar uma reclamação junto ao Procon.
O entendimento é que o consumidor não pode ser prejudicado por problemas decorrentes da greve.

 
 
Fonte: http://www.folha.com.br/
 
 
 
Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA
 
 
 

Famílias atingidas pela seca receberão ajuda do Estado





MANAUS – Mais de 33 mil famílias atingidas pela seca no Amazonas aguardam a ajuda da Defesa Civil do Estado. A seca nas calhas dos rios Solimões, Purus e Juruá chegou a 21 municípios que estão em situação de emergência. De acordo com a Defesa Civil, as estratégias da operação de ajuda emergencial ainda estão sendo finalizadas com a Aeronáutica.
De acordo com o gerente de hidrologia do Serviço Geológico do Brasil, Daniel Oliveira, a situação mais crítica é no município de Tabatinga, localizado no Alto Solimões, a 1.105 quilômetros de Manaus. A medição do Solimões no local nesta terça-feira é de menos 22 centímetros.
No dia sete de setembro, o rio chegou a atingir menos 36 centímetros, mas subiu no dia 20 de setembro com o fenômeno conhecido como repiquete. “O repiquete acontece quando chove em algum lugar e o nível do rio sobe, mas ele volta a abaixar depois”, explicou Daniel Oliveira. De segunda-feira (4) até esta terça-feira (5), o rio diminuiu 17 centímetros.
Em Manaus, o rio Solimões diminuiu 14 centímetros no último dia e está com 16,24 metros, de acordo com o Serviço Geológico. O recorde histórico da seca foi registrado em 1963, quando o rio atingiu 13,64 metros. Em 2005, o registro mínimo foi de 14,75 metros.

Ajuda

Em nota, o Subcomando de Ações de Defesa Civil (Subcomadec) informou que na primeira etapa da operação de ajuda emergencial serão distribuídas 29.928 cestas básicas às famílias atingidas pela seca. Ainda serão entregues 15 mil kits de higiene pessoal e 90 kits de medicamentos rurais e hospitalares.
Os municípios de Tabatinga, Tefé (525 quilômetros de Manaus), Eirunepé (a 1.245 quilômetros) e Manaus funcionarão como bases na operação. Tabatinga para atender os municípios de Atalaia do Norte, Benjamin Constant, São Paulo de Olivença, Santo Antônio do Iça e Tonantins, todos no Alto Solimões.
A base de Eirunepé vai ajudar os municípios de Boca do Acre, Envira, Gujará, Ipixuna, Itamarati e Juruá. No médio Solimões, Tefé vai suprir Uarini, Alvarães, Coari, Fonte Boa e Jutaí.
A base Manaus vai atender Borba, Beruri e Caapiranga.



Fonte: http://www.portalamazonia.com/



Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA

terça-feira, 5 de outubro de 2010

VEJA LISTA DOS ELEITOS NO AMAZONAS - ELEIÇÕES 2010


OS REPRESENTANTES DO POVO AMAZONENSE ELEITOS EM 2010



CANDIDATO ELEITO PARA O CARGO DE GOVERNADOR - AMAZONAS

OMAR AZIZ                                                943.955 votos



CANDIDATOS ELEITOS PARA O CARGO DE SENADOR - AMAZONAS

EDUARDO BRAGA                                    1.236.970 votos
VANESSA GRAZZIOTIN                              672.920 votos



DEPUTADOS ELEITOS PARA O CARGO DE DEPUTADO FEDERAL - AMAZONAS

PRACIANO                                                   166.387 votos
REBECCA GARCIA                                      146.665 votos
ÁTILA LINS                                                  131.429 votos
SILAS CAMARA                                          127.134 votos
CARLOS SOUZA                                         112.393 votos
PAUDERNEY                                               100.199 votos
SABINO CASTELO BRANCO                     93.112 votos
HENRIQUE OLIVEIRA                                 85.535 votos



DEPUTADOS ELEITOS PARA O CARGO DE DEPUTADO ESTADUAL - AMAZONAS

BELARMINO LINS                                       52.092 votos
MARCOS ROTTA                                         47.090 votos
JOSE RICARDO                                            38.380 votos
CONCEIÇÃO SAMPAIO                             35.503 votos
RICARDO NICOLAU                                   31.748 votos
SIDNEY LEITE                                              30.399 votos
JOSUE NETO                                                28.448 votos
ADJUTO AFONSO                                       28.313 votos
CHICO PRETO                                              26.153 votos
DAVID ALMEIDA                                         24.479 votos
FAUSTO SOUZA                                           24.228 votos
VERA CASTELO BRANCO                          24.207 votos
FRANCISCO SOUZA                                    24.090 votos
DR VICENTE                                                  23.642 votos
WANDERLEY DALLAS                                 23.529 votos
REGIS                                                              23.444 votos
ARTUR BISNETO                                           21.256 votos
LUIZ CASTRO                                                18.609 votos
TONY MEDEIROS                                          18.602 votos
MARCELO RAMOS                                        18.595 votos
PROFESSOR SINESIO                                    17.597 votos
ABDALA                                                           17.500 votos
CABO MACIEL                                                16.259 votos



Fonte: http://www.tre-am.jus.br/




Rubem Tadeu - Presidente da AFAMA